O Livro

Ezequiel 2

A chamada de Ezequiel

1E disse-me: “Levanta-te, homem mortal, e falarei contigo.” O Espírito entrou em mim enquanto me dirigia a palavra, e pôs-me de pé: 3/5 “Homem mortal, vou enviar-te à nação de Israel, nação rebelde contra mim. Tanto eles como seus pais têm continuado a pecar contra mim até ao momento presente. Têm um coração duro; são de carácter obstinado. Mas eu envio-te junto deles para que lhes transmitas as minhas mensagens — as mensagens do Senhor Deus. Que eles as ouçam ou não — não te esqueças que são gente rebelde — pelo menos hão-de ficar a saber que tiveram um profeta no meio deles.

6/8 E tu, homem mortal, não tenhas medo deles; não receies as suas ameaças ainda que façam doer e magoem como espinhos, como escorpiões. Não te assustes com as suas carrancas sombrias. Lembra-te de que são pessoas insubmissas! Deverás comunicar-lhes as minhas mensagens, quer as ouçam quer não; mas não quererão ouvi-las, porque são extremamente obstinados. Ouve pois, homem mortal, aquilo que te digo. Não sejas tu também contencioso! Abre a tua boca e come o que te dou.”

9/10 Então vi uma mão segurando um rolo de livro, escrito de ambos os lados, na frente e de trás. O livro foi desenrolado e reparei que estava cheio de avisos, de lamentações e de condenações.