O Livro

Números 12

Miriam e Aarão opõem-se a Moisés

1Um dia, Miriam e Aarão começaram a criticar Moisés por causa da sua mulher, uma cuchita[a]; e disseram: “Mas afinal foi só através de Moisés que o Senhor falou? Não foi também por nosso meio?”

E o Senhor ouviu isso. E Moisés era o homem mais humilde da Terra. O Senhor convocou imediatamente Moisés, Aarão e Miriam para a tenda do encontro: “Venham, os três!” O Senhor desceu na coluna de nuvem e ficou à entrada do tabernáculo: “Aarão e Miriam, cheguem-se à frente!” Eles obedeceram. O Senhor disse-lhes:

“Com um profeta eu falaria
por meio de sonhos e de visões.
Mas com o meu servo Moisés não é assim.
Ele serviu fielmente na casa de Deus.
Com ele falo face a face!
Ele vê mesmo a semelhança do Senhor!

Então porque não tiveram receio de criticar o meu servo Moisés?”

A cólera do Senhor inflamou-se contra eles; depois partiu. 10 A nuvem subiu sobre o tabernáculo e Miriam ficou toda branca com lepra. Quando Aarão viu o que acontecera, 11 rogou a Moisés: “Ó meu senhor, não nos castigues por causa deste pecado; fomos loucos em proceder de tal maneira. 12 Não deixes que ela fique assim como uma morta, ou como um bebé nado-morto, que ao nascer já tem o seu corpo quase todo consumido!”

13 E Moisés clamou ao Senhor: “Cura-a, ó Deus, rogo-te!”

14 O Senhor disse a Moisés: “Se o seu pai lhe tivesse cuspido na cara, seria impura durante sete dias. Que fique então excluída, fora do acampamento durante sete dias, e depois recolham-na.”

15 Foi o que fizeram; Miriam foi posta fora do acampamento por sete dias, e o povo esperou até que pudesse ser trazida para dentro; só depois continuaram a viagem.

16 Partindo dali, de Hazerote, vieram a acampar no deserto de Parã.

Footnotes

  1. 12.1 Não se sabe ao certo, mas pode indicar alguém natural de Cuche ou pertencente a uma tribo lembrada em Hc 3.7.