Miquéias 5

A promessa de um governador

Reúnam-se! O inimigo está pondo cerco a Jerusalém! Ferirão o rosto do juiz de Israel com uma vara.

E tu, Belém Efrata, embora sejas apenas uma pequena aldeia de Judá, ainda assim serás o local de nascimento do governador do meu povo Israel, que vive desde a eternidade! Deus abandonará o seu povo aos inimigos até ao tempo em que a mulher que está de parto tiver dado à luz. Então por fim os que ainda ficaram no exílio virão juntar-se aos seus irmãos em Israel, a sua própria terra.

O Senhor alimentará com toda a regularidade o seu povo na força divina, na majestade no nome do Senhor Deus. O seu povo não será perturbado; será antes grandemente honrado em todo o mundo. Será a nossa paz.

Libertação e destruição

Quando os assírios tentarem invadir-nos a terra e ocupar as nossas montanhas, ele designará sete pastores para vigiarem pela nossa segurança, com mais oito governadores. Estes acabarão por dominar a Assíria, com espadas desembainhadas, e entrarão pelas portas da terra de Nimrode. Assim seremos libertos dos assírios invasores.

O resto de Israel será para o mundo como um orvalho refrescante, como uma chuva bem-vinda em tempo de seca; dependerão de Deus, não do homem, e farão bem a muitas nações. Israel estará entre as nações, no meio de muitos povos, como um leão na selva, como um leão vigoroso entre rebanhos — quando passar por eles despedaçá-los-á. Vencerá os seus inimigos, aniquilando-os todos.

Nesse mesmo tempo, diz o Senhor, destruirei todo o armamento que houver no meio de ti, derrubarei as muralhas e as defesas das vossas cidades. Porei um fim a tudo o que for feitiçaria — não haverá mais horoscópios, nem bruxas — ao mesmo tempo destruirei todos os teus ídolos. Nunca mais haverão de prestar culto àquilo que fabricaram com as suas mãos; liquidarei os altares pagãos que se vêem por aí, destruirei as povoações onde se erguem templos de idolatria.

Recompensarei severamente todos os povos que recusarem obedecer-me.

Read More of Miquéias 5

Miquéias 6

A causa do Senhor contra Israel

Ouçam o que diz o Senhor ao seu povo: Levantem-se e defendam a vossa situação perante mim. Que sejam chamadas por testemunhas as montanhas e os outeiros.

Agora, ó montanhas, escutem a acusação do Senhor! Porque tem acusações a fazer contra o seu povo Israel! Irá até ao fim com esse processo acusatório. Ó meu povo, que foi que eu fiz para me voltares as costas? Diz-me por que razão se esgotou a tua paciência? Responde-me! Trouxe-te do Egipto, rompi as cadeias de escravidão que te prendiam. Dei-te Moisés, Arão, Miriam que te ajudaram.

Não te lembras, ó meu povo, como o rei de Moabe tentou destruir-te, através da maldição de Balaão, o filho de Beor, e que eu transformei em bênção? Mostrei-te bondade continuamente. Não te recordas da travessia do Jordão entre Sitim e Gilgal, como te abençoei ali?”

“Mas como é que havemos de te mostrar reconhecimento pelo que fizeste?”, perguntam vocês. “Teremos que nos vir inclinar perante o Senhor, com ofertas de bezerros de um ano?”

Não, não é isso! Ainda que viessem com ofertas de milhares de animais e com dezenas de milhares de litros de azeite, isso não o satisfaria. Se lhe sacrificassem os vossos filhos primogénitos, recusá-lo-ia em absoluto!

O Senhor já te declarou, ó homem, o que é o bem. O que o Senhor pretende de ti é que pratiques a justiça, ames a misericórdia, e andes com humildade perante ele.

A culpa e o castigo de Israel

É sábio escutar o Senhor com temor. Ele clama para a cidade: Ouve, ó povo que te congregas em Jerusalém. Estão a chegar exércitos destruidores; é o Senhor quem os manda.

Porque os vossos pecados são muito grandes — será que não tem um termo o enriquecerem por meio da fraude? As casas dos ímpios estão cheias de balanças e de pesos falseados. Poderia eu dizer “Está bem” a todos os vossos comerciantes que têm pesos falsos e enganosos. Como havia Deus de ser justo, e dizer uma coisa dessas? Os vossos homens ricos estão cheios de prosperidade adquirida pela violência e usurpação. O povo está já tão viciado na mentira que nem sabe falar doutra maneira!

É por isso tudo que comecei a ferir-vos, a assolar-vos por causa dos vossos pecados. Comerão mas nunca se fartarão; a fome e a miséria permanecerão. Ainda que tentem esforçadamente poupar dinheiro, sempre será insuficiente; o pouco que conseguirem economizar, será dado aos que vos dominam. Plantarão sementeiras que nunca mais ceifarão; pisarão azeitonas para obter azeite, mas nunca conseguirão nenhum para vocês mesmos; pisarão uvas e nunca terão vinho.

As únicas ordens a que obedecem são as de Omri; o único exemplo que seguem é o de Acabe. Por isso farei de vocês um terrível exemplo para o mundo inteiro — destruir-vos-ei. Serão alvo de troça de toda a gente. Quando falarem de vocês será com ar de despreso, de riso.

Read More of Miquéias 6

Miquéias 7

A miséria de Israel

Ai de mim! É tão difícil encontrar uma pessoa justa como achar cachos de uvas e figos depois dos tempos da ceifa: Nem um bago se encontra, nem um só figo. Contudo, como desejo comê-lo! Desaparecem os rectos; nem uma só pessoa honesta! São todos assasinos, falsos para com os seus próprios irmãos.

Lançam-se com ambas as mãos sobre os piores actos, e com que habilidade! Tanto o governante como o juiz, ambos se vendem por suborno. O rico paga-lhe e diz-lhe quem pretende arruinar. E entre eles se arranjam para torcer a justiça. O melhor de entre eles é como um espinheiro; o mais recto deles tem um comportamento absolutamente distorcido. Mas vem chegando o vosso julgamento; o tempo do vosso castigo está mesmo aí; confusão, destruição, terror será o vosso quinhão.

Não confiem em ninguém, nem no vosso melhor amigo — nem mesmo na vossa mulher! O filho despreza o pai; a filha, a mãe; a nora maldiz a sogra. Sim, os inimigos dos homens encontrar-se-ão no seu próprio lar. Quanto a mim esperarei pelo socorro do Senhor; esperarei que Deus me salve. Ele me ouvirá.

Israel será restaurado

Não se alegrem por causa do que me sucede, ó meus inimigos. Aconteça o que me acontecer, levantar-me-ei! Se for envolvido pelas trevas o Senhor será a minha luz. Serei paciente se o Senhor me castigar, porque pequei contra ele. Mas ele julgará a minha causa e recompensará os meus adversários pelo mal que me têm feito. Deus me tirará das trevas para a luz e verei a sua misericórdia. O meu inimigo verá que Deus é a meu favor e acabará por ter vergonha do mal todo que me fez. “Onde está o teu Deus?”, perguntavam eles; e agora vejo-os pisados nas ruas como lama.

As tuas cidades, ó povo de Deus, serão reconstruídas; serão muito maiores e mais prósperas do que o eram antes. Cidadãos de muitas terras diferentes virão prestar-te honra — da Assíria até ao Egipto ao Eufrates, dum oceano ao outro, desde as cordinheiras mais longínquas até às montanhas opostas.

Contudo, antes disso, Israel será destruída por causa da grande maldade do seu povo.

Oração e louvor

Ó Senhor, vem conduzir o teu povo, apascentar o teu rebanho; fá-los viver em paz e prosperidade; que possam desfrutar de férteis pastagens em Basã e em Gileade, tal como no passado.

“Sim”, responde o Senhor, “farei poderosos milagres no meio de ti, semelhantes aos que fiz quando te tirei da escravidão do Egipto. Todo o mundo ficará espantado perante aquilo que farei por vocês e ficará envergonhado pelo seu pouco poder. Toda a gente ficará muda de espanto; os seus ouvidos não perceberão outra coisa, senão só isso!” Constatarão como são iguais às serpentes, lambendo o pó; como vermes rastejando para dentro de buracos, donde sairão tremendo, para ir ao encontro do Senhor. Temê-lo-ão e ficarão espantados.

Onde haverá outro deus semelhante a ti, que perdoa os pecados dos sobreviventes do teu povo? Tu não serás capaz de continuar voltado contra o teu povo, porque amas a misericórdia. Mais uma vez terás compaixão de nós. Esmagarás os nossos pecados debaixo dos pés, lançá-los-ás para o fundo dos oceanos! Abençoar-nos-ás tal como prometeste a Jacob há muito tempo atrás. Derramarás o teu amor sobre nós, como prometeste ao nosso pai Abraão!

Read More of Miquéias 7