O Livro

Salmos 108

(Sl 57.7-11; 60.6-12)

Cântico e Salmo de David.

1Ó Deus, o meu coração está pronto para te louvar!
Quero cantar-te salmos com toda a minha alma!
Que a harpa e a lira comecem a tocar!
Eu mesmo, ao romper do dia, cantarei a Deus.
Louvar-te-ei diante dos povos, Senhor;
no meio das nações cantar-te-ei salmos.
Pois a tua misericórdia chega aos céus
e a tua fidelidade até às nuvens.
Ó Deus, engrandece-te acima dos céus!
Que a tua glória brilhe sobre toda a Terra!

Salva-nos, para que o povo que amas seja livre!
Ouve-nos e livra-nos pela força do teu braço direito!
Deus jurou pela sua santidade:
“É justo que me encha de alegria;
hei de repartir Siquem e medir o vale de Sucote.
Gileade e Manassés ainda são meus;
Efraim é o apoio da minha força
e Judá me dará governantes.
Moabe é para mim uma bacia de lavar
e Edom como o sítio onde me descalço.
Sobre a Filisteia bradarei vitória.”

10 Quem me conduzirá à cidade fortificada?
Quem me guiará até Edom?
11 Deus o fará, ainda que nos tenha rejeitado
e nos tenha abandonado aos exércitos do inimigo.
12 Auxilia-nos em tempos de aperto,
pois de nada vale o socorro humano!
13 Com Deus faremos coisas formidáveis;
ele esmagará os nossos inimigos.