Chinese Contemporary Bible (Simplified)

箴言 21:1-31

1耶和华掌管君王的心,

易如支配垄沟的流水。

2人自以为行事正确,

但耶和华衡量人心。

3秉公行义比献祭更蒙耶和华喜悦。

4高傲的眼,狂妄的心,恶人的灯,

都是罪恶。

5勤劳者的计划必致富足,

行事急躁的人必致贫困。

6骗来的财如过眼云雾,

使人掉进死亡的陷阱。

7恶人的暴力必毁灭自己,

因为他们行事不公不义。

8犯罪的人行径扭曲,

纯洁的人行为正直。

9宁愿住在房顶的一角,

也不跟争闹之妻同屋。

10恶人贪恋邪恶,

对邻舍残忍无情。

11惩罚嘲讽者,愚人得智慧;

训诫智者,他便长见识。

12公义的上帝鉴察恶人的家,

祂必使他们灭亡。

13掩耳不听穷人呼求的,

他将来求救也无人管。

14暗中送的礼物能平息愤怒,

塞进怀里的贿赂止息盛怒。

15正义得到伸张,

义人喜、恶人怕。

16人偏离明智之道,

终必与阴魂为伍。

17贪图享受必穷困,

奢华宴乐难富足。

18恶人作义人的赎价,

奸徒替正直人受苦。

19宁愿独居旷野,

不跟吵闹易怒的女子同住。

20智者家中积存宝物和油,

愚人将所有的挥霍一空。

21追求公义与慈爱的,

必寻得生命、公义和尊荣。

22智者攀上勇士的城池,

摧毁他们倚仗的坚垒。

23管住口舌,免遭祸患。

24嘲讽者狂妄自大,

行事骄横无比。

25懒人的欲望害死自己,

因为他的手不肯做工。

26懒人整天贪得无厌,

义人施舍毫不吝啬。

27恶人的祭物已经可憎,

何况他怀着恶意来献!

28作伪证的终灭亡,

道实情的常发言。

29恶人虚张声势,

正直人谨慎行事。

30任何智慧、悟性和谋略,

都不能对抗耶和华。

31马为争战之日预备,

胜败由耶和华决定。

O Livro

Provérbios 21:1-31

1Assim como a água pode ser canalizada para onde for preciso,

assim o Senhor pode dirigir, segundo a sua vontade, os pensamentos de quem governa.

2O que uma pessoa faz parece-lhe bem feito,

mas só o Senhor sabe avaliar corretamente as intenções.

3O Senhor tem ainda mais alegria, quando se pratica a justiça e se julga com retidão,

do que quando lhe fazemos ofertas.

4O orgulho, a altivez para com os outros,

é o sinal claro do pecado dos ímpios.

5O trabalho refletido de uma pessoa diligente leva certamente à prosperidade,

mas a impaciência e a precipitação vêm a dar unicamente na pobreza.

6Dinheiro obtido por meio da mentira, torna-se prosperidade ilusória,

que arrasta para a morte.

7A violência dos homens perversos leva-os à ruína,

porque recusam comportar-se com retidão.

8O homem revela-se pelos seus atos e os do mau são tortuosos;

mas aquele que é honesto tem uma conduta reta.

9Vale mais morar num canto dum sótão

do que com uma mulher conflituosa numa bela casa.

10A alma do pecador anseia por praticar o mal,

até mesmo para com o seu amigo.

11Uma pessoa inteligente aprende quando é instruída;

o simples só aprende quando vê o escarnecedor castigado.

12Deus, o Justo, atenta para o que se passa na casa dos perversos,

e atira com eles para a desgraça.

13Os que fecham os ouvidos aos apelos dos pobres

também virão a ser esquecidos, quando chegar a hora de gritarem por auxílio.

14Um presente dado discretamente é capaz de sanar uma zanga,

de acalmar uma indignação violenta.

15Para o justo, é uma alegria quando se faz justiça,

mas para os que praticam a iniquidade isso é um espanto.

16Quem se afasta do caminho do bom senso

acabará por ir descansar na companhia dos mortos.

17Os que amam os prazeres caem na pobreza;

os escravos das bebidas alcoólicas e do luxo

nunca virão a saber o que é a verdadeira prosperidade.

18O perverso será castigado no lugar do justo

e o traidor no lugar do fiel.

19Vale mais viver num deserto

do que com uma mulher rixosa e irascível.

20Na casa duma pessoa de bom senso há bem-estar e poupanças;

o insensato dá cabo de tudo quanto ganha.

21Quem segue a justiça e a bondade

terá vida, honra e também justiça.

22A sabedoria do sábio dá-lhe força,

para tomar até uma cidade fortificada e anular a força dos que a defendem.

23Aquele que sabe guardar a sua boca, e controlar o que diz,

protege a sua alma de muitos aborrecimentos.

24Os soberbos são, em geral, pessoas zombadoras e presumidas;

no fundo, é uma questão de orgulho.

25Os desejos do preguiçoso acabam por matá-lo,

porque as suas mãos recusam-se a trabalhar.

26Ele passa o tempo a cobiçar mais e mais;

o justo é diferente, pois gosta de dar com generosidade.

27Deus recusa sacrifícios dos pecadores;

muito mais se esses sacrifícios são feitos com intenções desonestas.

28Uma falsa testemunha morrerá;

aquele que escutar e obedecer à verdade poderá falar para sempre.

29Uma pessoa malvada age de forma orgulhosa e confiante;

os retos sabem considerar corretamente as situações.

30Não há sabedoria, nem inteligência, nem reflexão, por mais profundas,

que possam opor-se ao Senhor.

31Os homens podem preparar os seus cavalos para o dia da batalha,

mas o certo é que só o Senhor dá a vitória.