New International Version

Isaiah 55:1-13

Invitation to the Thirsty

1“Come, all you who are thirsty,

come to the waters;

and you who have no money,

come, buy and eat!

Come, buy wine and milk

without money and without cost.

2Why spend money on what is not bread,

and your labor on what does not satisfy?

Listen, listen to me, and eat what is good,

and you will delight in the richest of fare.

3Give ear and come to me;

listen, that you may live.

I will make an everlasting covenant with you,

my faithful love promised to David.

4See, I have made him a witness to the peoples,

a ruler and commander of the peoples.

5Surely you will summon nations you know not,

and nations you do not know will come running to you,

because of the Lord your God,

the Holy One of Israel,

for he has endowed you with splendor.”

6Seek the Lord while he may be found;

call on him while he is near.

7Let the wicked forsake their ways

and the unrighteous their thoughts.

Let them turn to the Lord, and he will have mercy on them,

and to our God, for he will freely pardon.

8“For my thoughts are not your thoughts,

neither are your ways my ways,”

declares the Lord.

9“As the heavens are higher than the earth,

so are my ways higher than your ways

and my thoughts than your thoughts.

10As the rain and the snow

come down from heaven,

and do not return to it

without watering the earth

and making it bud and flourish,

so that it yields seed for the sower and bread for the eater,

11so is my word that goes out from my mouth:

It will not return to me empty,

but will accomplish what I desire

and achieve the purpose for which I sent it.

12You will go out in joy

and be led forth in peace;

the mountains and hills

will burst into song before you,

and all the trees of the field

will clap their hands.

13Instead of the thornbush will grow the juniper,

and instead of briers the myrtle will grow.

This will be for the Lord’s renown,

for an everlasting sign,

that will endure forever.”

Nova Versão Internacional

Isaías 55:1-13

Convite aos Sedentos

1“Venham, todos vocês que estão com sede,

venham às águas;

e vocês que não possuem dinheiro algum,

venham, comprem e comam!

Venham, comprem vinho e leite

sem dinheiro e sem custo.

2Por que gastar dinheiro naquilo que não é pão,

e o seu trabalho árduo naquilo que não satisfaz?

Escutem, escutem-me, e comam o que é bom,

e a alma de vocês se deliciará com a mais fina refeição.

3Deem-me ouvidos e venham a mim;

ouçam-me, para que sua alma viva.

Farei uma aliança eterna com vocês,

minha fidelidade prometida a Davi.

4Vejam, eu o fiz uma testemunha aos povos,

um líder e governante dos povos.

5Com certeza você convocará nações que você não conhece,

e nações que não o conhecem se apressarão até você,

por causa do Senhor, o seu Deus,

o Santo de Israel,

pois ele concedeu a você esplendor.”

6Busquem o Senhor enquanto é possível achá-lo;

clamem por ele enquanto está perto.

7Que o ímpio abandone o seu caminho;

e o homem mau, os seus pensamentos.

Volte-se ele para o Senhor,

que terá misericórdia dele;

volte-se para o nosso Deus,

pois ele dá de bom grado o seu perdão.

8“Pois os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês,

nem os seus caminhos são os meus caminhos”,

declara o Senhor.

9“Assim como os céus são mais altos do que a terra,

também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos;

e os meus pensamentos, mais altos do que os seus pensamentos.

10Assim como a chuva e a neve descem dos céus

e não voltam para eles sem regarem a terra

e fazerem-na brotar e florescer,

para ela produzir semente para o semeador

e pão para o que come,

11assim também ocorre com a palavra que sai da minha boca:

ela não voltará para mim vazia,

mas fará o que desejo

e atingirá o propósito para o qual a enviei.

12Vocês sairão em júbilo

e serão conduzidos em paz;

os montes e colinas

irromperão em canto diante de vocês,

e todas as árvores do campo

baterão palmas.

13No lugar do espinheiro crescerá o pinheiro,

e em vez de roseiras bravas crescerá a murta.

Isso resultará em renome para o Senhor,

para sinal eterno,

que não será destruído.”