New Living Translation

Ezekiel 12

Signs of the Coming Exile

1Again a message came to me from the Lord: “Son of man, you live among rebels who have eyes but refuse to see. They have ears but refuse to hear. For they are a rebellious people.

“So now, son of man, pretend you are being sent into exile. Pack the few items an exile could carry, and leave your home to go somewhere else. Do this right in front of the people so they can see you. For perhaps they will pay attention to this, even though they are such rebels. Bring your baggage outside during the day so they can watch you. Then in the evening, as they are watching, leave your house as captives do when they begin a long march to distant lands. Dig a hole through the wall while they are watching and go out through it. As they watch, lift your pack to your shoulders and walk away into the night. Cover your face so you cannot see the land you are leaving. For I have made you a sign for the people of Israel.”

So I did as I was told. In broad daylight I brought my pack outside, filled with the things I might carry into exile. Then in the evening while the people looked on, I dug through the wall with my hands and went out into the night with my pack on my shoulder.

The next morning this message came to me from the Lord: “Son of man, these rebels, the people of Israel, have asked you what all this means. 10 Say to them, ‘This is what the Sovereign Lord says: These actions contain a message for King Zedekiah in Jerusalem[a] and for all the people of Israel.’ 11 Explain that your actions are a sign to show what will soon happen to them, for they will be driven into exile as captives.

12 “Even Zedekiah will leave Jerusalem at night through a hole in the wall, taking only what he can carry with him. He will cover his face, and his eyes will not see the land he is leaving. 13 Then I will throw my net over him and capture him in my snare. I will bring him to Babylon, the land of the Babylonians,[b] though he will never see it, and he will die there. 14 I will scatter his servants and warriors to the four winds and send the sword after them. 15 And when I scatter them among the nations, they will know that I am the Lord. 16 But I will spare a few of them from death by war, famine, or disease, so they can confess all their detestable sins to their captors. Then they will know that I am the Lord.”

17 Then this message came to me from the Lord: 18 “Son of man, tremble as you eat your food. Shake with fear as you drink your water. 19 Tell the people, ‘This is what the Sovereign Lord says concerning those living in Israel and Jerusalem: They will eat their food with trembling and sip their water in despair, for their land will be stripped bare because of their violence. 20 The cities will be destroyed and the farmland made desolate. Then you will know that I am the Lord.’”

A New Proverb for Israel

21 Again a message came to me from the Lord: 22 “Son of man, you’ve heard that proverb they quote in Israel: ‘Time passes, and prophecies come to nothing.’ 23 Tell the people, ‘This is what the Sovereign Lord says: I will put an end to this proverb, and you will soon stop quoting it.’ Now give them this new proverb to replace the old one: ‘The time has come for every prophecy to be fulfilled!’

24 “There will be no more false visions and flattering predictions in Israel. 25 For I am the Lord! If I say it, it will happen. There will be no more delays, you rebels of Israel. I will fulfill my threat of destruction in your own lifetime. I, the Sovereign Lord, have spoken!”

26 Then this message came to me from the Lord: 27 “Son of man, the people of Israel are saying, ‘He’s talking about the distant future. His visions won’t come true for a long, long time.’ 28 Therefore, tell them, ‘This is what the Sovereign Lord says: No more delay! I will now do everything I have threatened. I, the Sovereign Lord, have spoken!’”

Notas al pie

  1. 12:10 Hebrew the prince in Jerusalem; similarly in 12:12.
  2. 12:13 Or Chaldeans.

Nova Versão Internacional

Ezequiel 12

O Exílio Simbolizado

1Veio a mim esta palavra do Senhor: “Filho do homem, você vive no meio de uma nação rebelde. Eles têm olhos para ver, mas não vêem, e ouvidos para ouvir, mas não ouvem, pois são uma nação rebelde.

“Portanto, filho do homem, arrume sua bagagem para o exílio e, durante o dia, à vista de todos, parta, e vá para outro lugar. Talvez eles compreendam, embora sejam uma nação rebelde. Durante o dia, sem fugir aos olhares do povo, leve para fora os seus pertences arrumados para o exílio. À tarde, saia como aqueles que vão para o exílio. E que os outros o vejam fazer isso. Enquanto eles o observam, faça um buraco no muro e passe a sua bagagem através dele. Ponha-a nos ombros, enquanto o povo estiver observando, e carregue-a ao entardecer. Cubra o rosto para que você não possa ver nada do país, pois eu fiz de você um sinal para a nação de Israel”.

Então eu fiz o que me foi ordenado. Durante o dia levei para fora as minhas coisas, arrumadas para o exílio. Depois, à tarde, fiz com as mãos um buraco no muro. Ao entardecer saí com a minha bagagem carregando-a nos ombros à vista de todos.

De manhã recebi esta palavra do Senhor: “Filho do homem, acaso aquela nação rebelde de Israel não lhe perguntou: ‘O que você está fazendo?’

10 “Diga-lhes: Assim diz o Soberano, o Senhor: Esta advertência diz respeito ao príncipe de Jerusalém e a toda a nação de Israel que está ali. 11 Diga-lhes: Eu sou um sinal para vocês. Como eu fiz, assim lhes será feito. Eles irão para o exílio como prisioneiros.

12 “O príncipe deles porá a sua bagagem nos ombros ao entardecer e sairá por um buraco que será escavado no muro para ele passar. Ele cobrirá o rosto para que não possa ver nada do país. 13 Estenderei a minha rede para ele, e ele será apanhado em meu laço; eu o trarei para a Babilônia, terra dos caldeus, mas ele não a verá, e ali morrerá. 14 Espalharei aos ventos todos os que estão ao seu redor, os seus oficiais e todas as suas tropas, e os perseguirei com a espada em punho.

15 “Eles saberão que eu sou o Senhor, quando eu os dispersar entre as nações e os espalhar pelas terras. 16 Mas pouparei uns poucos deles da espada, da fome e da peste para que, nas nações aonde forem, contem todas as suas práticas repugnantes. Então saberão que eu sou o Senhor”.

17 Esta palavra do Senhor veio a mim: 18 “Filho do homem, trema enquanto come a sua comida, e fique arrepiado de medo enquanto bebe a sua água. 19 Diga ao povo do país: Assim diz o Senhor, o Soberano, acerca daqueles que vivem em Jerusalém e em Israel: Eles comerão sua comida com ansiedade e beberão sua água desesperados, pois tudo o que existe em sua terra dela será arrancado por causa da violência de todos os que ali vivem. 20 As cidades habitadas serão arrasadas e a terra ficará abandonada. Então vocês saberão que eu sou o Senhor”.

21 O Senhor me falou: 22 “Filho do homem, que provérbio é este que vocês têm em Israel: ‘Os dias passam e todas as visões dão em nada’? 23 Diga-lhes, pois: Assim diz o Soberano, o Senhor: Darei fim a esse provérbio, e não será mais citado em Israel. Diga-lhes: Estão chegando os dias em que toda visão se cumprirá. 24 Pois não haverá mais visões falsas ou adivinhações bajuladoras entre o povo de Israel. 25 Mas eu, o Senhor, falarei o que eu quiser, e isso se cumprirá sem demora. Pois em seus dias, ó nação rebelde, cumprirei tudo o que eu disser. Palavra do Soberano, o Senhor”.

26 Veio a mim esta palavra do Senhor: 27 “Filho do homem, a nação de Israel está dizendo: ‘A visão que ele vê é para daqui a muitos anos, e ele profetiza sobre o futuro distante’.

28 “Pois diga a eles: Assim diz o Soberano, o Senhor: Nenhuma de minhas palavras sofrerá mais demora; tudo o que eu disser se cumprirá. Palavra do Soberano, o Senhor”.