New International Version

Isaiah 41

The Helper of Israel

1“Be silent before me, you islands!
    Let the nations renew their strength!
Let them come forward and speak;
    let us meet together at the place of judgment.

“Who has stirred up one from the east,
    calling him in righteousness to his service[a]?
He hands nations over to him
    and subdues kings before him.
He turns them to dust with his sword,
    to windblown chaff with his bow.
He pursues them and moves on unscathed,
    by a path his feet have not traveled before.
Who has done this and carried it through,
    calling forth the generations from the beginning?
I, the Lord—with the first of them
    and with the last—I am he.”

The islands have seen it and fear;
    the ends of the earth tremble.
They approach and come forward;
    they help each other
    and say to their companions, “Be strong!”
The metalworker encourages the goldsmith,
    and the one who smooths with the hammer
    spurs on the one who strikes the anvil.
One says of the welding, “It is good.”
    The other nails down the idol so it will not topple.

“But you, Israel, my servant,
    Jacob, whom I have chosen,
    you descendants of Abraham my friend,
I took you from the ends of the earth,
    from its farthest corners I called you.
I said, ‘You are my servant’;
    I have chosen you and have not rejected you.
10 So do not fear, for I am with you;
    do not be dismayed, for I am your God.
I will strengthen you and help you;
    I will uphold you with my righteous right hand.

11 “All who rage against you
    will surely be ashamed and disgraced;
those who oppose you
    will be as nothing and perish.
12 Though you search for your enemies,
    you will not find them.
Those who wage war against you
    will be as nothing at all.
13 For I am the Lord your God
    who takes hold of your right hand
and says to you, Do not fear;
    I will help you.
14 Do not be afraid, you worm Jacob,
    little Israel, do not fear,
for I myself will help you,” declares the Lord,
    your Redeemer, the Holy One of Israel.
15 “See, I will make you into a threshing sledge,
    new and sharp, with many teeth.
You will thresh the mountains and crush them,
    and reduce the hills to chaff.
16 You will winnow them, the wind will pick them up,
    and a gale will blow them away.
But you will rejoice in the Lord
    and glory in the Holy One of Israel.

17 “The poor and needy search for water,
    but there is none;
    their tongues are parched with thirst.
But I the Lord will answer them;
    I, the God of Israel, will not forsake them.
18 I will make rivers flow on barren heights,
    and springs within the valleys.
I will turn the desert into pools of water,
    and the parched ground into springs.
19 I will put in the desert
    the cedar and the acacia, the myrtle and the olive.
I will set junipers in the wasteland,
    the fir and the cypress together,
20 so that people may see and know,
    may consider and understand,
that the hand of the Lord has done this,
    that the Holy One of Israel has created it.

21 “Present your case,” says the Lord.
    “Set forth your arguments,” says Jacob’s King.
22 “Tell us, you idols,
    what is going to happen.
Tell us what the former things were,
    so that we may consider them
    and know their final outcome.
Or declare to us the things to come,
23     tell us what the future holds,
    so we may know that you are gods.
Do something, whether good or bad,
    so that we will be dismayed and filled with fear.
24 But you are less than nothing
    and your works are utterly worthless;
    whoever chooses you is detestable.

25 “I have stirred up one from the north, and he comes—
    one from the rising sun who calls on my name.
He treads on rulers as if they were mortar,
    as if he were a potter treading the clay.
26 Who told of this from the beginning, so we could know,
    or beforehand, so we could say, ‘He was right’?
No one told of this,
    no one foretold it,
    no one heard any words from you.
27 I was the first to tell Zion, ‘Look, here they are!’
    I gave to Jerusalem a messenger of good news.
28 I look but there is no one—
    no one among the gods to give counsel,
    no one to give answer when I ask them.
29 See, they are all false!
    Their deeds amount to nothing;
    their images are but wind and confusion.

Footnotes

  1. Isaiah 41:2 Or east, / whom victory meets at every step

Nova Versão Internacional

Isaías 41

O Ajudador de Israel

1“Calem-se diante de mim, ó ilhas!
Que as nações renovem as suas forças!
Que elas se apresentem para se defender;
vamos encontrar-nos
    para decidir a questão.

“Quem despertou o que vem do oriente,
    e o chamou em retidão ao seu serviço,[a]
entregando-lhe nações
    e subjugando reis diante dele?
Com a espada ele os reduz a pó,
    com o arco os dispersa como palha.
Ele os persegue e avança com segurança
por um caminho que seus pés
    jamais percorreram.
Quem fez tudo isso?
Quem chama as gerações à existência
    desde o princípio?
Eu, o Senhor,
    que sou o primeiro,
e que sou eu mesmo
    com os últimos.”

As ilhas viram isso e temem;
    os confins da terra tremem.
Eles se aproximam e vêm à frente;
cada um ajuda o outro e diz a seu irmão:
    “Seja forte!”
O artesão encoraja o ourives,
e aquele que alisa com o martelo
    incentiva o que bate na bigorna.
Ele diz acerca da soldagem: “Está boa”.
E fixa o ídolo com prego
    para que não tombe.

“Você, porém, ó Israel, meu servo,
    Jacó, a quem escolhi,
vocês, descendentes de
    Abraão, meu amigo,
eu os tirei dos confins da terra,
de seus recantos mais distantes
    eu os chamei.
Eu disse: Você é meu servo;
    eu o escolhi e não o rejeitei.
10 Por isso não tema, pois estou com você;
    não tenha medo, pois sou o seu Deus.
Eu o fortalecerei e o ajudarei;
    eu o segurarei
    com a minha mão direita vitoriosa.

11 “Todos os que o odeiam
    certamente serão humilhados
    e constrangidos;
aqueles que se opõem a você
    serão como nada e perecerão.
12 Ainda que você procure os seus inimigos,
    você não os encontrará.
Os que guerreiam contra você
    serão reduzidos a nada.
13 Pois eu sou o Senhor, o seu Deus,
    que o segura pela mão direita
e lhe diz: Não tema; eu o ajudarei.
14 Não tenha medo, ó verme Jacó,
    ó pequeno Israel,
pois eu mesmo o ajudarei”,
    declara o Senhor,
seu Redentor, o Santo de Israel.
15 “Veja, eu o tornarei um debulhador
    novo e cortante, com muitos dentes.
Você debulhará os montes e os esmagará,
    e reduzirá as colinas a palha.
16 Você irá peneirá-los, o vento os levará,
    e uma ventania os espalhará.
Mas você se regozijará no Senhor
    e no Santo de Israel se gloriará.

17 “O pobre e o necessitado buscam água,
    e não a encontram!
Suas línguas estão ressequidas de sede.
Mas eu, o Senhor, lhes responderei;
eu, o Deus de Israel, não os abandonarei.
18 Abrirei rios nas colinas estéreis,
    e fontes nos vales.
Transformarei o deserto num lago,
    e o chão ressequido em mananciais.
19 Porei no deserto o cedro,
    a acácia, a murta e a oliveira.
Colocarei juntos no ermo
    o cipreste, o abeto e o pinheiro,
20 para que o povo veja e saiba,
    e todos vejam e saibam,
que a mão do Senhor fez isso,
    que o Santo de Israel o criou.

21 “Exponham a sua causa”, diz o Senhor.
“Apresentem as suas provas”,
    diz o rei de Jacó.
22 “Tragam os seus ídolos
    para nos dizerem o que vai acontecer.
Que eles nos contem como eram
    as coisas anteriores,
para que as consideremos
    e saibamos o seu resultado final;
ou que nos declarem as coisas vindouras,
23 revelem-nos o futuro,
    para que saibamos que eles são deuses.
Façam alguma coisa, boa ou má,
    para que nos rendamos, cheios de temor.
24 Mas vejam só! Eles não são nada,
    e as suas obras são totalmente nulas;
detestável é aquele que os escolhe!

25 “Despertei um homem,
    e do norte ele vem;
desde o nascente
    proclamará o meu nome.
Pisa em governantes como em argamassa,
    como o oleiro amassa o barro.
26 Quem falou disso desde o princípio,
    para que o soubéssemos,
ou antecipadamente,
    para que pudéssemos dizer:
    ‘Ele estava certo’?
Ninguém o revelou,
ninguém o fez ouvir,
ninguém ouviu palavra alguma
    de vocês.
27 Desde o princípio eu disse a Sião:
    Veja, estas coisas acontecendo!
A Jerusalém eu darei um mensageiro
    de boas novas.
28 Olho, e não há ninguém entre eles,
nenhum conselheiro que dê resposta
    quando pergunto.
29 Veja, são todos falsos!
Seus feitos são nulos;
suas imagens fundidas
    não passam de um sopro e de uma nulidade!

Footnotes

  1. 41.2 Ou com quem a vitória se encontra a cada passo,