O Livro

Neemias 12

Lista de sacerdotes e levitas

1Lista dos sacerdotes que acompanharam Zorobabel, filho de Sealtiel, e Josué, o sumo sacerdote:

Seraías, Jeremias, Esdras;

Amarias, Maluque, Hatus;

Secanias, Reum, Meremote;

Ido, Ginetói, Abias;

Miamim, Maadias, Bilga;

Semaías, Joiaribe, Jedaías;

Salu, Amoque, Hilquias e Jedaías.

Estes eram os chefes dos sacerdotes e dos seus familiares, no tempo de Josué, o sumo sacerdote.

Os levitas que foram com eles eram Jesua, Binuí, Cadmiel, Serebias, Judá e Matanias; este último tinha o encargo de dirigir os cânticos de louvor juntamente com os seus irmãos. Baquebuquias e Uni, seus irmãos de clã, assistiam-no nesse serviço.

10 Josué foi pai de Joiaquim;

Joiaquim foi pai de Eliasibe;

Eliasibe foi pai de Joiada;

11 Joiada foi pai de Jónatas;

Jónatas foi pai de Jadua.

12 A seguir, indicam-se os chefes de clã dos sacerdotes que serviram sob o sumo sacerdote Joiaquim:

Meraías, líder do clã de Seraías;

Hananias, líder do clã de Jeremias;

13 Mesulão, líder do clã de Esdras;

Jeoanã, líder do clã de Amarias;

14 Jónatas, líder do clã de Maluque;

José, líder do clã de Sebanias;

15 Adna, líder do clã de Harim;

Helcai, líder do clã de Meraiote;

16 Zacarias, líder do clã de Ido;

Mesulão, líder do clã de Ginetom;

17 Zicri, líder do clã de Abias;

Piltai, líder dos clãs de Miniamim e Moadias;

18 Samua líder do clã de Bilga;

Jeónatas, líder do clã de Semaías;

19 Matenai, líder do clã de Joiaribe;

Uzi, líder do clã de Jedaías;

20 Calai, líder do clã de Salai;

Eber, líder do clã de Amoque;

21 Hasabias, líder do clã de Hilquias;

Netanel, líder do clã de Jedaías.

22 Um relato genealógico dos cabeças de clãs dos sacerdotes e levitas foi compilado durante o reinado de Dario da Pérsia, nos dias de Eliasibe, Joiada, Joanã e Jadua, todos eles levitas. 23 No Livro das Crónicas os nomes dos levitas foram inscritos até aos dias de Joanã, filho de Eliasibe. 24 Eram estes os chefes dos levitas nessa altura: Hasabias, Serebias e Jesua, filho de Cadmiel. Os seus irmãos de clã auxiliavam-nos durante as cerimónias de louvor e agradecimento, como fora ordenado por David, o homem de Deus.

25 Os porteiros que organizavam os locais de recolha das coletas nas entradas eram: Matanias, Baquebuquias, Obadias, Mesulão, Talmom e Acube.

26 Estes eram os homens ativos durante o tempo de Joiaquim, filho de Josué, filho de Josadaque, e no tempo em que Neemias era governador e Esdras era sacerdote e escriba.

A consagração da muralha

27 Durante a consagração da nova muralha de Jerusalém, os levitas de toda a terra vieram a Jerusalém para assistir às cerimónias e tomar parte nessa festa com alegria e com os seus louvores, acompanhados de címbalos, liras e harpas. 28 Os membros do coro também vieram a Jerusalém das localidades vizinhas e das aldeias dos netofatitas. 29 Vieram igualmente de Bete-Gilgal, da área de Geba e de Azmavete, porque os cantores tinham construído as suas próprias aldeias nos subúrbios de Jerusalém. 30 Os sacerdotes e os levitas consagraram-se primeiro a si mesmos; depois consagraram o povo, as portas e a muralha.

31 Conduzi os chefes judeus e dois coros ao cimo da muralha e dividi-os em duas longas colunas que caminhavam em direções opostas, louvando com gratidão. O grupo que ia para a direita, em direção à porta do Monturo, 32 era formado por metade dos chefes de Judá e incluía Hosaías, 33 Azarias, Esdras, Mesulão, 34 Judá, Benjamim, Semaías e Jeremias. 35 Os sacerdotes que tocavam as cornetas eram Zacarias, filho de Jónatas, cuja ascendência era Semaías, Matanias, Micaías, Zacur e Asafe; 36 e ainda Semaías, Azarel, Milalai, Gilalai, Maai, Netanel, Judá e Hanani, que usavam os instrumentos de música do rei David; o escriba Esdras encabeçava o cortejo. 37 Quando chegaram à porta da Fonte, continuaram em frente e subiram as escadas da velha Cidade de David; depois seguiram até à porta da Água, a oriente.

38 O outro grupo, do qual eu próprio fazia parte, foi no outro sentido ao encontro do primeiro; deslocou-se a partir da torre dos Fornos até ao muro Largo; 39 depois, desde a porta de Efraim até à porta Velha; passámos a porta do Peixe e a torre de Hananel e prosseguimos até à porta da Torre dos Cem; avançámos até à porta das Ovelhas e parámos à porta da Prisão.

40-41 Depois, os dois coros dirigiram-se para o templo com metade dos chefes do povo, que me acompanhavam; iam comigo os sacerdotes, a tocar as cornetas: Eliaquim, Maaseias, Miniamim, Micaías, Elioenai, Zacarias e Hananias; 42 também os cantores Maaseias, Semaías, Eleazar, Uzi, Jeoanã, Malquias, Elão e Ezer; os coros cantaram forte e claramente, sob a direção de Izraías.

43 Muitos sacrifícios foram oferecidos nessa alegre jornada, porque Deus nos tinha dado razões de grande regozijo. As mulheres e as crianças também se alegravam e o ruído dessa grande manifestação ouvia-se até muito longe!

44 Nesse dia, foram designados os homens que ficaram encarregados dos cofres, das ofertas alçadas, dos dízimos, dos primeiros frutos colhidos e da recolha destes donativos junto dos agricultores, conforme tinha sido ordenado na Lei de Moisés. Estas ofertas eram destinadas aos sacerdotes e levitas, como expressão do apreço que o povo de Judá tinha pelo serviço que executavam. 45 Também o serviço dos cantores e dos porteiros era tido em muita consideração; estes assistiam os outros homens no culto a Deus e no cumprimento das cerimónias de purificação, como requerido nas leis de David e do seu filho Salomão. 46 Foi nos dias de David e de Asafe que se iniciou o costume dos diretores que conduziam o coro com hinos de louvor e gratidão a Deus. 47 Agora, nos dias de Zorobabel e de Neemias, o povo trazia um fornecimento diário de comida para os membros do coro, porteiros e levitas. Estes últimos, por sua vez, davam aos sacerdotes, descendentes de Aarão, a parte que lhes pertencia.