Salmos 45:1-9

Salmo 45

Para o mestre de música. De acordo com a melodia Os Lírios. Dos coraítas. Poema. Cântico de casamento.

Com o coração vibrando de boas palavras
    recito os meus versos em honra ao rei;
seja a minha língua
    como a pena de um hábil escritor.

És dos homens o mais notável;
derramou-se graça em teus lábios,
visto que Deus te abençoou para sempre.
Prende a espada à cintura, ó poderoso!
Cobre-te de esplendor e majestade.
Na tua majestade cavalga vitoriosamente
    pela verdade, pela misericórdia e pela justiça;
que a tua mão direita realize feitos gloriosos.
Tuas flechas afiadas atingem
    o coração dos inimigos do rei;
debaixo dos teus pés caem nações.
O teu trono, ó Deus,
    subsiste para todo o sempre;
cetro de justiça é o cetro do teu reino.
Amas a justiça e odeias a iniqüidade;
por isso Deus, o teu Deus,
    escolheu-te dentre os teus companheiros
    ungindo-te com óleo de alegria.
Todas as tuas vestes exalam
    aroma de mirra, aloés e cássia;
nos palácios adornados de marfim ressoam
    os instrumentos de corda que te alegram.
Filhas de reis
    estão entre as mulheres da tua corte;
à tua direita está a noiva real
    enfeitada de ouro puro de Ofir.

Read More of Salmos 45