Nova Versão Internacional

Salmos 22

Salmo 22

Para o mestre de música. De acordo com a melodia A Corça da Manhã. Salmo davídico.

Meu Deus! Meu Deus!
    Por que me abandonaste?
Por que estás tão longe de salvar-me,
tão longe dos meus gritos de angústia?
Meu Deus!
Eu clamo de dia, mas não respondes;
de noite, e não recebo alívio!
Tu, porém, és o Santo,
és rei, és o louvor de Israel.
Em ti os nossos antepassados
    puseram a sua confiança;
confiaram, e os livraste.
Clamaram a ti, e foram libertos;
em ti confiaram, e não se decepcionaram.

Mas eu sou verme, e não homem,
motivo de zombaria
    e objeto de desprezo do povo.
Caçoam de mim todos os que me vêem;
balançando a cabeça,
    lançam insultos contra mim, dizendo:
“Recorra ao Senhor!
    Que o Senhor o liberte!
    Que ele o livre, já que lhe quer bem!”

Contudo, tu mesmo me tiraste do ventre;
deste-me segurança
    junto ao seio de minha mãe.
10 Desde que nasci fui entregue a ti;
desde o ventre materno és o meu Deus.

11 Não fiques distante de mim,
pois a angústia está perto
    e não há ninguém que me socorra.
12 Muitos touros me cercam,
sim, rodeiam-me os poderosos de Basã.
13 Como leão voraz rugindo,
    escancaram a boca contra mim.
14 Como água me derramei,
e todos os meus ossos estão desconjuntados.
Meu coração se tornou como cera;
derreteu-se no meu íntimo.
15 Meu vigor secou-se como um caco de barro,
e a minha língua gruda no céu da boca;
deixaste-me no pó, à beira da morte.
16 Cães me rodearam!
    Um bando de homens maus me cercou!
    Perfuraram minhas mãos e meus pés.
17 Posso contar todos os meus ossos,
    mas eles me encaram com desprezo.
18 Dividiram as minhas roupas entre si,
    e lançaram sortes pelas minhas vestes.

19 Tu, porém, Senhor, não fiques distante!
Ó minha força, vem logo em meu socorro!
20 Livra-me da espada,
livra a minha vida do ataque dos cães.
21 Salva-me da boca dos leões,
    e dos chifres dos bois selvagens.
E tu me respondeste.

22 Proclamarei o teu nome a meus irmãos;
na assembléia te louvarei.
23 Louvem-no, vocês que temem o Senhor!
Glorifiquem-no, todos vocês,
    descendentes de Jacó!
Tremam diante dele, todos vocês,
    descendentes de Israel!
24 Pois não menosprezou
    nem repudiou o sofrimento do aflito;
não escondeu dele o rosto,
    mas ouviu o seu grito de socorro.

25 De ti vem o tema do meu louvor
    na grande assembléia;
na presença dos que te[a] temem
    cumprirei os meus votos.
26 Os pobres comerão até ficarem satisfeitos;
aqueles que buscam o Senhor o louvarão!
    Que vocês tenham vida longa!
27 Todos os confins da terra
    se lembrarão e se voltarão para o Senhor,
e todas as famílias das nações
    se prostrarão diante dele,
28 pois do Senhor é o reino;
ele governa as nações.

29 Todos os ricos da terra
    se banquetearão e o adorarão;
haverão de ajoelhar-se diante dele
    todos os que descem ao pó,
    cuja vida se esvai.
30 A posteridade o servirá;
gerações futuras ouvirão falar do Senhor,
31 e a um povo que ainda não nasceu
    proclamarão seus feitos de justiça,
pois ele agiu poderosamente.

Notas al pie

  1. 22.25 Hebraico: o.

Nkwa Asem

Nnwom 22

Awerɛhow mu su ne ayeyi dwom

1Me Nyankopɔn, me Nyankopɔn, adɛn nti na woagyaw me? Masu mmɔborɔsu repɛ mmoa, nanso ennu. Mefrɛ wo awia, me Nyankopɔn, nanso wunnye me so. Mefrɛ wo anadwo, nanso minnya home. Nanso wɔasi wo hene sɛ ɔkronkronni a Israel kamfo wo. Yɛn nenanom de wɔn ho too wo so; wɔde wɔn ho too wo so, na wugyee wɔn nkwa. Wɔfrɛɛ wo, na wɔnam so fii amane mu. Wɔde wɔn ho too wo so, na woanni wɔn huammɔ.

Mprempren, menyɛ onipa bio. Meyɛ osunson a wommu no na obiara tiatia ne so. Obiara a ohu me di me ho fɛw. Wɔtwe wɔn tɛkrɛma wosow wɔn ti. Wɔka se, “Wode wo ho too Awurade so na adɛn nti na onnye wo nkwa? Sɛ Awurade pɛ w’asɛm a, adɛn nti na ɔmmoa wo?”

Wo na wode me fi m’awo mu bae dwoodwoo. Na meyɛ akokoaa no, wo na wohwɛɛ me so. 10 Efi bere a wɔwoo me na mede me ho metoo wo so, na woyɛ me Nyankopɔn daa. 11 Ntew wo ho mfi me ho! Amane abɛn, na ɔboafo nni baabi.

12 M’atamfo atwa me ho ahyia sɛ anantwinini. Wɔatwa me ho ahyia te sɛ anantwinini a wɔn ho yɛ hu a wofi Basan. 13 Wobuebue wɔn anom te sɛ agyata a wɔrepɔ so retetew me. 14 M’ahoɔden asa; asa te sɛ nsu a wɔahwie agu fam. Me nnompe ahodwow. Me koma ayɛ sɛ nku a anan. 15 Me menewa mu ayow te sɛ mfutuma. Na me tɛkrɛma tare m’anom. Woagyaw me sɛ minwu wɔ mfutuma mu. 16 Nnebɔneyɛfo atwa me ho ahyia; wɔte sɛ akramankuw a wɔaka me ahyɛ wɔn ntam. Wɔkeka me nsa ne me nan. 17 Me nnompe nyinaa apuepue. M’atamfo hwɛ me haa. 18 Wɔbɔ me ntade so ntonto kyekyɛ ma wɔn ho.

19 O Awurade, ntew wo ho mfi me ho! Bra ntɛm begye me nkwa! 20 Gye me fi nkrante ano; gye me nkwa fi saa akraman yi mu. 21 Gye me nkwa fi saa agyata yi mu. Minni mmoa biara wɔ saa anantwinini yi mu.

22 Mɛka nea woayɛ akyerɛ me nkurɔfo. Mɛkamfo wo wɔ wɔn aguabɔ ase. 23 “Monkamfo no, mo a moyɛ Awurade asomfo! Munni no ni, mo a moyɛ Yakob asefo! Monsom no, mo Israelfo! 24 Ɔnto ohiani anaa ɔmanehunufo agyaagyaamu. Onnyaw wɔn hɔ na mmom sɛ wɔfrɛ no a, ogye wɔn so.”

25 Bagua no nyinaa anim na mɛkamfo wo wɔ nea woayɛ ama me no ho. Wɔn a wɔsom wo no anim na mɛbɔ afɔre a mahyɛ ho bɔ no. 26 Ahiafo bedi dodow biara a wɔpɛ. Wɔn a wɔba Awurade nkyɛn no bɛkamfo no. Wɔbɛkɔ so daa daa. 27 Aman nyinaa bɛkae Awurade. Wɔn a wɔwɔ wiase afanan nyinaa bɛkɔ ne nkyɛn akɔsom no.

28 Awurade yɛ ɔhene, na odi aman nyinaa so. 29 Ahantanfo nyinaa bɛkotow no. Adasamma nyinaa bɛkotow no. 30 Nkyirimma nyinaa bɛsom no. Nnipa bɛka Awurade ho asɛm akyerɛ nkyirimma. 31 Wɔbɛka akyerɛ wɔn a wonnya nwoo wɔn no se, “Awurade gyee ne nkurɔfo nkwa.”