O Livro

Salmos 135

1Louvem o Senhor!

Que o seu nome seja honrado!
Louvem-no todos os que o servem.
Louvem-no, vocês que estão presentes no templo do Senhor,
nos átrios do templo do nosso Deus.

Louvem o Senhor, porque é infinitamente bom.
Cantem louvores ao poder do seu nome maravilhoso.
Porque o Senhor escolheu o povo de Jacob e Israel
para serem a sua propriedade preciosa.

Eu sei que o Senhor é grande,
muito superior ao que os homens consideram deuses.
Tudo o que quis, o Senhor fez,
tanto nos céus como na Terra,
como nos mares e até nas maiores profundidades.
É ele quem faz as águas condensarem em nevoeiros,
das partes mais diversas da Terra;
faz os relâmpagos que trazem a chuva;
faz surgir os ventos dos seus reservatórios.

Foi também ele quem tirou a vida
ao filho mais velho das famílias do Egito,
e até aos próprios animais;
quem realizou grandes milagres e maravilhas,
contra Faraó e os seus súbditos, nessa terra.
10 Abateu muitas nações
e aniquilou poderosos reis;
11 Siom, rei dos amorreus, e Ogue, rei de Basã,
e todos os reis de Canaã.
12 E deu a terra deles a Israel, seu povo,
para que a possuísse.

13 A força do teu nome permanecerá para sempre, Senhor;
a tua fama será conhecida por todas as gerações.
14 O Senhor defenderá o seu povo
e terá compaixão dos que o servem.

15 Os ídolos que os povos pagãos adoram
não são mais do que meros objetos de prata e de ouro,
mandados fazer por seres humanos.
16 Têm boca, mas não falam;
têm olhos, mas não são capazes de ver.
17 Têm ouvidos, mas não ouvem;
têm boca e nem sequer respiram.
18 Tornar-se-ão iguais a eles aqueles que os mandam fazer,
aqueles que neles confiam!

19 Ó povo de Israel,
louva a grandeza do teu Senhor!
E vocês, os sacerdotes da descendência de Aarão,
deem glória ao Senhor!
20 Também os sacerdotes levitas
louvem o Senhor!
Todos aqueles que o temem e confiam nele,
louvem-no!
21 Bendito seja o Senhor, Deus de Sião,
que está em Jerusalém!

Louvem o Senhor!

The Message

Psalm 135

11-4 Hallelujah!
Praise the name of God,
    praise the works of God.
All you priests on duty in God’s temple,
    serving in the sacred halls of our God,
Shout “Hallelujah!” because God’s so good,
    sing anthems to his beautiful name.
And why? Because God chose Jacob,
    embraced Israel as a prize possession.

5-12 I, too, give witness to the greatness of God,
    our Lord, high above all other gods.
He does just as he pleases—
    however, wherever, whenever.
He makes the weather—clouds and thunder,
    lightning and rain, wind pouring out of the north.
He struck down the Egyptian firstborn,
    both human and animal firstborn.
He made Egypt sit up and take notice,
    confronted Pharaoh and his servants with miracles.
Yes, he struck down great nations,
    he slew mighty kings—
Sihon king of the Amorites, also Og of Bashan—
    every last one of the Canaanite kings!
Then he turned their land over to Israel,
    a gift of good land to his people.

13-18 God, your name is eternal,
    God, you’ll never be out-of-date.
God stands up for his people,
    God holds the hands of his people.
The gods of the godless nations are mere trinkets,
    made for quick sale in the markets:
Chiseled mouths that can’t talk,
    painted eyes that can’t see,
Carved ears that can’t hear—
    dead wood! cold metal!
Those who make and trust them
    become like them.

19-21 Family of Israel, bless God!
    Family of Aaron, bless God!
Family of Levi, bless God!
    You who fear God, bless God!
Oh, blessed be God of Zion,
    First Citizen of Jerusalem!
Hallelujah!