O Livro

Salmos 25

Salmo de David.

1A ti, Senhor, se dirige a minha alma.
Meu Deus, eu confio em ti,
não me deixes ficar mal na frente dos meus inimigos;
não permitas que eles triunfem sobre mim.
Na realidade,
os que têm esperança em ti nunca ficarão envergonhados;
envergonhados ficarão, sim,
aqueles que defraudam traiçoeiramente os outros.

Ensina-me a andar nos teus caminhos, Senhor;
dá-me a conhecer a direção exata dos teus caminhos.
Guia-me na tua verdade e ensina-me,
pois és o Deus da minha salvação;
só tu és a minha esperança, Senhor.
Lembra-te da tua misericórdia,
da grande bondade que sempre tens demonstrado.
Não te lembres dos pecados da minha mocidade;
perdoa as minhas transgressões.
Olha para mim segundo a tua compaixão
e de acordo com o teu amor.

Bom e justo é o Senhor;
por isso ele ensinará o seu caminho aos pecadores.
Guiará na sua justiça os humildes
e lhes ensinará por onde devem seguir.
10 Os caminhos do Senhor são amor e verdade,
para os que guardarem a sua aliança e preceitos.
11 Por amor do teu nome, Senhor,
perdoa a minha iniquidade, que é grande!

12 Quem diz temer o Senhor, venha,
para que lhe ensine o melhor caminho da vida.
13 A sua alma gozará do bem
e os seus descendentes possuirão a terra.
14 Os que temem o Senhor
terão o privilégio de entrar na sua intimidade;
ele lhes dará a conhecer a sua aliança.
15 Os meus olhos estão continuamente postos no Senhor;
só ele pode livrar os meus pés das ciladas que me armam.

16 Olha para mim e tem piedade de mim,
porque me sinto só e acabrunhado.
17 As ânsias do meu coração têm-se multiplicado;
tira-me dos apertos em que me vejo.
18 Vê a minha aflição e a minha dor
e perdoa os meus pecados.
19 Olha quantos inimigos eu tenho;
como se vão multiplicando e me odeiam cruelmente.

20 Guarda a minha alma e livra-me deles;
não me deixes ficar mal, porque em ti me refugio.
21 Que a sinceridade e a retidão me guardem na vida;
tu és a minha esperança.

22 Livra Israel, ó Deus, de todas as suas aflições!

Священное Писание (Восточный Перевод)

Забур 25

1Вечный, оправдай меня,
    ведь я жил непорочной жизнью.
Я уповал на Вечного,
    не колеблясь.
Проверь меня, Вечный, испытай меня,
    исследуй сердце моё и разум.
Ведь Твоя милость всегда предо мной;
    я всегда пребываю в Твоей истине.
Я не сижу с людьми лживыми
    и с коварными не хожу.
Я ненавижу сборище грешников
    и с нечестивыми не сажусь.
Буду омывать свои руки в невинности
    и кругом обходить Твой жертвенник, о Вечный,
вознося Тебе хвалу
    и говоря о всех чудесах Твоих.
Вечный, я люблю дом, в котором Ты обитаешь,
    место, где слава Твоя живёт.

Не погуби души моей с грешными,
    жизни моей с кровожадными,
10 которые творят злодеяния,
    чьи правые руки полны взяток.
11 А я живу беспорочно.
    Избавь меня и помилуй!

12 Ноги мои стоят на ровной земле;
    в большом собрании восхвалю я Вечного.

Песнь Давуда.