O Livro

Salmos 42

Segundo Livro (Salmos 42-72)

Cântico dos descendentes de Coré.

Para o director do coro.

1Assim como o veado anseia pela água,
assim suspiro eu por ti, ó Deus!
A minha alma tem sede de Deus,
    do Deus vivo.
Quando poderei ir e pôr-me diante dele?
As minhas lágrimas correm, noite e dia,
porque andam sempre a zombar de mim perguntando:
“Mas por onde é que anda esse teu Deus?”

Tem coragem, ó minha alma!
Eu lembro-me quando ia festivamente com a multidão,
    em cortejo, à casa de Deus, cantando com alegria
    e louvando o Senhor!

Porque estás abatida, minha alma? Porque ficas perturbada?
Confia em Deus! Pois que ainda o louvarei pela sua salvação.
Contudo agora, aqui estou abatido, acabrunhado.
Porém recordarei a tua bondade para com esta bela terra,
    onde corre o rio Jordão,
    e onde se situam os montes Hermon e Mizar.
Tens permitido que ondas de tristeza,
    como vagas enormes tenham passado sobre mim,
    com a força de uma queda de água.
Mas derramará, o dia inteiro, a sua misericórdia sobre mim,
    e durante toda a noite eu canto para Deus
    e faço oração ao Deus da minha vida.

Eu pergunto a Deus, que é a minha rocha:
“Porque me abandonaste?
Porque hei-de eu sofrer tanto
    por causa dos ataques dos meus inimigos?”
10 Os seus insultos ferem-me como uma chaga mortal,
    e passam todo o tempo repetindo-me:
“Onde é que anda esse teu Deus?”

11 Porque estás abatida, minha alma? Porque ficas perturbada?
Confia em Deus! Pois que ainda o louvarei.
    Ele é a minha salvação! Ele é o meu Deus!

New International Version

Psalm 42

BOOK II

Psalms 42–72

Psalm 42[a][b]

For the director of music. A maskil[c] of the Sons of Korah.

As the deer pants for streams of water,
    so my soul pants for you, my God.
My soul thirsts for God, for the living God.
    When can I go and meet with God?
My tears have been my food
    day and night,
while people say to me all day long,
    “Where is your God?”
These things I remember
    as I pour out my soul:
how I used to go to the house of God
    under the protection of the Mighty One[d]
with shouts of joy and praise
    among the festive throng.

Why, my soul, are you downcast?
    Why so disturbed within me?
Put your hope in God,
    for I will yet praise him,
    my Savior and my God.

My soul is downcast within me;
    therefore I will remember you
from the land of the Jordan,
    the heights of Hermon—from Mount Mizar.
Deep calls to deep
    in the roar of your waterfalls;
all your waves and breakers
    have swept over me.

By day the Lord directs his love,
    at night his song is with me—
    a prayer to the God of my life.

I say to God my Rock,
    “Why have you forgotten me?
Why must I go about mourning,
    oppressed by the enemy?”
10 My bones suffer mortal agony
    as my foes taunt me,
saying to me all day long,
    “Where is your God?”

11 Why, my soul, are you downcast?
    Why so disturbed within me?
Put your hope in God,
    for I will yet praise him,
    my Savior and my God.

Notas al pie

  1. Psalm 42:1 In many Hebrew manuscripts Psalms 42 and 43 constitute one psalm.
  2. Psalm 42:1 In Hebrew texts 42:1-11 is numbered 42:2-12.
  3. Psalm 42:1 Title: Probably a literary or musical term
  4. Psalm 42:4 See Septuagint and Syriac; the meaning of the Hebrew for this line is uncertain.