Provérbios 30:11-23

“Existem os que amaldiçoam seu pai
    e não abençoam sua mãe;
os que são puros aos seus próprios olhos
    e que ainda não foram
    purificados da sua impureza;
os que têm olhos altivos
    e olhar desdenhoso;
pessoas cujos dentes são espadas
    e cujas mandíbulas
    estão armadas de facas
    para devorarem os necessitados desta terra
    e os pobres da humanidade.

“Duas filhas tem a sanguessuga.
    ‘Dê! Dê!’, gritam elas.

“Há três coisas que nunca estão satisfeitas,
quatro que nunca dizem: ‘É o bastante!’:
o Sheol, o ventre estéril,
    a terra, cuja sede nunca se aplaca,
    e o fogo, que nunca diz: ‘É o bastante!’

“Os olhos de quem zomba do pai,
    e, zombando, nega obediência à mãe,
serão arrancados pelos corvos do vale,
    e serão devorados
    pelos filhotes do abutre.

“Há três coisas
    misteriosas demais para mim,
quatro que não consigo entender:
o caminho do abutre no céu,
    o caminho da serpente sobre a rocha,
    o caminho do navio em alto mar,
    e o caminho do homem com uma moça.

“Este é o caminho da adúltera:
ela come e limpa a boca, e diz:
    ‘Não fiz nada de errado’.

“Três coisas fazem tremer a terra,
e quatro ela não pode suportar:
o escravo que se torna rei,
    o insensato farto de comida,
a mulher desprezada
    que por fim se casa,
    e a escrava que toma o lugar
    de sua senhora.

Read More of Provérbios 30