Provérbios 21:5-16

Os planos bem elaborados levam à fartura;
mas o apressado sempre acaba na miséria.

A fortuna obtida com língua mentirosa
    é ilusão fugidia e armadilha mortal.

A violência dos ímpios os arrastará,
pois recusam-se a agir corretamente.

O caminho do culpado é tortuoso,
mas a conduta do inocente é reta.

Melhor é viver num canto sob o telhado
do que repartir a casa
    com uma mulher briguenta.

O desejo do perverso é fazer o mal;
ele não tem dó do próximo.

Quando o zombador é castigado,
    o inexperiente obtém sabedoria;
quando o sábio recebe instrução,
    obtém conhecimento.

O justo observa a casa dos ímpios
    e os faz cair na desgraça.

Quem fecha os ouvidos
    ao clamor dos pobres
também clamará e não terá resposta.

O presente que se faz em segredo
    acalma a ira,
e o suborno oferecido às ocultas
    apazigua a maior fúria.

Quando se faz justiça,
    o justo se alegra,
mas os malfeitores se apavoram.

Quem se afasta
    do caminho da sensatez
repousará na companhia dos mortos.

Read More of Provérbios 21