O Livro

Deuteronômio 27

O altar no monte Ebal

1Então Moisés e os anciãos de Israel deram ainda mais estas instruções ao povo, para que as cumprissem: “Quando passarem para o lado de lá do rio Jordão e entrarem na terra prometida, que o Senhor, vosso Deus, vos dá, peguem em pedras grandes, 3-4 tiradas do próprio leito do rio, e escrevam nelas a Lei de Deus. Assim entrarão numa terra onde jorra leite e mel e que o Senhor, Deus dos vossos antepassados, vos prometeu e ali levantarão um monumento na outra margem, no monte Ebal; cubram as pedras com cal. 5-6 Construam ali um altar ao Senhor, vosso Deus. Usem pedras não talhadas e ofereçam sobre esse altar holocaustos ao Senhor, vosso Deus. Sacrifiquem ofertas de paz e celebrem uma festa com grande júbilo na presença do Senhor, vosso Deus. Escrevam as palavras desta Lei com toda a clareza.”

Maldição do monte Ebal

Depois Moisés e os sacerdotes levitas dirigiram-se a todo o Israel desta maneira. “Israelitas, ouçam bem! Hoje tornaram-se o povo do Senhor, vosso Deus. 10 Ouçam aquilo que o Senhor, vosso Deus, vos ordena e obedeçam a todos estes mandamentos que hoje vos dou.”

11 Nesse mesmo dia, Moisés deu esta ordem ao povo: 12 Quando tiverem passado para a terra prometida, as tribos de Simeão, de Levi, de Judá, de Issacar, de José e de Benjamim pôr-se-ão sobre o monte Gerizim para proclamar uma bênção ao povo; 13 as tribos de Rúben, de Gad, de Aser, de Zebulão, de Dan e de Naftali estarão no monte Ebal para proclamarem uma maldição.

14 Os levitas colocar-se-ão entre eles e gritarão a todo o Israel:

15 “Maldito quem fizer e adorar um ídolo, mesmo em segredo, seja esculpido em madeira ou feito de metal fundido, porque o Senhor odeia esses deuses feitos pela mão do homem.” E todo o povo responderá: “Assim seja!”

16 “Maldito é quem desprezar o pai ou a mãe.”

E todo o povo responderá: “Assim seja!”

17 “Maldito é quem alterar as marcas que distinguem o seu campo do outro do vizinho.”

E todo o povo responderá: “Assim seja!”

18 “Maldito é quem se aproveita dum cego e o explora.”

E todo o povo responderá: “Assim seja!”

19 “Maldito é quem for injusto para com um estrangeiro, um órfão ou uma viúva.”

E todo o povo responderá: “Assim seja!”

20 “Maldito é quem comete adultério com uma das mulheres do seu pai, visto que ela pertence ao pai.”

E todo o povo responderá: “Assim seja!”

21 “Maldito é quem tiver relação sexual com um animal.”

E todo o povo responderá: “Assim seja!”

22 “Maldito é quem tiver relações sexuais com a sua irmã, mesmo que se trate de uma meia-irmã.”

E todo o povo responderá: “Assim seja!”

23 “Maldito é quem tiver relações sexuais com a sogra.”

E todo o povo responderá: “Assim seja!”

24 “Maldito é quem assassinar secretamente outra pessoa.”

E todo o povo responderá: “Assim seja!”

25 “Maldito é quem aceitar um pagamento para matar uma pessoa inocente.”

E todo o povo responderá: “Assim seja!”

26 “Maldito é quem não põe em prática as palavras deste livro da Lei.”

E todo o povo responderá: “Assim seja!”