Provérbios 18:7-16

A conversa do tolo é a sua desgraça,
e seus lábios são uma armadilha
    para a sua alma.

As palavras do caluniador
    são como petiscos deliciosos;
descem até o íntimo do homem.

Quem relaxa em seu trabalho
    é irmão do que o destrói.

O nome do Senhor é uma torre forte;
os justos correm para ela e estão seguros.

A riqueza dos ricos
    é a sua cidade fortificada,
eles a imaginam como um muro
    que é impossível escalar.

Antes da sua queda
    o coração do homem se envaidece,
mas a humildade antecede a honra.

Quem responde antes de ouvir
    comete insensatez e passa vergonha.

O espírito do homem
    o sustenta na doença,
mas o espírito deprimido,
    quem o levantará?

O coração do que tem discernimento
    adquire conhecimento;
os ouvidos dos sábios
    saem à sua procura.

O presente abre o caminho
    para aquele que o entrega
e o conduz à presença dos grandes.

Read More of Provérbios 18