1 Coríntios 1:18-31

Cristo, a sabedoria e o poder de Deus

Eu sei bem como parece uma loucura, para os que estão perdidos, dizer que Jesus morreu na cruz para os salvar. Mas, para nós que estamos salvos, isso é a expressão do poder de Deus. Porque está escrito:

“Destruirei a sabedoria dos sábios,
aniquilarei a inteligência dos inteligentes”.

Então, e quanto a esses sábios, esses eruditos, esses comentadores das grandes questões mundiais? Deus tornou a sua sabedoria em insensatez. Porque Deus, na sua sabedoria, determinou que o homem não o encontraria através da sua inteligência; por isso se manifestou para salvar todos os que crêem na sua mensagem, essa mesma que o mundo acha absurda. Para os judeus ela parece absurda porque pedem, por prova, um sinal dos céus; e para os gentios também porque apenas aceitam o que está de acordo com a sua filosofia. É assim que quando pregamos sobre Cristo ter sido crucificado, os judeus escandalizam­se e os gentios dizem que é loucura.

Mas para os que foram chamados para a salvação, tanto judeus como não­judeus, Cristo é a força poderosa de Deus e a sabedoria de Deus. O plano de Deus, considerado absurdo, é afinal bem mais inteligente do que o mais sábio dos planos construídos pelos homens. E Deus, naquilo que os homens podem considerar como uma fraqueza, é bem mais forte do que qualquer força humana.

Reparem, irmãos, que mesmo no vosso meio, entre os que seguem Cristo, são poucos os que pertencem a altos estratos sociais, ou têm poder ou riquezas. Pelo contrário, Deus escolheu de propósito as coisas que a sociedade considera absurdas para envergonhar aqueles que pensam ser sábios. E ele escolheu as pessoas fracas para envergonhar as que têm poder. Deus escolheu coisas que, no mundo, são insignificantes, que não valem nada, e usou­as para aniquilar o que o mundo considera importante, para que ninguém se orgulhe seja do que for na presença de Deus.

É por ele que vocês estão em Jesus Cristo. Ele tornou­se a sabedoria de Deus, para nosso benefício. Foi ele quem cumpriu para nós a justiça de Deus; tornou­nos santos e deu­se a si próprio para nossa salvação. Tal como se diz nas Escrituras: “Quem se quiser gloriar que se glorie no que o Senhor tem feito”.

Read More of 1 Coríntios 1

1 Coríntios 2:1-5

Caros irmãos, quando estive convosco, não empreguei palavras caras nem ideias fascinantes para vos transmitir a mensagem de Deus. Decidi que havia de falar apenas de Jesus Cristo e da sua morte na cruz. Aliás apresentei­me junto de vocês consciente da minha fraqueza; eu vinha cauteloso e com receio. A minha pregação foi muito simples, nada de retórica nem de sabedoria humana, mas o poder do Espírito Santo actuava, provando que essa mensagem era de Deus, para que a vossa fé se apoiasse no poder de Deus, e não no brilho de ideias meramente humanas.

Read More of 1 Coríntios 2