O Livro

Isaías 58

O verdadeiro jejum

1Clamem com uma voz como de trombeta! Denunciem claramente ao meu povo a sua maldade, aos descendentes de Jacob os seus pecados! Porque eles pretendem dar uma aparência de piedade, de religiosidade! Vêm todos os dias ao templo e quem os vê parece que estão deleitados a ouvir a leitura das minhas leis, como se quisessem sinceramente obedecer-lhes, como se não desprezassem, de forma alguma, os mandamentos do seu Deus! Julgar-se-ia até que estão ansiosos por cumprir corretamente os preceitos da justiça e até parecem ter vontade de se aproximar de Deus!

‘Jejuámos na tua presença!’, dizem. ‘Porque é que não ficaste impressionado com isso? Porque não reparaste nos nossos sacrifícios? Porque é que não quiseste ouvir as nossas orações? Fizemos tanta penitência e não te deste conta de nada!’ A razão está em que, no dia do vosso jejum, correm atrás dos vossos próprios desejos e negócios, e continuam também a oprimir os vossos trabalhadores. É que jejuais entre rixas e contendas, disputando entre vós, guerreando brutalmente uns contra os outros. Essa espécie de jejuns não tem qualquer efeito comigo, pois assim a vossa voz não se fará ouvir nos céus. Alguma vez eu quero que vocês façam esse tipo de penitências e se inclinem até ao chão como juncos batidos pelo vento, ou que se vistam de saco e se cubram de cinza? É a isso que vocês chamam jejum e dia agradável ao Senhor?

Não! A espécie de jejum que eu quero é esta: libertem os que foram presos injustamente e também o jugo que transportam; libertem os oprimidos e quebrem toda a espécie de opressão. Quero que partilhem a vossa comida com os que têm fome e que sejam hospitaleiros para com os que vivem desprotegidos, pobres e desamparados. Que deem roupa aos que têm frio e que não se escondam daqueles que, sendo até vossos familiares, precisam da vossa ajuda. Se fizerem estas coisas, Deus fará brilhar sobre vocês a luz da sua própria glória! Dar-vos-á saúde; a vossa vida com Deus será a força do vosso progresso; a vossa justiça tornar-se-á o vosso escudo de proteção e a glória do Senhor vos protegerá à retaguarda! Então, quando chamarem, o Senhor responderá. ‘Sim! Estou aqui!’, será a sua rápida resposta.

Tudo o que precisam de fazer é deixar de oprimir o fraco, abandonar a falsidade, não fazer falsas acusações, nem espalhar mentiras! 10 Deem de comer ao faminto! Ajudem os necessitados e aflitos! Então a vossa luz brilhará nas trevas e a escuridão à vossa volta será como a brilhante claridade do dia. 11 O Senhor vos guiará continuamente e vos encherá de toda a sorte de coisas boas, dando-vos bem-estar e saúde. Serão como um viçoso jardim bem regado com frescas águas; serão como uma fonte jorrando continuamente água abundante. 12 Os vossos filhos tornarão a reconstruir as ruínas antigas, edificando sobre velhas fundações do passado; serão conhecidos como o povo que reconstrói as suas muralhas e cidades.

13 Se guardarem o santo sábado, não se divertindo nem trabalhando nesse dia, antes honrando-o e tendo prazer nele, como o dia santo do Senhor, honrando o Senhor em tudo o que fizerem, não seguindo os vossos próprios desejos e prazeres, nem mantendo propósitos e conversas ociosas e inúteis, 14 então o Senhor será todo o vosso prazer. Eu farei com que cavalguem nas alturas e obtenham a totalidade das bênçãos que prometi a Jacob, vosso pai.” É o Senhor mesmo quem diz isto!

New International Version - UK

Isaiah 58

True fasting

1‘Shout it aloud, do not hold back.
    Raise your voice like a trumpet.
Declare to my people their rebellion
    and to the descendants of Jacob their sins.
For day after day they seek me out;
    they seem eager to know my ways,
as if they were a nation that does what is right
    and has not forsaken the commands of its God.
They ask me for just decisions
    and seem eager for God to come near them.
“Why have we fasted,” they say,
    “and you have not seen it?
Why have we humbled ourselves,
    and you have not noticed?”

‘Yet on the day of your fasting, you do as you please
    and exploit all your workers.
Your fasting ends in quarrelling and strife,
    and in striking each other with wicked fists.
You cannot fast as you do today
    and expect your voice to be heard on high.
Is this the kind of fast I have chosen,
    only a day for people to humble themselves?
Is it only for bowing one’s head like a reed
    and for lying in sackcloth and ashes?
Is that what you call a fast,
    a day acceptable to the Lord?

‘Is not this the kind of fasting I have chosen:
to loose the chains of injustice
    and untie the cords of the yoke,
to set the oppressed free
    and break every yoke?
Is it not to share your food with the hungry
    and to provide the poor wanderer with shelter –
when you see the naked, to clothe them,
    and not to turn away from your own flesh and blood?
Then your light will break forth like the dawn,
    and your healing will quickly appear;
then your righteousness[a] will go before you,
    and the glory of the Lord will be your rear guard.
Then you will call, and the Lord will answer;
    you will cry for help, and he will say: here am I.

‘If you do away with the yoke of oppression,
    with the pointing finger and malicious talk,
10 and if you spend yourselves on behalf of the hungry
    and satisfy the needs of the oppressed,
then your light will rise in the darkness,
    and your night will become like the noonday.
11 The Lord will guide you always;
    he will satisfy your needs in a sun-scorched land
    and will strengthen your frame.
You will be like a well-watered garden,
    like a spring whose waters never fail.
12 Your people will rebuild the ancient ruins
    and will raise up the age-old foundations;
you will be called Repairer of Broken Walls,
    Restorer of Streets with Dwellings.

13 ‘If you keep your feet from breaking the Sabbath
    and from doing as you please on my holy day,
if you call the Sabbath a delight
    and the Lord’s holy day honourable,
and if you honour it by not going your own way
    and not doing as you please or speaking idle words,
14 then you will find your joy in the Lord,
    and I will cause you to ride in triumph on the heights of the land
    and to feast on the inheritance of your father Jacob.’
For the mouth of the Lord has spoken.

Notas al pie

  1. Isaiah 58:8 Or your righteous One