Salmos 119:113-120

Sâmeq

Odeio os que são inconstantes,
mas amo a tua lei.
Tu és o meu abrigo e o meu escudo;
e na tua palavra coloquei minha esperança.
Afastem-se de mim os que praticam o mal!
Quero obedecer
    aos mandamentos do meu Deus!
Sustenta-me, segundo a tua promessa,
    e eu viverei;
não permitas que se frustrem
    as minhas esperanças.
Ampara-me, e estarei seguro;
sempre estarei atento aos teus decretos.
Tu rejeitas todos os que se desviam
    dos teus decretos,
pois os seus planos enganosos são inúteis.
Tu destróis[a] como refugo
    todos os ímpios da terra;
por isso amo os teus testemunhos.
O meu corpo estremece diante de ti;
as tuas ordenanças enchem-me de temor.


Footnotes
  1. 119.119 Alguns manuscritos do Texto Massorético, a Septuaginta e outras versões gregas dizem consideras.

Read More of Salmos 119