1 Crônicas 15

A arca retorna a Jerusalém

David fez para si vários palácios em Jerusalém. Construiu também um novo tabernáculo para que nele estivesse a arca de Deus. Para tal deu as seguintes instruções: “Ninguém mais, além dos levitas, poderá transportá-la; é a eles que compete esse serviço para sempre.”

Então David convocou todo o povo de Israel para Jerusalém, a fim de celebrarem o transporte da arca para o novo tabernáculo. Foram estes os sacerdotes e os levitas que estiveram presente:

do clã do Coate estiveram 120; Uriel era o seu chefe.

do clã de Merari, 220; Asaias era o chefe.

do clã de Gerson, 130; Joel era o chefe.

do sub-clã de Elizafá, 200; Semaías era o chefe.

do sub-clã de Hebrom, 80; Eliel era o chefe.

do sub-clã de Uziel, 112; Aminadabe era o chefe.

David mandou chamar Zadoque e Abiatar, os sumo sacerdotes, assim como os chefes dos levitas: Uriel, Asaías, Joel, Semaías, Eliel e Aminadabe. “Vocês são os chefes dos clãs dos levitas,” disse-lhes. “Portanto santifiquem-se, a si próprios e aos vossos irmãos, de forma que possam trazer a arca de Jeová, o Deus de Israel, ao lugar que lhe preparei. O Senhor destruiu-nos, da outra vez, porque não respeitámos os preceitos divinos: era a vocês que competia levarem a arca.” Então os sacerdotes e os levitas executaram as cerimónias rituais de santificação, como preparação para o transporte da arca de Jeová, o Deus de Israel. Os levitas, depois, carregaram-na eles próprios, aos ombros, sobre as varas apropriadas, tal como o Senhor ordenara a Moisés.

David também tinha mandado aos levitas que organizassem os coros de cantores, e eles assim fizeram, acompanhando-se com a música forte e alegre dos instrumentos, tais como alaúdes, harpas e címbalos. Hemã (filho de Joel), Asafe (filho de Berequias) e Etã (filho de Cuasaías), do clã de Merari, eram os responsáveis pela parte musical. Os seguintes homens foram escolhidos como seus assistentes: Zacarias, Aziel, Semiramote, Jeiel, Uni, Eliabe, Benaia, Maaséia, Matitias, Elifeleu, Micnéias, Obede-Edom e Jeiel; estes eram também porteiros.

Hemã, Asafe e Etã foram escolhidos para tocarem os címbalos de cobre; e Zacarias, Aziel, Semiramote, Jeiel, Uni, Eliabe, Maaséia e Benaia formavam um octeto acompanhado de harpas. Matitias, Elifeleu, Micnéias, Obede-Edom, Jeiel e Azarias eram harpistas. O chefe dos cantores era Quenanias, líder dos levitas, o qual foi seleccionado pelas suas qualidades. Berequias e Elcana eram guardas da arca. Sebanias, Josafate, Netanel, Amasai, Zacarias, Benaia e Eliezer — todos eles sacerdotes — formavam um conjunto de trombetas que ia à frente do cortejo. Obede Edom e Jeías guardavam a arca.

David mais os anciãos de Israel, acompanhados dos generais do exército, foram com grande alegria até à casa de Obede-Edom, para trazerem a arca para Jerusalém. E porque Deus não destruiu os levitas que transportavam a arca, sacrificaram sete novilhos e sete carneiros. David mais os levitas que transportavam a arca, os cantores e Quenanias, o chefe dos cantores, estavam vestidos de roupa de linho; David trazia também um éfode de linho. Foi dessa maneira que os líderes de Israel transportaram a arca, com brados de alegria, som de buzinas e trombetas, mais os címbalos e o acompanhamento das harpas e alaúdes.

Quando a arca chegou a Jerusalém, Mical, a mulher de David, filha do rei Saul, sentiu desprezo por David, ao vê-lo, da janela onde se encontrava, a dançar e a tocar.

Read More of 1 Crônicas 15

1 Crônicas 16:1-36

Puseram pois a arca de Deus no tabernáculo que David tinha preparado para ela, e os líderes de Israel sacrificaram holocaustos queimados e ofertas de paz perante Deus. No final destas ofertas David abençoou o povo no nome do Senhor; seguidamente ofereceu a cada israelita, tanto homens como mulheres, um pão, algum vinho e um bolo de uvas.

Designou certos levitas para estarem ao serviço perante a arca, dando constantes louvores e graças ao Senhor Deus de Israel, e pedindo as suas bênçãos sobre o povo. São estes os nomes dos que foram nomeados para tal: Asafe, o chefe do grupo, que tocava os címbalos. Os seus companheiros e equipa eram Zacarias, Jeiel, Semiramote, Jeiel, Matitias, Eliabe, Benaia, Obede-Edom, e Jeiel, que tocavam alaúdes e harpas. Os sacerdotes Benaia e Jaaziel eram responsáveis por tocar regularmente as trombetas, junto da arca.

Foi nesse tempo que David introduziu o hábito de empregar coros no tabernáculo para cantarem louvores de gratidão ao Senhor. Asafe foi o director deste grupo coral de sacerdotes.

David compôs um salmo para a ocasião, e cantaram desta maneira:

Salmo de David

“Louvem o Senhor e invoquem o seu nome.
Contem aos povos os seus feitos.
Cantem-lhe, cantem-lhe estes louvores,
    e digam todas as suas maravilhas.
Dêem glória ao seu santo nome.
Que todos rejubilem, aqueles que buscam o Senhor.
Procurem o Senhor, procurem a sua força,
    e a sua face continuamente.
Voçês, seus servos, descendentes de Israel,
voçês, descendentes de Jacob, seus eleitos,
    lembrem-se dos seus poderosos milagres,
    dos seus maravilhosos feitos,
    dos juízos da sua palavra.
Ele é o Senhor nosso Deus!
A sua autoridade é reconhecida em toda a Terra.
Lembrem-se para sempre da sua aliança,
    das palavras dos seus mandamentos,
    dirigidos a milhares de gerações,
o seu acordo feito com Abraão,
    o seu juramento feito a Isaque,
    que foi confirmado a Jacob.
Prometeu a Israel, como promessa eterna:
    ‘Dar-te-ei a terra de Canaã por posse.’
Quando Israel era em pequeno número — uns quantos apenas —
    e uns simples estrangeiros na terra prometida;
quando andavam de nação em nação,
    de um reino para outro —
Deus nem por isso permitiu que alguém lhes fizesse mal.
Os reis eram repreendidos, por amor deles.
‘Não façam mal algum ao meu povo escolhido’, declarou o Senhor.
‘Nos meus profetas — não lhes toquem!’
Por isso cantem ao Senhor em toda a Terra.
Declarem em cada dia que é ele quem salva!
Dêem a conhecer a sua glória às nações!
Narrem a toda a gente os seus milagres.
O Senhor é grande e deveria ser altamente louvado.
Ele deve ser erguido acima de tudo a que se chama deuses.
Esses pretensos deuses são apenas ídolos.
Mas o Senhor, esse é o criador dos céus.
A majestade e a honra são seus atributos;
poder e alegria sempre o acompanham.
Ó povos de todas a nações,
    reconheçam a sua grande força e glória!
Sim, dêem a glória que é devida ao seu nome!
Tragam ofertas e venham à sua presença;
adorem o Senhor, revestido de santidade!
Que a Terra inteira trema na sua presença!
O mundo permanece inabalável.
Que os céus se alegrem, que a Terra rejubile;
Que todas as nações digam: ‘O Senhor reina’.
Que os vastos mares exultem,
    que o campo e tudo o que ele contém se alegre!
Que as árvores dos bosques cantem de alegria perante o Senhor,
    porque ele virá para julgar a Terra.
Dêem graças ao Senhor, porque ele é bom;
o seu amor permanece para sempre.
Clamem a ele: ‘Salva-nos, Deus da nossa salvação;
torna a trazer-nos em segurança à nossa terra, de entre as nações.
Então louvaremos o teu santo nome,
    e triunfaremos, louvando-te.’
Louvado seja Jeová, o Deus de Israel,
    para sempre; por toda a eternidade.”
E todo o povo gritou “Amém!”, louvando o Senhor.

Read More of 1 Crônicas 16