Nova Versão Internacional

Jeremias 9

1Ah, se a minha cabeça
    fosse uma fonte de água
e os meus olhos
    um manancial de lágrimas!
Eu choraria noite e dia
    pelos mortos do meu povo.
Ah, se houvesse um alojamento
    para mim no deserto,
para que eu pudesse deixar o meu povo
    e afastar-me dele.
São todos adúlteros,
    um bando de traidores!

“A língua deles é como um arco
    pronto para atirar.
É a falsidade, não a verdade,
    que prevalece nesta terra.[a]
Eles vão de um crime a outro;
eles não me reconhecem”,
    declara o Senhor.
“Cuidado com os seus amigos,
    não confie em seus parentes.
Porque cada parente é um enganador[b],
    e cada amigo um caluniador.
Amigo engana amigo,
    ninguém fala a verdade.
Eles treinaram a língua
    para mentir;
e, sendo perversos,
    eles se cansam demais
    para se converterem.[c]
De opressão em opressão,
    de engano em engano,
eles se recusam a reconhecer-me”,
    declara o Senhor.

Portanto, assim diz

o Senhor dos Exércitos:

“Vejam, sou eu que vou refiná-los
    e prová-los.
Que mais posso eu fazer
    pelo meu povo?
A língua deles é uma flecha mortal;
    eles falam traiçoeiramente.
Cada um mostra-se cordial
    com o seu próximo,
mas no íntimo lhe prepara
    uma armadilha.
Deixarei eu de castigá-los?”,
    pergunta o Senhor.
“Não me vingarei
    de uma nação como essa?”

10 Chorarei, prantearei
    e me lamentarei pelos montes
por causa das pastagens da estepe;
pois estão abandonadas
e ninguém mais as percorre.
    Não se ouve o mugir do gado;
tanto as aves como os animais fugiram.

11 “Farei de Jerusalém
    um amontoado de ruínas,
uma habitação de chacais.
    Devastarei as cidades de Judá
até não restar nenhum morador.”

12 Quem é bastante sábio para compreender isso? Quem foi instruído pelo Senhor, que possa explicá-lo? Por que a terra está arruinada e devastada como um deserto pelo qual ninguém passa?

13 O Senhor disse: “Foi porque abandonaram a minha lei, que estabeleci diante deles; não me obedeceram nem seguiram a minha lei. 14 Em vez disso, seguiram a dureza de seus próprios corações, indo atrás dos baalins, como os seus antepassados lhes ensinaram”. 15 Por isso, assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: “Vejam! Farei este povo comer comida amarga e beber água envenenada. 16 Eu os espalharei entre nações que nem eles nem os seus antepassados conheceram; e enviarei contra eles a espada até exterminá-los”.

17 Assim diz o Senhor dos Exércitos:

“Considerem:
Chamem as pranteadoras profissionais;
mandem chamar
    as mais hábeis entre elas.
18 Venham elas depressa
    e lamentem por nós,
até que os nossos olhos
    transbordem de lágrimas
e águas corram de nossas pálpebras.
19 O som de lamento se ouve desde Sião:
‘Como estamos arruinados!
Como é grande a nossa humilhação!
Deixamos a nossa terra
    porque as nossas casas
    estão em ruínas’ ”.

20 Ó mulheres, ouçam agora
    a palavra do Senhor;
abram os ouvidos às palavras
    de sua boca.
Ensinem suas filhas a lamentar-se;
    ensinem umas as outras a prantear.
21 A morte subiu e penetrou
    pelas nossas janelas
e invadiu as nossas fortalezas,
eliminando das ruas as crianças
    e das praças, os rapazes.

22 “Diga: Assim declara o Senhor:

“Cadáveres ficarão estirados
    como esterco em campo aberto,
como o trigo deixado para trás
    pelo ceifeiro,
sem que ninguém o ajunte.”

23 Assim diz o Senhor:

“Não se glorie o sábio em sua sabedoria
    nem o forte em sua força
    nem o rico em sua riqueza,
24 mas quem se gloriar, glorie-se nisto:
    em compreender-me e conhecer-me,
pois eu sou o Senhor
    e ajo com lealdade,
    com justiça e com retidão sobre a terra,
pois é dessas coisas que me agrado”,
    declara o Senhor.

25 “Vêm chegando os dias”, declara o Senhor, “em que castigarei todos os que são circuncidados apenas no corpo, 26 como também o Egito, Judá, Edom, Amom, Moabe e todos os que rapam a cabeça[d] e vivem no deserto; porque todas essas nações são incircuncisas, e a comunidade de Israel tem o coração obstinado[e].”

Notas al pie

  1. 9.3 Ou um arco que atira a mentira; não é pela verdade que prevalecem na terra.
  2. 9.4 Ou um Jacó enganador
  3. 9.5 Ou eles se cansam de tanto pecar.
  4. 9.26 Ou e todos os que prendem o cabelo junto à testa
  5. 9.26 Hebraico: é incircuncisa de coração.

The Message

Jeremiah 9

11-2 I wish my head were a well of water
    and my eyes fountains of tears
So I could weep day and night
    for casualties among my dear, dear people.
At times I wish I had a wilderness hut,
    a backwoods cabin,
Where I could get away from my people
    and never see them again.
They’re a faithless, feckless bunch,
    a congregation of degenerates.

3-6 “Their tongues shoot out lies
    like a bow shoots arrows—
A mighty army of liars,
    the sworn enemies of truth.
They advance from one evil to the next,
    ignorant of me.”
            God’s Decree.
“Be wary of even longtime neighbors.
    Don’t even trust your grandmother!
Brother schemes against brother,
    like old cheating Jacob.
Friend against friend
    spreads malicious gossip.
Neighbors gyp neighbors,
    never telling the truth.
They’ve trained their tongues to tell lies,
    and now they can’t tell the truth.
They pile wrong upon wrong, stack lie upon lie,
    and refuse to know me.”
        God’s Decree.

7-9 Therefore, God-of-the-Angel-Armies says:

“Watch this! I’ll melt them down
    and see what they’re made of.
What else can I do
    with a people this wicked?
Their tongues are poison arrows!
    Deadly lies stream from their mouths.
Neighbor greets neighbor with a smile,
    ‘Good morning! How’re things?’
    while scheming to do away with him.
Do you think I’m going to stand around and do nothing?”
    God’s Decree.
“Don’t you think I’ll take serious measures
    against a people like this?

10-11 “I’m lamenting the loss of the mountain pastures.
    I’m chanting dirges for the old grazing grounds.
They’ve become deserted wastelands too dangerous for travelers.
    No sounds of sheep bleating or cattle mooing.
Birds and wild animals, all gone.
    Nothing stirring, no sounds of life.
I’m going to make Jerusalem a pile of rubble,
    fit for nothing but stray cats and dogs.
I’m going to reduce Judah’s towns to piles of ruins
    where no one lives!”

12 I asked, “Is there anyone around bright enough to tell us what’s going on here? Anyone who has the inside story from God and can let us in on it?

“Why is the country wasted?

“Why no travelers in this desert?”

13-15 God’s answer: “Because they abandoned my plain teaching. They wouldn’t listen to anything I said, refused to live the way I told them to. Instead they lived any way they wanted and took up with the Baal gods, who they thought would give them what they wanted—following the example of their parents.” And this is the consequence. God-of-the-Angel-Armies says so:

“I’ll feed them with pig slop.

“I’ll give them poison to drink.

16 “Then I’ll scatter them far and wide among godless peoples that neither they nor their parents have ever heard of, and I’ll send Death in pursuit until there’s nothing left of them.”

A Life That Is All Outside but No Inside

17-19 A Message from God-of-the-Angel-Armies:

“Look over the trouble we’re in and call for help.
    Send for some singers who can help us mourn our loss.
Tell them to hurry—
    to help us express our loss and lament,
Help us get our tears flowing,
    make tearful music of our crying.
Listen to it!
    Listen to that torrent of tears out of Zion:
‘We’re a ruined people,
    we’re a shamed people!
We’ve been driven from our homes
    and must leave our land!’”

20-21 Mourning women! Oh, listen to God’s Message!
    Open your ears. Take in what he says.
Teach your daughters songs for the dead
    and your friends the songs of heartbreak.
Death has climbed in through the window,
    broken into our bedrooms.
Children on the playgrounds drop dead,
    and young men and women collapse at their games.

22 Speak up! “God’s Message:

“‘Dead bodies everywhere, scattered at random
    like sheep and goat dung in the fields,
Like wheat cut down by reapers
    and left to rot where it falls.’”

23-24 God’s Message:

“Don’t let the wise brag of their wisdom.
    Don’t let heroes brag of their exploits.
Don’t let the rich brag of their riches.
    If you brag, brag of this and this only:
That you understand and know me.
    I’m God, and I act in loyal love.
I do what’s right and set things right and fair,
    and delight in those who do the same things.
These are my trademarks.”
    God’s Decree.

25-26 “Stay alert! It won’t be long now”—God’s Decree!—“when I will personally deal with everyone whose life is all outside but no inside: Egypt, Judah, Edom, Ammon, Moab. All these nations are big on performance religion—including Israel, who is no better.”