O Livro

Deuteronômio 11

Os grandes feitos do Senhor

1Deverão amar o Senhor, vosso Deus, e cumprir os seus preceitos, os seus decretos, as suas leis e os seus mandamentos, durante toda a vossa vida. Ouçam bem! Não estou a falar com os vossos filhos que não tiveram a experiência dos castigos do Senhor, vosso Deus, nem viram a imensidão do seu tremendo poder. Eles não assistiram aos milagres que fez no Egito contra Faraó em toda aquela terra. Não viram o que Deus fez aos exércitos do Egito, aos seus cavalos, aos seus carros de combate; como os afundou no mar Vermelho, quando vos perseguiam, e como anulou toda a sua força até ao dia de hoje. Eles não sentiram como Deus tomou conta de vocês, momento após momento, por todos estes anos em que andaram vagueando pelo deserto até chegarem aqui. Eles não estavam lá quando Datã e Abirão, os filhos de Eliabe, descendentes de Rúben, pecaram e a terra se abriu e foram engolidos com as suas famílias, as tendas e tudo o que tinham, aos olhos de todo o Israel!

Vocês, sim, viram todas essas coisas espantosas que o Senhor realizou. Por isso, tanto mais zelosos devem ser na observância destes mandamentos que vos dou hoje, para que possam ter força para tomar posse da terra que vão conquistar. Se obedecerem a estas ordenanças desfrutarão de uma vida próspera e longa na terra que o Senhor vos prometeu e àqueles de quem descendem, uma terra onde jorra leite e mel. 10 Porque essa terra onde se preparam para entrar não é como o território do Egito donde vêm, onde era necessário regar com bombas operadas com o pé para dar de beber à terra. 11 Esta é uma terra de colinas e de vales onde a terra é regada pelas chuvas que caiem do céu; 12 é uma terra da qual o Senhor, vosso Deus, se ocupa pessoalmente! Os seus olhos estarão sempre sobre ela, dia após dia, todo o ano.

13 Se cuidadosamente respeitarem todas estas leis que vos dou hoje, e se amarem o Senhor, vosso Deus, com todo o coração e de toda a vossa alma, e o adorarem, 14 então, enviar-vos-ei chuvas no seu devido tempo, chuvas do outono e da primavera, as quais farão produzir maravilhosas colheitas de cereais, de vinho novo e de azeite. 15 Terão excelentes pastagens para o gado, beneficiarão de comida abundante e viverão felizes.

16 Mas tenham cuidado que os vossos corações não se desviem de Deus, para vir a adorar uns outros deuses quaisquer. 17 Pois se o fizerem, a ira do Senhor se acenderá severamente contra vocês e vos fechará os céus; não haverá mais chuva, nem belas searas, e depressa perecerão nessa boa terra que o Senhor vos dá. 18 Por isso, guardem estes mandamentos atentamente nos vossos espíritos. Atem-nos às vossas mãos como um sinal de lembrança, para nunca falharem em obedecer-lhes; ponham-nos nas vossas testas, entre os olhos! 19 Ensinem-nos aos vossos filhos. Falem deles quando estiverem sentados, repousando em casa, ou quando saírem e estiverem caminhando fora de casa, à hora de deitar e à hora de levantar de manhã. 20 Escrevam-nos nas portas das vossas casas, à entrada das vossas habitações, 21 a fim de que, enquanto houver céus acima da Terra, vocês e os vossos filhos gozem dessa vida próspera que vos espera na terra que o Senhor jurou dar aos vossos antepassados.

22 Se obedecerem cuidadosamente aos mandamentos que vos dou, se amarem o Senhor, vosso Deus, andando em todos os seus caminhos, apegando-se a ele, 23 então o Senhor lançará fora da vossa terra todos os outros povos, ainda que possam ser maiores e mais poderosos do que vocês. 24 Para onde quer que forem a terra é vossa. As vossas fronteiras estender-se-ão desde o Negueve, a sul, até ao Líbano, e desde o rio Eufrates até ao mar Mediterrâneo. 25 Ninguém terá poder bastante para vos fazer frente, porque o Senhor, vosso Deus, mandará medo e terror à vossa frente, para onde quer que forem, como prometeu.

26 Hoje vos proponho a escolha entre a bênção e a maldição de Deus! 27 Haverá bênção se obedecerem aos mandamentos do Senhor, vosso Deus, que hoje vos dou; 28 haverá maldição se os rejeitarem e se se puserem a adorar os deuses dos outros povos.

29 Quando o Senhor, vosso Deus, vos estabelecer na terra que vão possuir, deverá ser proclamada uma bênção no monte Gerizim e uma maldição no monte Ebal. 30 Gerizim e Ebal são dois montes a poente do rio Jordão, onde moram os cananeus, nas campinas de Gilgal, onde estão os carvalhais de Moré. 31 Vão pois atravessar o Jordão e viver na terra que o Senhor, vosso Deus, vos dá. Quando tomarem posse dela e nela viverem, 32 deverão obedecer a todas as leis que hoje vos dou.