Marcos 12:28-44

O maior mandamento

Um dos mestres religiosos que ouviam a discussão compreendeu que Jesus tinha respondido bem e perguntou­lhe: “De todos os mandamentos, qual é o mais importante?”

Jesus respondeu: “Aquele que diz: ‘Ouve, ó Israel. O Senhor teu Deus é o único Deus. Não há outro! Ama­o de todo o teu coração, com toda a tua alma, com toda a tua mente com todas as tuas forças!’ O segundo é: ‘Ama os outros, como a ti mesmo.’ Não há mandamentos maiores do que estes.”

O mestre religioso respondeu: “Falaste com verdade, Senhor, ao dizeres que só há um Deus e não existe outro. E eu sei que amá­lo de todo o meu coração, entendimento e forças, e amar os outros como a mim mesmo é muito mais importante do que oferecer toda a espécie de sacrifícios no altar do templo.”

Apercebendo­se da compreensão daquele homem, Jesus disse­lhe: “Não andas longe do reino de Deus”. E depois daquilo, mais ninguém teve coragem para lhe perguntar qualquer coisa.

O Messias é filho de quem?

Mais tarde, quando ensinava ao povo no recinto do templo, fez esta pergunta: “Porque afirmam os mestres da lei que o Messias é descendente do rei David? Pois o próprio David, inspirado pelo Espírito Santo que falava através dele, disse:

    ‘Disse Deus ao meu Senhor:
    Senta­te à minha direita
        até que faça dos teus inimigos o estrado dos teus pés.’

Se David lhe chamou Senhor, como pode ser filho dele?” Este género de raciocínio agradou à multidão, que o ouvia com grande interesse.

E outras coisas lhes ensinou nessa ocasião: “Cuidado com os mestres religiosos, porque gostam de se vestir como os ricos e sábios e de ver toda a gente inclinar­se na sua frente quando andam pelas praças públicas, e de se sentar nos melhores lugares das sinagogas e nos lugares de honra dos banquetes; enquanto, sem vergonha, enganam as viúvas e lhes tiram as casas, e, para que não se descubra que espécie de homens realmente são, fingem­se piedosos, fazendo longas orações em público. Por causa disto, o seu castigo será ainda maior.”

A oferta da viúva

Depois, passou para onde estavam os cofres com ofertas para o templo e sentou­se ali, observando como o povo dava o dinheiro. Alguns, que eram ricos, punham grandes quantias. Mas veio uma viúva pobre e deixou ficar duas pequenas moedas. Chamando os discípulos, disse: “Aquela pobre viúva foi quem deu mais! Eles ofereceram um pouco da sua abundância. Mas ela deu o seu último dinheiro.”

Read More of Marcos 12