O Livro

Salmos 9

Salmo de David. Para o diretor do coro.

1Ó Senhor, eu te louvarei de todo o meu coração;
quero contar todas as tuas maravilhas.
Tu me enches de alegria;
por tua causa estou cheio de júbilo, ó Altíssimo.

Os meus inimigos recuaram,
caíram e morreram na tua presença
porque tu me defendeste e me apoiaste.
Sentado no tribunal, como justo juiz,
sempre me julgas com toda a justiça.
Repreendeste as nações e destruíste os maus;
nunca mais haverá lembrança deles.
Os meus adversários estão condenados para sempre;
destruíste as suas cidades e elas ficaram esquecidas.

Quanto ao Senhor, ele vive para sempre;
o seu tribunal está já preparado para julgar.
Ele mesmo julgará o mundo com justiça
e as nações com toda a retidão.
Todos os oprimidos encontrarão nele refúgio;
um refúgio perfeito em tempos de angústia.
10 Em ti confiarão todos os que conhecem a força do teu nome;
pois tu, Senhor, nunca desamparaste os que te buscam.

11 Cantem louvores ao Senhor que está entronizado em Sião;
contem a toda a gente tudo o que ele tem feito.
12 Aquele que sabe vingar o sangue derramado
lembra-se certamente de todos os que a ele clamam por justiça;
não se esquece do clamor dos que estão aflitos.

13 Tem misericórdia de mim, Senhor;
vê como sofro nas mãos daqueles que me odeiam.
Tu podes arrebatar-me das portas da morte.
14 Salva-me, para que possa louvar-te dentro das portas de Sião
e me alegre por me teres salvo.

15 Os povos caíram nas covas que eles mesmos abriram,
para que outros nelas ficassem cativos;
ficaram presos nas armadilhas que prepararam.
16 Toda a gente sabe como o Senhor manifesta a sua justiça,
apanhando os ímpios nas suas próprias ciladas. (Pausa)
17 Os maus serão lançados no mundo dos mortos,
assim como todos os que se esquecem de Deus.
18 Os necessitados, porém, jamais serão esquecidos,
nem as esperanças dos pobres serão, de forma alguma, iludidas.

19 Levanta-te, Senhor, que o homem não seja vencedor!
Que os povos sejam julgados na tua presença!
20 Farás com que tremam, Senhor,
para que saibam que, afinal,
não passam de meros seres humanos. (Pausa)

Chinese Contemporary Bible (Traditional)

詩篇 9

稱頌上帝的公義

大衛的詩,交給樂長,調用「慕拉辨」[a]

1耶和華啊,
我要全心全意地讚美你,
傳揚你一切奇妙的作為。
我要因你歡喜快樂,
至高者啊,我要歌頌你的名。
我的仇敵必在你面前敗退,
倒地身亡。
你坐在寶座上按公義審判,
你為我主持公道。
你斥責列國,消滅惡人,
永永遠遠抹去他們的名字。
仇敵永遠滅亡了,
你把他們的城池連根拔起,
無人再記得他們。
耶和華永遠掌權,
祂已設立施行審判的寶座。
祂要以公義審判世界,
在萬民中伸張正義。
耶和華是受欺壓之人的避難所,
是他們患難之時的避風港。
10 耶和華啊,
凡認識你名的人都必信靠你,
因為你從來不丟棄尋求你的人。
11 要歌頌住在錫安的耶和華,
在列邦傳揚祂的作為。
12 祂追討血債,顧念受害者,
不忘傾聽受苦者的呼求。
13 耶和華啊,
看看仇敵對我的迫害!
求你憐憫我,
救我離開死亡之門,
14 我好在錫安的城門口稱頌你,
因你的拯救而歡樂。
15 列邦挖了陷阱卻自陷其中,
設下網羅卻纏住自己的腳。
16 耶和華彰顯了自己的公義,
使惡人自食其果。(細拉)
17 惡人必下陰間,這是所有忘記上帝之人的結局。
18 貧乏人不會永遠被遺忘,
受苦人的希望也不會一直落空。
19 耶和華啊,求你起來,
別讓人向你誇勝,
願你審判列邦。
20 耶和華啊,
求你使列邦恐懼戰抖,
讓他們明白自己不過是人。(細拉)

Notas al pie

  1. 9·0 慕拉辨」希伯來文的意思是「喪子」。