O Livro

Gálatas 3

A fé ou a lei

1Ó Gálatas insensatos! Quem foi que vos fascinou, a vocês perante quem Cristo crucificado foi apresentado como se tivesse sido pregado na cruz mesmo sob os vossos olhos? 2/4 Só queria que me respondessem a isto: receberam o Espírito Santo através do cumprimento dos mandamentos da lei? Não, porque o Espírito Santo veio sobre vocês somente depois de terem crido na mensagem do evangelho que vocês ouviram e receberam com fé. Falta­vos assim tanto a compreensão espiritual destas coisas que, tendo começado pelo Espírito de Deus, pensem agora aperfeiçoá­la através dos vossos esforços humanos? Será que tudo aquilo que vocês já sofreram por causa do evangelho foi inútil? Certamente que não.

Deus, que vos dá o Espírito Santo, actuando com milagres no vosso meio, faz isso em consequência da vossa obediência à lei judaica? Claro que não. É sim em resultado da fé com que aceitaram a pregação do evangelho.

6/7 E assim como Abraão creu em Deus, e isso fez com que Deus o considerasse justo, da mesma forma, só os que têm a mesma fé em Deus é que são os verdadeiros filhos de Abraão.

E as Escrituras previram que Deus havia de perdoar e aceitar os gentios em resultado da sua fé, quando dizem que Deus se dirigiu a Abraão com estas palavras: “Abençoarei por ti todos os povos.” E, por isso, todos os que põem a sua fé em Cristo beneficiam da mesma bênção que Abraão.

10 Por outro lado, todos aqueles que se apoiam nas suas próprias obras, feitas em obediência à lei judaica, estão debaixo da maldição, porque está escrito: “Maldito todo aquele que não cumprir tudo o que está escrito neste livro da lei de Deus.” 11 É portanto evidente que pela lei ninguém poderá ser aceite por Deus. Porque a Escritura diz: “O justo viverá pela fé.” 12/13 Ora lei e fé são duas coisas incompatíveis. Pois a lei diz: “Quem cumprir estas prescrições viverá por elas.” Mas Cristo pagou o preço necessário para nos libertar desse sistema legal, que nos mantinha debaixo da maldição, e colocou­se ele próprio sob a maldição divina, tomando sobre si a culpa dos nossos pecados. Até porque está escrito também na Escritura: “Maldito todo aquele que for pendurado no poste de madeira.” 14 E assim a bênção que Deus prometeu a Abraão pode chegar também até aos gentios por meio do sacrifício de Jesus Cristo; e nós, os cristãos, podemos receber o Espírito Santo prometido aos que têm a fé.

A lei e a promessa

15 Irmãos, mesmo na vida corrente, se alguém prometer seja o que for a outra pessoa, e essa promessa estiver escrita e assinada, ninguém a poderá alterar nem anular. 16 Ora Deus fez promessas a Abraão e a Escritura diz que foram feitas a Abraão e à sua descendência. Não se refere a descendentes, como seria se estivesse a falar de muitos; mas fala antes no singular, descendência, referindo­se a Cristo.

17 O que estou a dizer é isto: O pacto que Deus fez com Abraão não podia ser anulado quatrocentos e trinta anos mais tarde quando Deus deu a lei a Moisés. Isso seria Deus a quebrar a sua promessa. 18 Se a herança de vida dependesse do cumprimento desse código legal, deixaria de ser, como é evidente, uma promessa de Deus, na qual os crentes apoiassem a sua fé. Mas não, ela é algo que Deus garantiu a Moisés, gratuitamente, sem lhe pedir em troca submissão a uma lei.

19 Então para que serve a lei? Ela teve de ser ordenada a fim de tornar os homens conscientes do seu pecado. Mas esse sistema era apenas até à vinda do descendente de Abraão (ou seja Cristo), a quem a promessa dizia respeito. E há uma outra diferença. Deus deu as suas leis aos anjos para as dar a Moisés, que foi o mediador entre Deus e o povo. 20 Ora, um mediador é necessário se duas pessoas entram num acordo; mas Deus agiu por si próprio quando ele fez a sua promessa a Abraão.

21 Então a lei é contra as promessas divinas? De maneira nenhuma! Porque se uma lei tivesse sido dada que pudesse transmitir vida, então a justificação viria certamente pela observância da lei. 22 Mas as Escrituras declaram que todos nós somos prisioneiros de pecado. Sendo assim, a única saída para a nossa salvação é a fé em Jesus Cristo. Por ele é que a promessa de vida, da parte de Deus, foi dada aos crentes.

23 Mas antes que chegasse esse tempo em que a fé em Cristo nos abriu a entrada junto de Deus, nós estávamos como que guardados e vigiados pela lei, esperando o momento em que, pela fé, pudéssemos crer no Salvador, que havia de vir.

Os filhos de Deus

24 Dito de outra maneira: a lei foi como que um educador que nos conduziu até Cristo. Aí por meio da fé, pudemos estabelecer a nossa relação com Deus. 25/26 E agora que Cristo já veio, já não há mais razão para continuarmos a viver sob esse educador, pois que agora somos muito mais do que alunos, somos filhos de Deus, pela fé em Cristo Jesus. 27 E todos quantos fomos baptizados em nome de Cristo, identificados com a sua morte, ficámos assim semelhantes a ele. 28 E aqui não há lugar para diferenças: tanto judeus, como não­judeus, humildes e poderosos, homens ou mulheres, todos, em Cristo Jesus formam um só povo. 29 E, se somos de Cristo, somos então descendência de Abraão, e herdeiros da mesma promessa.

New International Version - UK

Galatians 3

Faith or works of the law

1You foolish Galatians! Who has bewitched you? Before your very eyes Jesus Christ was clearly portrayed as crucified. I would like to learn just one thing from you: did you receive the Spirit by the works of the law, or by believing what you heard? Are you so foolish? After beginning by means of the Spirit, are you now trying to finish by means of the flesh?[a] Have you experienced[b] so much in vain – if it really was in vain? So again I ask, does God give you his Spirit and work miracles among you by the works of the law, or by your believing what you heard? So also Abraham ‘believed God, and it was credited to him as righteousness.’[c]

Understand, then, that those who have faith are children of Abraham. Scripture foresaw that God would justify the Gentiles by faith, and announced the gospel in advance to Abraham: ‘All nations will be blessed through you.’[d] So those who rely on faith are blessed along with Abraham, the man of faith.

10 For all who rely on the works of the law are under a curse, as it is written: ‘Cursed is everyone who does not continue to do everything written in the Book of the Law.’[e] 11 Clearly no one who relies on the law is justified before God, because ‘the righteous will live by faith.’[f] 12 The law is not based on faith; on the contrary, it says, ‘The person who does these things will live by them.’[g] 13 Christ redeemed us from the curse of the law by becoming a curse for us, for it is written: ‘Cursed is everyone who is hung on a pole.’[h] 14 He redeemed us in order that the blessing given to Abraham might come to the Gentiles through Christ Jesus, so that by faith we might receive the promise of the Spirit.

The law and the promise

15 Brothers and sisters, let me take an example from everyday life. Just as no one can set aside or add to a human covenant that has been duly established, so it is in this case. 16 The promises were spoken to Abraham and to his seed. Scripture does not say ‘and to seeds’, meaning many people, but ‘and to your seed’,[i] meaning one person, who is Christ. 17 What I mean is this: the law, introduced 430 years later, does not set aside the covenant previously established by God and thus do away with the promise. 18 For if the inheritance depends on the law, then it no longer depends on the promise; but God in his grace gave it to Abraham through a promise.

19 Why, then, was the law given at all? It was added because of transgressions until the Seed to whom the promise referred had come. The law was given through angels and entrusted to a mediator. 20 A mediator, however, implies more than one party; but God is one.

21 Is the law, therefore, opposed to the promises of God? Absolutely not! For if a law had been given that could impart life, then righteousness would certainly have come by the law. 22 But Scripture has locked up everything under the control of sin, so that what was promised, being given through faith in Jesus Christ, might be given to those who believe.

Children of God

23 Before the coming of this faith,[j] we were held in custody under the law, locked up until the faith that was to come would be revealed. 24 So the law was our guardian until Christ came that we might be justified by faith. 25 Now that this faith has come, we are no longer under a guardian.

26 So in Christ Jesus you are all children of God through faith, 27 for all of you who were baptised into Christ have clothed yourselves with Christ. 28 There is neither Jew nor Gentile, neither slave nor free, nor is there male and female, for you are all one in Christ Jesus. 29 If you belong to Christ, then you are Abraham’s seed, and heirs according to the promise.

Footnotes

  1. Galatians 3:3 In contexts like this, the Greek word for flesh (sarx) refers to the sinful state of human beings, often presented as a power in opposition to the Spirit.
  2. Galatians 3:4 Or suffered
  3. Galatians 3:6 Gen. 15:6
  4. Galatians 3:8 Gen. 12:3; 18:18; 22:18
  5. Galatians 3:10 Deut. 27:26
  6. Galatians 3:11 Hab. 2:4
  7. Galatians 3:12 Lev. 18:5
  8. Galatians 3:13 Deut. 21:23
  9. Galatians 3:16 Gen. 12:7; 13:15; 24:7
  10. Galatians 3:23 Or through the faithfulness of Jesus . . . 23 Before faith came