O Livro

Salmos 90

Quarto Livro (Salmos 90-106)

Oração de Moisés, o homem de Deus.

1Senhor, tu tens sido o nosso refúgio, através dos tempos.
Antes de formares as montanhas,
    antes mesmo de criares a Terra e todo o universo,
    sim desde toda a eternidade tu és Deus.

Tu falas e fazes voltar a criatura humana
    ao pó de onde veio.
Mil anos são para ti apenas como o dia de ontem que se foi,
    ou como uma simples hora que passa, durante a noite.
Nós passamos, no tempo, tão rapidamente
    como uma corrente de água.
A vida passa como o tempo do sono, quase sem darmos por isso.
Somos como a relva que, de manhã, é verde.
Depois, sendo cortada, fica murcha antes que caia a noite.

Se a tua severidade se acende contra nós,
    somos consumidos;
se cairmos na alçada da tua condenação,
    o teu castigo nos esmagará.
A nossa maldade está exposta diante de ti;
o nosso pecado, o mais oculto, tu o conheces.
Não é de admirar que os nossos dias se tornem longos e pesados
    sob a tua indignação.
Os nossos anos vão-se
    como se fosse um suspiro.
10 A duração da nossa vida é setenta anos;
e se alguns, pela sua robustez, chegam aos oitenta,
    o que ela lhes pode dar não é mais do que cansaço e aborrecimento.
O tempo passa de tal maneira que temos a sensação de voarmos.

11 Quem é capaz de avaliar a força da tua ira?
Quem é capaz de te temer realmente, como deveria?
12 Ensina-nos a contar os nossos dias
    de tal maneira que os nossos corações se encham de sabedoria.

13 Volta-te para nós, Senhor.
Até quando teremos que esperar?
Torna-te benigno para connosco, que te servimos.
14 Pela manhã, satisfaz-nos completamente com a tua bondade,
    e teremos alegria até ao fim da vida toda.
15 Dá-nos felicidade
    por tanto tempo quanto aquele em que fomos afligidos,
    e em que passámos por tempos muito difíceis.
16 Que possamos de novo ver maravilhas tuas
realizarem-se no nosso meio,
    e que os nossos filhos se familiarizem com a tua glória
    no meio do povo que te serve.

17 Que o favor do Senhor nosso Deus seja sobre nós.
Consolida tu próprio o trabalho que fazemos,
    sim, confirma aquilo que fazem as nossas mãos.

New International Reader's Version

Psalm 90

BOOK IV

Psalms 90–106

Psalm 90

A prayer of Moses, the man of God.

Lord, from the very beginning
    you have been like a home to us.
Before you created the whole world and the mountains were made,
    from the beginning to the end you are God.

You turn human beings back to dust.
    You say to them, “Return to dust.”
To you a thousand years
    are like a day that has just gone by.
    They are like a few hours of the night.
Yet you sweep people away, and they die.
    They are like new grass that grows in the morning.
In the morning it springs up new,
    but by evening it’s all dried up.

Your anger destroys us.
    Your burning anger terrifies us.
You have put our sins right in front of you.
    You have placed our secret sins where you can see them clearly.
You have been angry with us all of our days.
    We groan as we come to the end of our lives.
10 We live to be about 70.
    Or we may live to be 80, if we stay healthy.
But even our best days are filled with trouble and sorrow.
    The years quickly pass, and we are gone.

11 If only we knew the power of your anger!
    It’s as great as the respect we should have for you.
12 Teach us to realize how short our lives are.
    Then our hearts will become wise.

13 Lord, please stop punishing us!
    How long will you keep it up?
    Be kind to us.
14 Satisfy us with your faithful love every morning.
    Then we can sing for joy and be glad all our days.
15 Make us glad for as many days as you have made us suffer.
    Give us joy for as many years as we’ve had trouble.
16 Show us your mighty acts.
    Let our children see your glorious power.

17 May the Lord our God always be pleased with us.
    Lord, make what we do succeed.
    Please make what we do succeed.