Nova Versão Internacional

Salmos 3

Salmo 3

Salmo de Davi, quando fugiu de seu filho Absalão.

Senhor, muitos são os meus adversários!
Muitos se rebelam contra mim!
São muitos os que dizem a meu respeito:
    “Deus nunca o salvará!”Pausa[a]

Mas tu, Senhor,
    és o escudo que me protege;
és a minha glória
    e me fazes andar de cabeça erguida.
Ao Senhor clamo em alta voz,
    e do seu santo monte ele me responde.Pausa

Eu me deito e durmo, e torno a acordar,
    porque é o Senhor que me sustém.
Não me assustam os milhares que me cercam.

Levanta-te, Senhor!
Salva-me, Deus meu!
Quebra o queixo de todos os meus inimigos;
arrebenta os dentes dos ímpios.

Do Senhor vem o livramento.
A tua bênção está sobre o teu povo.Pausa

Notas al pie

  1. 3.2 Hebraico: Selá; também em todo o livro de Salmos.

O Livro

Salmos 3

Salmo de David. Quando fugiu de Absalão, seu filho.

1Senhor, são muitos os que estão contra mim!
São muitos os que procuram fazer-me mal!
Muitos dizem que Deus nunca me salvará. (Pausa)[a]

Mas tu, Senhor, és o meu escudo protetor,
a minha glória, a minha única esperança.
Só tu podes erguer a minha cabeça.
Chamei o Senhor e ele ouviu-me da sua santa habitação. (Pausa)

Então deitei-me, dormi em paz e acordei em segurança,
porque o Senhor estava a vigiar sobre mim.
Ainda que dez mil adversários se levantem de todos os lados,
e me cerquem, não terei medo.

“Levanta-te, Senhor!
Salva-me, meu Deus!”
Pois tu feres todos os meus inimigos
e aos maus partes os dentes.

A salvação vem de ti, Senhor;
a tua bênção está sobre o teu povo! (Pausa)

Notas al pie

  1. 3.2 O texto hebraico acrescenta aqui a palavra selah que pode ser uma indicação musical litúrgica para uma pausa, repetição ou mudança de voz. Aparece 71 vezes em 39 dos salmos, mas o seu real significado é desconhecido.