O Livro

Filipenses 1

1Paulo e Timóteo, ao serviço de Jesus Cristo, saúdam todos os santos na cidade de Filipos, cujas vidas estão unidas a Cristo Jesus. Saúdam também os líderes e os diáconos.

Que Deus, nosso Pai, e o Senhor Jesus Cristo vos deem graça e paz.

Ação de graças e oração

Sempre que penso em vocês, louvo e expresso a Deus o meu reconhecimento pelas boas recordações que me deixaram. E quando faço oração, é com alegria que sempre vos menciono, por causa da vossa participação ativa na difusão do evangelho, desde o primeiro dia até agora.

E tenho a certeza de que Deus, que começou essa boa obra na vossa vida, vai completá-la até ao momento em que Jesus Cristo voltar.

E é justo que sinta isto a vosso respeito, porque têm um lugar muito especial no meu coração: participámos juntos das bênçãos de Deus, tanto quando estava na prisão como em liberdade, defendendo a verdade e proclamando o evangelho. Deus sabe como sinto saudades de todos, no verdadeiro amor de Cristo Jesus.

E peço a Deus que o vosso amor cristão aumente cada vez mais e se enriqueça de conhecimento e compreensão. 10 Pois assim saberão dar o verdadeiro valor às coisas essenciais e a vossa conduta será marcada pela sinceridade, de forma a que nunca haja razão de censura, até ao dia em que Jesus há de voltar. 11 E a vossa atividade dará frutos de justiça, os quais são produzidos por Jesus Cristo, do que resultará honra e louvores a Deus.

A prisão de Paulo e o avanço do evangelho

12 Gostava que ficassem a saber, meus irmãos, que tudo o que me tem acontecido serviu para uma maior divulgação do evangelho, 13 de tal maneira que todos os guardas da prisão, e muitos outros, sabem a verdadeira razão por que estou preso. 14 E até muitos cristãos, por causa disso, têm sido encorajados no seu testemunho e falam com mais ousadia aos outros sobre a palavra de Deus.

15 É verdade que alguns pregam a Cristo só para se porem em pé de igualdade comigo. Contudo, muitos outros fazem-no com boas intenções. 16 Estes fazem-no por amor, sabendo que fui aqui posto para defender o evangelho. 17 Outros, contudo, falam de Cristo, mas num espírito de disputa e sem sinceridade, pensando até com isso aumentar as aflições do meu cárcere. 18 Mas isso que importa? Desde que Cristo se torne conhecido, seja de que maneira for, com segundos intentos ou com honestidade, fico e sempre hei de ficar satisfeito. 19 Porque sei que disto virá a resultar a minha libertação, com a ajuda das vossas orações e com o socorro do Espírito de Jesus Cristo.

20 É que eu vivo numa intensa expectativa e esperança, e sei que em nada ficarei dececionado, antes pelo contrário, de acordo com a confiança que sinto, Cristo será honrado pela minha pessoa, agora como sempre, continue eu com vida ou venha a ser executado. 21 Porque Cristo é a única razão da minha existência e a morte representa para mim um ganho!

22 E se o viver me der oportunidades de obter frutos do meu trabalho, então nem sei o que é melhor. 23 As duas coisas me atraem: por um lado, desejo partir e estar com Cristo, isto ainda seria o melhor. 24 Por outro, é necessário que eu fique para poder ajudar-vos. 25 E é isso que me leva a pensar que não morrerei já; que ainda viverei aqui na Terra mais algum tempo, para ajudar-vos a crescer espiritualmente e a experimentar a alegria da vossa fé. 26 E para que, quando puder ir visitar-vos, a vossa alegria em Jesus Cristo abunde por aquilo que ele fez por mim.

27 Contudo, devem conduzir-se sempre conforme o evangelho de Cristo. E, quer possa ou não ir visitar-vos, que aquilo que se diz a vosso respeito seja que continuam unidos espiritualmente, combatendo juntos num mesmo propósito de espalhar a fé que nos vem pelo evangelho de Cristo. 28 Não tenham receio dos que resistem: esse é o sinal de que caminham para a perdição; mas para vocês é a indicação de que da parte de Deus vos é concedida a salvação. 29 Porque vos foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nele, como também padecer por ele! 30 Estamos, vocês e eu, empenhados no mesmo combate; combate que me viram sustentar no passado e que, como sabem, continuo a travar.

Chinese Contemporary Bible (Simplified)

腓立比书 1

1我保罗和提摩太是基督耶稣的奴仆,写信给腓立比属于基督耶稣的众圣徒、诸位监督和执事。

愿我们的父上帝和主耶稣基督赐给你们恩典和平安!

感恩和祷告

我每逢想起你们,就感谢我的上帝。 每次为你们众人祷告的时候,我心里都很喜乐。 因为你们从开始直到现在,一直和我同心合意地传扬福音。 我深信,上帝既然在你们心里开始了这美好的工作,祂必在耶稣基督再来的时候完成这工作。 我对你们众人有这样的感受是很自然的,因为我常把你们放在心上[a]。不论我是身在狱中,还是为福音辩护和作证的时候,你们都与我同蒙恩典。 上帝可以作证,我是怎样以基督耶稣的慈爱之心想念你们。

我所祈求的就是:你们的爱心随着属灵知识的增加和辨别力的提高而日益增长, 10 使你们知道怎样择善而从,做诚实无过的人,一直到基督再来的日子, 11 并靠着耶稣基督结满仁义的果子,使上帝得到荣耀与颂赞。

为基督而活

12 弟兄姊妹,我希望你们知道,我的遭遇反而会使福音传得更广, 13 连所有的皇家卫兵和其他众人都知道我是为了基督的缘故而受囚禁。 14 大多数主内的弟兄姊妹看见我为主被囚,信心受到鼓舞,更加放胆无惧地传扬上帝的道。 15 当然,有些人宣讲基督是出于嫉妒和争强好胜,也有些人是出于善意。 16 后者是出于爱心,知道我是上帝派来维护福音的。 17 前者传讲基督是出于个人野心,动机不纯,以为可以增加我在狱中的痛苦。 18 那又怎样呢?无论他们传福音是真心还是假意,基督的福音毕竟传开了,因此我很欢喜,而且欢喜不已。 19 因为我知道,借着你们的祷告和耶稣基督之灵的帮助,我终会得到释放。

20 我殷切地期待和盼望:我不会感到任何羞愧,而是放胆无惧,不管是生是死,都要一如既往地使基督在我身上得到尊崇。 21 因为对我来说,活着是为了基督,死了也有益处。 22 如果活在世上,我可以做工,多结果子。我真不知道该怎么选择! 23 我处在两难之间。我情愿离开世界,与基督在一起,那实在是再好不过了。 24 可是为了你们,我应该活在世上。 25 我既然对此深信不疑,就知道自己仍要活下去,继续跟你们在一起,好使你们在信仰上又长进又充满喜乐。 26 这样,我再到你们那里的时候,你们可以因为我的缘故更加以基督耶稣为荣。

27 最要紧的是:你们行事为人要与基督的福音相称。这样,不管是去看你们,还是只听到你们的消息,我都能知道你们同心合意,坚定不移地一起为福音奋斗, 28 毫不惧怕敌人的恐吓。这清楚表明他们必灭亡,你们必得救,这是出于上帝。 29 因为上帝为了基督的缘故,赐恩使你们不但信基督,而且为祂受苦, 30 经历你们从前在我身上见过,现在又从我这里听到的同样争战。

Notas al pie

  1. 1:7 我常把你们放在心上”或译“你们常把我放在心上”。