O Livro

Amós 1

1Estas são as mensagens de Amós, pastor de gado, que vivia na povoação de Tecoa. Um dia, numa visão, Deus contou-lhe algumas das coisas que haveriam de acontecer à nação de Israel. Sucedeu isto no tempo de Uzias, rei de Judá, no tempo em que Jeroboão, o filho de Jeoás, era rei em Israel; foi dois anos antes do terramoto.

Julgamento sobre os vizinhos de Israel

Eis o relato daquilo que ele viu e ouviu: A voz do Senhor fez-se ouvir como um bramido de um leão feroz; desde o seu templo, desde Sião, clamou. E de repente as luxuriantes pastagens do monte Carmelo secaram e morreram; todos os pastores se lamentaram.

Diz o Senhor: “O povo de Damasco pecou repetidamente e não poderei perdoar-lhe. Não deixarei passar mais tempo sem o castigar. Trilharam o meu povo em Gileade como numa eira, fizeram-no com varas de ferro. Por isso, porei fogo ao palácio do rei Hazael e destruirei as fortalezas de Ben-Hadade. Quebrarei os ferrolhos que trancam as entradas de Damasco; matarei o morador do vale de Aven, o que tem o poder em Bete-Éden, e o povo de Aram voltará para Quir como escravos.” Assim falou o Senhor.

Diz o Senhor: “Gaza pecou continuamente e não poderei perdoar-lhe. Não os deixarei mais tempo sem castigo, porque enviaram um povo inteiro para o exílio, vendendo-o como escravos para Edom. Por isso, porei fogo às muralhas de Gaza e todas as suas fortalezas serão destruídas. Matarei o povo de Asdode; destruirei Ecrom e o rei de Asquelom; todos os filisteus que tiverem ficado perecerão.” Isto disse o Senhor Deus!

Diz o Senhor: “O povo de Tiro pecou repetidamente e não lhe perdoarei. Não os deixarei mais tempo sem castigo, porque quebraram a sua aliança de fraternidade; atacaram e levaram um povo inteiro para a escravidão em Edom. 10 Por isso, porei fogo às muralhas de Tiro e todas as suas fortalezas e palácios arderão.”

11 Diz o Senhor: “Edom pecou sem cessar; não lhe perdoarei. Não os deixarei continuar sem castigo. Perseguiram o seu irmão Israel com a espada; a sua ira foi sem descanso, não conheceram a piedade. 12 Por isso, porei fogo a Temã que consumirá todas as fortalezas de Bozra.”

13 Diz o Senhor: “O povo de Amon não tem parado de pecar e não lhe perdoarei. Não ficará mais tempo sem castigo. Porque nas suas guerras em Gileade, para alargar as suas fronteiras, cometeram crimes cruéis, dilacerando mulheres grávidas à espada. 14 Por isso, porei fogo aos muros de Rabá que consumirá as suas fortalezas; ouvir-se-ão os brados de combate, como um redemoinho numa grande tempestade. 15 O seu rei e os seus governantes irão juntamente para o exílio.” Isto disse o Senhor.

Nova Versão Internacional

Amós 1

1Palavras que Amós, criador de ovelhas em Tecoa, recebeu em visões, a respeito de Israel, dois anos antes do terremoto. Nesse tempo, Uzias era rei de Judá e Jeroboão, filho de Jeoás, era rei de Israel.

Ele disse:

“O Senhor ruge de Sião
    e troveja de Jerusalém;
secam-se[a] as pastagens dos pastores,
    e murcha o topo do Carmelo”.

Julgamento dos Povos Vizinhos de Israel

Assim diz o Senhor:

“Por três transgressões de Damasco
    e ainda mais por quatro,
não anularei o castigo.
    Porque trilhou Gileade
    com trilhos de ferro pontudos,
porei fogo na casa de Hazael,
    e as chamas consumirão
    as fortalezas de Ben-Hadade.
Derrubarei a porta de Damasco;
    destruirei o rei que está
    no vale[b] de Áven[c]
e aquele que segura o cetro
    em Bete-Éden[d].
O povo da Síria
    irá para o exílio em Quir”,
diz o Senhor.

Assim diz o Senhor:

“Por três transgressões de Gaza,
    e ainda mais por quatro,
não anularei o castigo.
Porque levou cativas
    comunidades inteiras
    e as vendeu a Edom,
porei fogo nos muros de Gaza,
    e as chamas consumirão
    as suas fortalezas.
Destruirei o rei[e] de Asdode
    e aquele que segura o cetro em Ascalom.
Erguerei a minha mão contra Ecrom,
    até que morra o último dos filisteus”,
diz o Senhor, o Soberano.

Assim diz o Senhor:

“Por três transgressões de Tiro,
    e ainda mais por quatro,
não anularei o castigo.
    Porque vendeu comunidades inteiras
    de cativos a Edom,
    desprezando irmãos,
10 porei fogo nos muros de Tiro,
    e as chamas consumirão
    as suas fortalezas”.

11 Assim diz o Senhor:

“Por três transgressões de Edom,
    e ainda mais por quatro,
não anularei o castigo.
Porque com a espada
    perseguiu seu irmão,
    e reprimiu toda a compaixão,[f]
mutilando-o furiosamente
    e perpetuando para sempre a sua ira,
12 porei fogo em Temã,
    e as chamas consumirão
    as fortalezas de Bozra”.

13 Assim diz o Senhor:

“Por três transgressões de Amom,
    e ainda mais por quatro,
não anularei o castigo.
Porque rasgou ao meio
    as grávidas de Gileade
    a fim de ampliar as suas fronteiras,
14 porei fogo nos muros de Rabá,
    e as chamas consumirão
    as suas fortalezas
em meio a gritos de guerra
    no dia do combate,
em meio a ventos violentos
    num dia de tempestade.
15 O seu rei irá para o exílio,
    ele e toda a sua corte”,
diz o Senhor.

Notas al pie

  1. 1.2 Ou pranteiam
  2. 1.5 Ou os habitantes do vale
  3. 1.5 Áven significa iniqüidade.
  4. 1.5 Bete-Éden significa casa do prazer.
  5. 1.8 Ou os habitantes
  6. 1.11 Ou e destruiu os seus aliados,