Provérbios 17:5-14

Desprezar os pobres é insultar Deus, que criou todos os homens. Não ficará sem castigo aquele que se alegra com a desgraça alheia.

Para uma pessoa, os seus netos são como que a sua coroa de glória, tal como para um filho o é também seu pai.

Normalmente, não se espera ouvir coisas sensatas da boca dum louco, assim como dum governante não contamos que falte à verdade.

Muitas vezes os presentes funcionam, no fundo, como a chave mágica de muitas situações, servindo de muito para quem os utiliza!

A amizade faz esquecer muita coisa mal feita. Mas os que andam sempre a discutir são capazes de separar os melhores amigos.

A repreeensão dada a uma pessoa sensata atinge muito mais eficazmente os seus objectivos do que cem açoites aplicados a um insensato.

Os perversos vivem só para fazer o mal, por isso não deixarão de ter alguém que os castigue severamente.

Será menos perigoso ter um encontro com uma ursa enfurecida por lhe terem roubado os filhotes, do que com um doido num acesso de fúria.

Para quem paga o bem com o mal haverá sempre maldição na sua casa.

É difícil parar uma disputa depois de começada; por isso o melhor é evitá-la antes de se ficar envolvido nela.

Read More of Provérbios 17