O Livro

Levítico 10

A morte de Nadabe e Abiú

1Nadabe e Abiú, filhos de Aarão, tomaram cada um o seu incensário, puseram-lhe fogo e incenso sobre ele, trazendo fogo estranho perante o Senhor, contrariamente àquilo que o ele expressamente ordenara. Então saiu fogo da presença do Senhor que os consumiu.

Moisés disse a Aarão: “Foi isto mesmo que o Senhor disse:

‘Darei prova da minha santidade,
através daqueles que se aproximam de mim,
e serei glorificado assim perante todo o povo.’ ”

Porém, Aarão guardou silêncio.

Moisés chamou então Misael e Elzafã, primos de Aarão, filhos de Uziel, e disse-lhes: “Vão buscar os corpos que estão diante do santuário e levem-nos para fora do acampamento.” E assim fizeram e levaram-nos, mesmo nas túnicas com que estavam, tal como Moisés lhes dissera.

Então Moisés disse a Aarão e aos seus filhos Eleazar e Itamar: “Não descubram as vossas cabeças, em sinal de contrição, nem rasguem as vossas roupas, para que não venham a morrer também, e a ira do Senhor não venha a este povo de Israel. No entanto, o resto do povo pode lamentar todo este terrível fogo que o Senhor mandou. Vocês, contudo, não devem afastar-se da tenda do encontro, sob pena de morrer, pois o azeite da unção do Senhor está sobre vós.” Eles assim fizeram como Moisés lhes disse.

O Senhor disse mais o seguinte a Aarão: “Não bebam nunca vinho nem bebida forte quando entrarem na tenda do encontro, se não morrerão. Esta regra aplicar-se-á a vocês e a todos os vossos descendentes, em todas as gerações vindouras. 10 O vosso dever é ensinar o povo, mostrar-lhe qual a diferença entre o santo e o profano, o puro e o impuro; 11 ensinar-lhe todas as leis que o Senhor tem dado por intermédio de Moisés.”

12 Moisés disse a Aarão e aos filhos que lhe ficaram, Eleazar e Itamar: “Tomem a oferta de cereais, o que ficou depois de ter oferecido ao Senhor aquela mão-cheia que foi queimada sobre o altar, certifiquem-se que não há nela fermento e comam-na junto do altar, num lugar sagrado; trata-se de uma oferta santíssima. 13 Por isso, devem comê-la num lugar santo. É uma porção que vos pertence a ti e a teus filhos, essa parte das ofertas ao Senhor feitas com fogo. Assim me foi ordenado. 14 Mas o peito e a coxa, que foram oferecidas ao Senhor com um movimento balanceado, um gesto de apresentação cerimonial, na sua presença, podem comer num lugar limpo cerimonialmente. É um alimento que vos é destinado; a ti, aos teus filhos e filhas. É a porção que vos pertence dos sacrifícios de paz que faz o povo de Israel. 15 O povo deverá trazer a coxa, que foi posta de parte, mais o peito que foi oferecido quando a gordura se queimava, e deverão apresentá-los ao Senhor com um gesto de apresentação cerimonial. Depois então vos pertencerão, a ti e à tua família, tal como o Senhor tem ordenado.”

16 Moisés procurou por toda a parte o bode da oferta pelo pecado e descobriu que tinha sido queimado. Por isso, ficou muito zangado com Eleazar e com Itamar, os filhos que restaram a Aarão. 17 “Porque não comeram vocês a oferta pelo pecado no santuário, visto que é coisa santíssima? Deus vo-la deu para que levassem a iniquidade e a culpa do povo, para fazer expiação por eles perante o Senhor!”, disse-lhes. 18 “Visto que o sangue não foi levado para dentro do santuário, deveriam tê-la comido ali tal como vos mandei.”

19 Aarão intercedeu junto de Moisés: “Eles ofereceram a sua oferta de expiação do pecado e o seu holocausto perante o Senhor”, disse. “Poderia eu comer a expiação pelo pecado num dia como este? Teria isso agradado ao Senhor?”

20 Moisés, ouvindo isto, ficou de acordo.