New International Version

Zephaniah 3

Jerusalem

1Woe to the city of oppressors,
    rebellious and defiled!
She obeys no one,
    she accepts no correction.
She does not trust in the Lord,
    she does not draw near to her God.
Her officials within her
    are roaring lions;
her rulers are evening wolves,
    who leave nothing for the morning.
Her prophets are unprincipled;
    they are treacherous people.
Her priests profane the sanctuary
    and do violence to the law.
The Lord within her is righteous;
    he does no wrong.
Morning by morning he dispenses his justice,
    and every new day he does not fail,
    yet the unrighteous know no shame.

Jerusalem Remains Unrepentant

“I have destroyed nations;
    their strongholds are demolished.
I have left their streets deserted,
    with no one passing through.
Their cities are laid waste;
    they are deserted and empty.
Of Jerusalem I thought,
    ‘Surely you will fear me
    and accept correction!’
Then her place of refuge[a] would not be destroyed,
    nor all my punishments come upon[b] her.
But they were still eager
    to act corruptly in all they did.
Therefore wait for me,”
    declares the Lord,
    “for the day I will stand up to testify.[c]
I have decided to assemble the nations,
    to gather the kingdoms
and to pour out my wrath on them—
    all my fierce anger.
The whole world will be consumed
    by the fire of my jealous anger.

Restoration of Israel’s Remnant

“Then I will purify the lips of the peoples,
    that all of them may call on the name of the Lord
    and serve him shoulder to shoulder.
10 From beyond the rivers of Cush[d]
    my worshipers, my scattered people,
    will bring me offerings.
11 On that day you, Jerusalem, will not be put to shame
    for all the wrongs you have done to me,
because I will remove from you
    your arrogant boasters.
Never again will you be haughty
    on my holy hill.
12 But I will leave within you
    the meek and humble.
The remnant of Israel
    will trust in the name of the Lord.
13 They will do no wrong;
    they will tell no lies.
A deceitful tongue
    will not be found in their mouths.
They will eat and lie down
    and no one will make them afraid.”

14 Sing, Daughter Zion;
    shout aloud, Israel!
Be glad and rejoice with all your heart,
    Daughter Jerusalem!
15 The Lord has taken away your punishment,
    he has turned back your enemy.
The Lord, the King of Israel, is with you;
    never again will you fear any harm.
16 On that day
    they will say to Jerusalem,
“Do not fear, Zion;
    do not let your hands hang limp.
17 The Lord your God is with you,
    the Mighty Warrior who saves.
He will take great delight in you;
    in his love he will no longer rebuke you,
    but will rejoice over you with singing.”

18 “I will remove from you
    all who mourn over the loss of your appointed festivals,
    which is a burden and reproach for you.
19 At that time I will deal
    with all who oppressed you.
I will rescue the lame;
    I will gather the exiles.
I will give them praise and honor
    in every land where they have suffered shame.
20 At that time I will gather you;
    at that time I will bring you home.
I will give you honor and praise
    among all the peoples of the earth
when I restore your fortunes[e]
    before your very eyes,”
says the Lord.

Footnotes

  1. Zephaniah 3:7 Or her sanctuary
  2. Zephaniah 3:7 Or all those I appointed over
  3. Zephaniah 3:8 Septuagint and Syriac; Hebrew will rise up to plunder
  4. Zephaniah 3:10 That is, the upper Nile region
  5. Zephaniah 3:20 Or I bring back your captives

O Livro

Sofonias 3

O futuro de Jerusalém

1Ai da impura e rebelde cidade de Jerusalém, cidade corrompida! No seu orgulho não dá sequer ouvidos à voz de Deus. Ninguém lhe pode dizer nada; recusa qualquer espécie de correção. Não confia no Senhor; não procura o seu Deus.

Os seus chefes são como leões, rugindo à procura das suas vítimas; tudo lhes serve na sua gula. Os juízes são semelhantes a lobos esfomeados ao cair da noite; ao amanhecer nem vestígios deixam das suas matanças.

Quanto aos profetas, esses vivem só de mentiras; só pensam nos seus interesses pessoais. Os sacerdotes profanam o templo, desobedecendo à Lei de Deus.

Mas o Senhor, que é justo, está no meio da cidade e não comete iniquidade. Cada manhã a sua justiça se torna evidente, manifestando-a a toda a gente. Contudo, o perverso, esse não tem vergonha.

“Exterminei muitas nações, deixando-as assoladas até ao limite das suas fronteiras; deixei as ruas num silêncio de ruínas; as cidades ficaram desertas, sem sobreviventes para contar como aquilo aconteceu. Dizia para comigo: ‘Agora, com certeza que vão ouvir-me e prestar atenção aos meus avisos; dessa forma não terei necessidade de os ferir novamente.’ Mas não! Por muito que castigue, continuam nos seus maus caminhos, desde a madrugada até à noite, e desde a noite até à manhã seguinte. Mas diz o Senhor: esperem por mim! Está a chegar o tempo em que me levantarei e julgarei estas nações malignas. Já decidi juntar os reis da Terra e derramar sobre eles a minha indignação e todo o ardor da minha ira. Toda a Terra será consumida pelo fogo do meu zelo.

Restauração de Israel e Jerusalém

Então darei lábios puros aos povos, para que todos invoquem o nome do Senhor, para que sirvam com um mesmo espírito. 10 Os meus adoradores que estão dispersos para além dos rios de Cuche virão trazer-me as suas ofertas. 11 Naquele dia, não se envergonharão de vós mesmos, por causa da vossa rebelião contra mim. Tirarei do vosso meio todos os que se exaltam na sua soberba. Não haverá mais orgulho ou altivez no meu santo monte. 12 No meio de ti ficarão os pobres e os humildes; esses confiarão no nome do Senhor. 13 Não cometerão iniquidade, nem andarão no meio da mentira e do engano. Viverão sossegadamente, em paz, e deitar-se-ão em segurança; ninguém os aterrorizará.

14 Canta alegremente, ó filha de Sião! Rejubila, ó Israel! Regozija-te e exulta de todo o teu coração, ó filha de Jerusalém! 15 O Senhor afastará as mãos que deveriam exterminar-te e dispersará os exércitos dos teus inimigos. O Senhor mesmo, o Rei de Israel, viverá no meio de ti! Os teus males acabarão, não terás mais receios!

16 Naquele dia, dir-se-á a Jerusalém: Alegra-te, não tenhas medo, ó Sião! Não deixes as tuas mãos desanimarem! 17 O Senhor teu Deus veio para viver no meio de ti. Ele é um poderoso Salvador e far-te-á vencer; terá grande prazer em ti; amar-te-á e não mais te acusará. Ouço um alegre cântico que traduz a própria alegria que o Senhor sente em ti.”

18 “Tornei a juntar os que lamentam a falta das festas solenes, os que se afastaram da vossa companhia, e fiz desaparecer a tua afronta. 19 Tratarei severamente todos os que te oprimiram, salvarei os aleijados, reunirei os que foram expulsos. Honrarei novamente os expatriados que foram desprezados e aviltados.

20 Nesse tempo, recolher-vos-ei; reunir-vos-ei e vos darei um nome honroso, um nome prestigioso entre as nações da Terra, as quais vos louvarão, quando constatarem que tornei a dar-vos prosperidade!”, diz o Senhor.