Zacarias 9

Julgamento dos Inimigos de Israel

A advertência do Senhor é contra a terra de Hadraque
    e cairá sobre Damasco,
porque os olhos do Senhor estão sobre toda a humanidade
    e sobre todas as tribos de Israel,
e também sobre Hamate que faz fronteira com Damasco,
    e sobre Tiro e Sidom, embora sejam muito sábias.
Tiro construiu para si uma fortaleza;
    acumulou prata como pó,
    e ouro como lama das ruas.
Mas o Senhor se apossará dela
    e lançará no mar suas riquezas,
    e ela será consumida pelo fogo.
Ao ver isso Ascalom ficará com medo;
    Gaza também se contorcerá de agonia,
assim como Ecrom,
porque a sua esperança fracassou.
Gaza perderá o seu rei,
    e Ascalom ficará deserta.
Um povo bastardo ocupará Asdode,
e assim eu acabarei
    com o orgulho dos filisteus.
Tirarei o sangue de suas bocas,
    e a comida proibida
    dentre os seus dentes.
Aquele que restar pertencerá
    ao nosso Deus
    e se tornará chefe em Judá,
e Ecrom será como os jebuseus.
Defenderei a minha casa
    contra os invasores.
Nunca mais um opressor
    passará por cima do meu povo,
porque agora eu vejo isso
    com os meus próprios olhos.

A Vinda do Rei de Sião

Alegre-se muito, cidade de Sião!
    Exulte, Jerusalém!
Eis que o seu rei vem a você,
    justo e vitorioso,
humilde e montado num jumento,
    um jumentinho, cria de jumenta.
Ele destruirá
    os carros de guerra de Efraim
    e os cavalos de Jerusalém,
e os arcos de batalha serão quebrados.
Ele proclamará paz às nações
    e dominará de um mar a outro,
e do Eufrates até os confins da terra.
Quanto a você, por causa do sangue
    da minha aliança com você,
libertarei os seus prisioneiros
    de um poço sem água.
Voltem à sua fortaleza,
    ó prisioneiros da esperança;
pois hoje mesmo anuncio que restaurarei
    tudo em dobro para vocês.
Quando eu curvar Judá
    como se curva um arco
e usar Efraim como flecha,
    levantarei os filhos de Sião
contra os filhos da Grécia,
    e farei Sião semelhante
à espada de um guerreiro.

O Aparecimento do Senhor

Então o Senhor aparecerá sobre eles;
    sua flecha brilhará como o relâmpago.
O Soberano, o Senhor,
    tocará a trombeta
e marchará em meio às
    tempestades do sul;
o Senhor dos Exércitos os protegerá.
Eles pisotearão e destruirão
    as pedras das atiradeiras.
Eles beberão o sangue do inimigo
    como se fosse vinho;
estarão cheios como a bacia
usada para aspergir água
    nos cantos do altar.
Naquele dia o Senhor, o seu Deus,
    os salvará como rebanho do seu povo,
e como jóias de uma coroa
    brilharão em sua terra.
Ah! Como serão belos!
    Como serão formosos!
O trigo dará vigor aos rapazes,
    e o vinho novo às moças.

Read More of Zacarias 9

Zacarias 10

O Cuidado do Senhor por Judá

Peça ao Senhor
    chuva de primavera,
pois é o Senhor quem faz o trovão,
    quem envia a chuva aos homens
e lhes dá as plantas do campo.
Porque os ídolos falam mentiras,
os adivinhadores têm falsas visões
    e contam sonhos enganadores;
o consolo que trazem é vão.
Por isso o povo vagueia como ovelhas
    aflitas pela falta de um pastor.
“Contra os pastores
    acende-se a minha ira,
e contra os líderes eu agirei.”
Porque o Senhor dos Exércitos
    cuidará de seu rebanho, o povo de Judá,
ele fará dele o seu brioso corcel
    na batalha.
Dele virão a pedra fundamental,
    e a estaca da tenda,
o arco da batalha e os governantes.
Juntos serão como guerreiros
    que pisam a lama das ruas
    na batalha.
Lutarão e derrubarão os cavaleiros
    porque o Senhor estará com eles.

“Assim, eu fortalecerei a tribo de Judá
    e salvarei a casa de José.
Eu os restaurarei
    porque tenho compaixão deles.
Eles serão como se
    eu nunca os tivesse rejeitado,
porque eu sou o Senhor, o Deus deles,
    e lhes responderei.
Efraim será como um homem poderoso;
seu coração se alegrará
    como se fosse com vinho,
seus filhos o verão e se alegrarão;
    seus corações exultarão no Senhor.
Assobiarei para eles e os ajuntarei,
    pois eu já os resgatei.
Serão numerosos como antes.
Embora eu os espalhe por entre
    os povos de terras distantes,
    eles se lembrarão de mim.
Criarão seus filhos e voltarão.
Eu os farei retornar do Egito
    e os ajuntarei de volta da Assíria.
Eu os levarei para as terras de Gileade
    e do Líbano,
e mesmo assim não haverá espaço
    suficiente para eles.
Vencerei o mar da aflição,
    ferirei o mar revoltoso,
e as profundezas do Nilo se secarão.
O orgulho da Assíria será abatido
    e o poder do Egito será derrubado.
Eu os fortalecerei no Senhor,
    e em meu nome marcharão”,
diz o Senhor.

Read More of Zacarias 10

Zacarias 11

Abra as suas portas, ó Líbano,
    para que o fogo devore os seus cedros.
Agonize, ó pinheiro,
    porque o cedro caiu
e as majestosas árvores
    foram devastadas.
Agonizem, carvalhos de Basã,
    pois a floresta densa
    está sendo derrubada.
Ouçam o gemido dos pastores;
os seus formosos pastos
    foram devastados.
Ouçam o rugido dos leões;
    pois a rica floresta do Jordão
    foi destruída.

Dois Pastores

Assim diz o Senhor, o meu Deus: “Pastoreie o rebanho destinado à matança, porque os seus compradores o matam e ninguém os castiga. Aqueles que o vendem dizem: ‘Bendito seja o Senhor, estou rico!’ Nem os próprios pastores poupam o rebanho. Por isso, não pouparei mais os habitantes desta terra”, diz o Senhor. “Entregarei cada um ao seu próximo e ao seu rei. Eles acabarão com a terra e eu não livrarei ninguém das suas mãos”.

Eu me tornei pastor do rebanho destinado à matança, os oprimidos do rebanho. Então peguei duas varas e chamei a uma Favor e a outra União, e com elas pastoreei o rebanho. Em um só mês eu me livrei dos três pastores. Porque eu me cansei deles e o rebanho me detestava. Então eu disse: Não serei o pastor de vocês. Morram as que estão morrendo, pereçam as que estão perecendo. E as que sobrarem comam a carne umas das outras.

Então peguei a vara chamada Favor e a quebrei, cancelando a aliança que tinha feito com todas as nações. Foi cancelada naquele dia, e assim os aflitos do rebanho que estavam me olhando entenderam que essa palavra era do Senhor.

Eu lhes disse: Se acharem melhor assim, paguem-me; se não, não me paguem. Então eles me pagaram trinta moedas de prata.

E o Senhor me disse: “Lance isto ao oleiro”, o ótimo preço pelo qual me avaliaram! Por isso tomei as trinta moedas de prata e as atirei no templo do Senhor, para o oleiro.

Depois disso, quebrei minha segunda vara, chamada União, rompendo a relação de irmãos entre Judá e Israel.

Então o Senhor me disse: “Pegue novamente os utensílios de um pastor insensato. Porque levantarei nesta terra um pastor que não se preocupará com as ovelhas perdidas, nem procurará a que está solta, nem curará as machucadas, nem alimentará as sadias, mas comerá a carne das ovelhas mais gordas, arrancando as suas patas.

“Ai do pastor imprestável,
    que abandona o rebanho!
Que a espada fira o seu braço
    e fure o seu olho direito!
Que o seu braço seque completamente,
    e fique totalmente cego
    o seu olho direito!”

Read More of Zacarias 11