O Livro

Levítico 8

A ordenação de Aarão e dos seus filhos

(Êx 29.1-37)

1O Senhor disse a Moisés: “Agora traz Aarão e os seus filhos para a entrada da tenda do encontro, e que venham com as vestes sacerdotais, mais o óleo de unção, e ainda um novilho para oferecer pelo pecado, dois carneiros e o cesto de pães sem fermento. Convoca todo o povo de Israel para uma assembleia à entrada da tenda do encontro.”

Moisés fez o que o Senhor lhe tinha ordenado e convocou todo o povo ali e disse-lhes: “O que agora vou fazer foi ordenado pelo Senhor.” Então dirigiu-se a Aarão e seus filhos, lavou-os com água, vestiu Aarão com a túnica especial, pôs-lhe a faixa, o manto, o colete do éfode e o cinto belamente tecido. De seguida, pôs-lhe o peitoral e depositou o urim e o tumim[a] na sua bolsa. Colocou-lhe na cabeça o turbante, tendo na parte frontal a placa sagrada em ouro, isto é, a coroa santa, tal como o Senhor tinha ordenado.

10 Então Moisés pegou no azeite da unção, aspergiu-o sobre o próprio tabernáculo e sobre tudo o que ele continha, para tudo santificar. 11 Aspergiu também o altar sete vezes, assim como os seus utensílios e também a bacia e o pedestal, para os santificar. 12 Depois derramou o azeite da unção sobre a cabeça de Aarão, santificando-o assim de forma a poder executar o serviço a que se destinava. 13 Em seguida, vestiu as túnicas aos filhos de Aarão, e ainda os cintos e os gorros, tal como o Senhor lhe tinha ordenado.

14 Seguidamente, pegou no novilho da oferta pelo pecado, e Aarão e os seus filhos puseram-lhe as mãos em cima da cabeça, 15 enquanto Moisés o matava. Salpicou com o seu dedo um pouco do sangue do animal sobre os quatro chifres do altar e sobre o próprio altar, para o santificar, e derramou o resto do sangue na base do altar. Foi assim que santificou o altar fazendo resgate por ele. 16 Tomou toda a gordura que cobria as entranhas, toda a massa gordurosa que cobre o fígado, os dois rins com a sua gordura e queimou tudo no altar. 17 A carcaça do novilho, com a pele e o esterco, foi queimada fora do acampamento, tal como o Senhor ordenara a Moisés.

18 Depois apresentou ao Senhor um dos carneiros como holocausto. Aarão e os filhos puseram-lhe as mãos na cabeça; 19 Moisés matou-o, aspergindo o sangue sobre todo o altar. 20 Depois esquartejou-o e queimou os pedaços, assim como a cabeça e a gordura. 21 Em seguida, lavou com água as partes internas e as patas, e queimou-o no altar, de forma que todo o carneiro foi consumido perante o Senhor; um holocausto ao Senhor, que lhe é muito agradável; oferta queimada, conforme as indicações do Senhor a Moisés.

22 Moisés apresentou o outro carneiro, o carneiro da consagração. Aarão e os seus filhos puseram as mãos na cabeça do animal, 23 Moisés matou-o e pôs um pouco do sangue na ponta da orelha direita de Aarão, assim como no seu polegar direito e ainda no dedo grande do seu pé direito. 24 Depois fez o mesmo em relação aos filhos, pondo do sangue sobre a ponta das orelhas e sobre os polegares das mãos e dos pés direitos. O resto do sangue aspergiu-o sobre todo o altar.

25 De seguida, tomou a gordura, a cauda, a gordura das partes intestinais, a vesícula, os dois rins com a respetiva gordura e a espádua direita; 26 pôs sobre isto um bolo sem fermento, um bolo untado com azeite e uma bolacha, tirados do cesto que fora colocado perante o Senhor. 27 Tudo foi posto nas mãos de Aarão e dos seus filhos para ser apresentado ao Senhor, com um gesto de apresentação cerimonial, na frente do altar. 28 Moisés tomou depois isso das suas mãos e queimou-o sobre o altar; é um holocausto ao Senhor, que lhe é muito agradável; oferta queimada ao Senhor. 29 Então Moisés pegou no peito e apresentou ao Senhor, movendo-o diante do altar, com um gesto de apresentação cerimonial. Esta foi a porção pertencente a Moisés, do carneiro da consagração, conforme o Senhor o tinha instruído.

30 Em seguida, tomou algum do azeite, e parte do sangue que fora aspergido sobre o altar, e salpicou Aarão e as suas roupas, fazendo o mesmo com os filhos, consagrando dessa forma Aarão, seus filhos e as respetivas roupas.

31 Disse Moisés a Aarão e seus filhos: “Cozam a carne na entrada da tenda do encontro; comam-na com o pão que está no cesto da consagração, tal como vos instruí que fizessem. 32 Tudo o que restar da carne e do pão deverá ser queimado.”

33 E disse-lhes que não deixassem a entrada da tenda do encontro durante sete dias, após os quais a sua consagração ficaria completa. Esta deverá durar pois sete dias.

34 Moisés afirmou novamente que o que fizera nesse dia tinha sido ordenado pelo Senhor, a fim de fazer resgate por eles. 35 E mais uma vez avisou Aarão e seus filhos que deveriam ficar à porta da tenda do encontro dia e noite pelo espaço de sete dias. “Se saírem daí”, disse-lhes, “morrerão; foi o que o Senhor disse.”

36 E Aarão e os seus filhos fizeram tudo o que o Senhor ordenara a Moisés.

Footnotes

  1. 8.8 Urim e tumim eram objectos utilizados para se conhecer a vontade de Deus, por tiragem à sorte. Cf. Êx 28.30; Nm 27.21; 1 Sm 14.41; 28.6; Esd 2.63; Ne 7.65.