O Livro

Salmos 129

Cântico de peregrinação.

1Isto é o que Israel poderá dizer:
“Muitas vezes fui perseguido,
já desde a minha juventude!
Sim, já na minha mocidade me oprimiram;
contudo, não conseguiram acabar comigo!
Exploraram-me como o agricultor que lavra a terra;
os açoites que me deram abriram sulcos profundos.”
Mas o Senhor é justo;
ele corta as amarras dos ímpios.

Sejam envergonhados e retirem-se,
todos os que odeiam a Sião.
Que todos esses sejam como a erva dos telhados,
que seca depressa, antes de a arrancarem.
Ninguém lhe liga;
nem o agricultor, nem o ceifeiro.
Que ninguém, ao vê-los, diga:
“O Senhor vos abençoe!
Que sejam abençoados em nome do Senhor!”

Nkwa Asem

Nnwom 129

Mpae a wɔbɔ tia Israel atamfo

1Israel, ka efi wo mmofraase, taa a w’atamfo ataa wo, nanso wɔantumi anni wo so kyerɛ yɛn. “Efi me mmofraase, m’atamfo ataa me atirimɔden so, nanso wɔantumi anni me so.

“Wotwaa kam kɛse te sɛ asase a wɔafuntum wɔ m’akyi. Nanso Awurade, ɔtreneeni no, agye me afi nkoasom mu.”

Obiara a ɔtan Sion no, wobedi ne so na wɔapam no asan n’akyi. Ma wɔn nyinaa nyɛ sɛ sare a enyin wɔ adan atifi ma ewu no; Obiara mmoaboa ano, na obiara nsoa no afiafi nkɔ. Obiara a obetwam wɔ hɔ no renka se, “Awurade nhyira mo! Yehyira mo wɔ Awurade din mu.”