Gênesis 2:18-25

Então o Senhor Deus declarou: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda”. Depois que formou da terra todos os animais do campo e todas as aves do céu, o Senhor Deus os trouxe ao homem para ver como este lhes chamaria; e o nome que o homem desse a cada ser vivo, esse seria o seu nome. Assim o homem deu nomes a todos os rebanhos domésticos, às aves do céu e a todos os animais selvagens. Todavia não se encontrou para o homem[a] alguém que o auxiliasse e lhe correspondesse.

Então o Senhor Deus fez o homem cair em profundo sono e, enquanto este dormia, tirou-lhe uma das costelas[b], fechando o lugar com carne. Com a costela que havia tirado do homem, o Senhor Deus fez uma mulher e a levou até ele. Disse então o homem:

“Esta, sim, é osso dos meus ossos
    e carne da minha carne!
Ela será chamada mulher,
    porque do homem[c] foi tirada”.

Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne.

O homem e sua mulher viviam nus, e não sentiam vergonha.


Footnotes
  1. 2.20 Ou Adão
  2. 2.21 Ou parte de um dos lados do homem; também no versículo 22.
  3. 2.23 Os termos homem (ish) e mulher (ishah) formam um jogo de palavras no hebraico.

Read More of Gênesis 2

Gênesis 3

O Relato da Queda

Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais selvagens que o Senhor Deus tinha feito. E ela perguntou à mulher: “Foi isto mesmo que Deus disse: ‘Não comam de nenhum fruto das árvores do jardim’?”

Respondeu a mulher à serpente: “Podemos comer do fruto das árvores do jardim, mas Deus disse: ‘Não comam do fruto da árvore que está no meio do jardim, nem toquem nele; do contrário vocês morrerão’ ”.

Disse a serpente à mulher: “Certamente não morrerão! Deus sabe que, no dia em que dele comerem, seus olhos se abrirão, e vocês, como Deus[a], serão conhecedores do bem e do mal”.

Quando a mulher viu que a árvore parecia agradável ao paladar, era atraente aos olhos e, além disso, desejável para dela se obter discernimento, tomou do seu fruto, comeu-o e o deu a seu marido, que comeu[b] também. Os olhos dos dois se abriram, e perceberam que estavam nus; então juntaram folhas de figueira para cobrir-se.

Ouvindo o homem e sua mulher os passos[c] do Senhor Deus que andava pelo jardim quando soprava a brisa do dia, esconderam-se da presença do Senhor Deus entre as árvores do jardim. Mas o Senhor Deus chamou o homem, perguntando: “Onde está você?”

E ele respondeu: “Ouvi teus passos no jardim e fiquei com medo, porque estava nu; por isso me escondi”.

E Deus perguntou: “Quem lhe disse que você estava nu? Você comeu do fruto da árvore da qual lhe proibi comer?”

Disse o homem: “Foi a mulher que me deste por companheira que me deu do fruto da árvore, e eu comi”.

O Senhor Deus perguntou então à mulher: “Que foi que você fez?”

Respondeu a mulher: “A serpente me enganou, e eu comi”.

Então o Senhor Deus declarou à serpente:

“Uma vez que você fez isso,
    maldita é você
    entre todos os rebanhos domésticos
    e entre todos os animais selvagens!
Sobre o seu ventre você rastejará,
    e pó comerá todos os dias da sua vida.
Porei inimizade
    entre você e a mulher,
entre a sua descendência
    e o descendente[d] dela;
este lhe ferirá a cabeça,
    e você lhe ferirá o calcanhar”.

À mulher, ele declarou:

“Multiplicarei grandemente
    o seu sofrimento na gravidez;
com sofrimento você dará à luz filhos.
    Seu desejo será para o seu marido,
e ele[e] a dominará”.

E ao homem declarou:

“Visto que você deu ouvidos à sua mulher
    e comeu do fruto da árvore
    da qual eu lhe ordenara
    que não comesse,
maldita é a terra por sua causa;
    com sofrimento você
    se alimentará dela
    todos os dias da sua vida.
Ela lhe dará espinhos e ervas daninhas,
e você terá que alimentar-se
    das plantas do campo.
Com o suor do seu rosto
    você comerá o seu pão,
até que volte à terra,
    visto que dela foi tirado;
porque você é pó,
    e ao pó voltará”.

Adão deu à sua mulher o nome de Eva, pois ela seria mãe de toda a humanidade. O Senhor Deus fez roupas de pele e com elas vestiu Adão e sua mulher.

Então disse o Senhor Deus: “Agora o homem se tornou como um de nós, conhecendo o bem e o mal. Não se deve, pois, permitir que ele tome também do fruto da árvore da vida e o coma, e viva para sempre”. Por isso o Senhor Deus o mandou embora do jardim do Éden para cultivar o solo do qual fora tirado. Depois de expulsar o homem, colocou a leste do jardim do Éden querubins e uma espada flamejante que se movia, guardando o caminho para a árvore da vida.


Footnotes
  1. 3.5 Ou deuses
  2. 3.6 Ou comeu e estava com ela
  3. 3.8 Ou a voz; também no versículo 10.
  4. 3.15 Ou a descendência. Hebraico: semente.
  5. 3.16 Ou será contra o seu marido, mas ele; ou ainda a impelirá ao seu marido, e ele

Read More of Gênesis 3

Gênesis 4:1-16

Caim Mata Abel

Adão teve relações com Eva, sua mulher, e ela engravidou e deu à luz Caim. Disse ela: “Com o auxílio do Senhor tive um filho homem”. Voltou a dar à luz, desta vez a Abel, irmão dele.

Abel tornou-se pastor de ovelhas, e Caim, agricultor. Passado algum tempo, Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao Senhor. Abel, por sua vez, trouxe as partes gordas das primeiras crias do seu rebanho. O Senhor aceitou com agrado Abel e sua oferta, mas não aceitou Caim e sua oferta. Por isso Caim se enfureceu e o seu rosto se transtornou.

O Senhor disse a Caim: “Por que você está furioso? Por que se transtornou o seu rosto? Se você fizer o bem, não será aceito? Mas se não o fizer, saiba que o pecado o ameaça à porta; ele deseja conquistá-lo, mas você deve dominá-lo”.

Disse, porém, Caim a seu irmão Abel: “Vamos para o campo”.[a] Quando estavam lá, Caim atacou seu irmão Abel e o matou.

Então o Senhor perguntou a Caim: “Onde está seu irmão Abel?”

Respondeu ele: “Não sei; sou eu o responsável por meu irmão?”

Disse o Senhor: “O que foi que você fez? Escute! Da terra o sangue do seu irmão está clamando. Agora amaldiçoado é você pela terra[b], que abriu a boca para receber da sua mão o sangue do seu irmão. Quando você cultivar a terra, esta não lhe dará mais da sua força. Você será um fugitivo errante pelo mundo”.

Disse Caim ao Senhor: “Meu castigo é maior do que posso suportar. Hoje me expulsas desta terra, e terei que me esconder da tua face; serei um fugitivo errante pelo mundo, e qualquer que me encontrar me matará”.

Mas o Senhor lhe respondeu: “Não será assim[c]; se alguém matar Caim, sofrerá sete vezes a vingança”. E o Senhor colocou em Caim um sinal, para que ninguém que viesse a encontrá-lo o matasse. Então Caim afastou-se da presença do Senhor e foi viver na terra de Node[d], a leste do Éden.


Footnotes
  1. 4.8 Conforme o Pentateuco Samaritano, a Septuaginta, a Vulgata e a Versão Siríaca. O Texto Massorético não traz “Vamos para o campo”.
  2. 4.11 Ou amaldiçoado é você e expulso da terra; ou ainda amaldiçoado é você mais do que a terra
  3. 4.15 Conforme a Septuaginta, a Vulgata e a Versão Siríaca.
  4. 4.16 Node significa peregrinação.

Read More of Gênesis 4