Nova Versão Internacional

Jeremias 31

1“Naquele tempo”, diz o Senhor, “serei o Deus de todas as famílias de Israel, e eles serão o meu povo.”

Assim diz o Senhor:

“O povo que escapou da morte
    achou favor no deserto”.

Quando Israel buscava descanso,

o Senhor lhe apareceu no passado,[a]

dizendo:

“Eu a amei com amor eterno;
    com amor leal a atrai.
Eu a edificarei mais uma vez,
    ó virgem, Israel!
Você será reconstruída!
Mais uma vez você
    se enfeitará com guizos
    e sairá dançando com os que se alegram.
De novo você plantará videiras
    nas colinas de Samaria;
videiras antes profanadas pelos lavradores
    que as tinham plantado.[b]
Porque vai chegando o dia
    em que os sentinelas gritarão
    nas colinas de Efraim:
‘Venham e subamos a Sião,
à presença do Senhor,
    do nosso Deus’”.

Assim diz o Senhor:

“Cantem de alegria por causa de Jacó;
gritem, exaltando a principal
    das nações!
Proclamem e dêem louvores, dizendo:
‘O Senhor salvou o seu povo,[c]
    o remanescente de Israel’.
Vejam, eu os trarei da terra do norte
    e os reunirei dos confins da terra.
Entre eles estarão o cego e o aleijado,
mulheres grávidas
    e em trabalho de parto;
uma grande multidão voltará.
Voltarão com choro,[d]
    mas eu os conduzirei
    em meio a consolações.
Eu os conduzirei às correntes de água
por um caminho plano,
    onde não tropeçarão,
porque sou pai para Israel
    e Efraim é o meu filho mais velho.

10 “Ouçam a palavra do Senhor,
    ó nações,
e proclamem nas ilhas distantes:
    ‘Aquele que dispersou Israel o reunirá
e, como pastor, vigiará o seu rebanho’.
11 O Senhor resgatou Jacó
e o libertou das mãos
    do que é mais forte do que ele.
12 Eles virão e cantarão de alegria
    nos altos de Sião;
ficarão radiantes de alegria
    pelos muitos bens
    dados pelo Senhor:
o cereal, o vinho novo, o azeite puro,
as crias das ovelhas e das vacas.
Serão como um jardim bem regado,
    e não mais se entristecerão.
13 Então as moças dançarão de alegria,
    como também os jovens
    e os velhos.
Transformarei o lamento deles
    em júbilo;
eu lhes darei consolo e alegria
    em vez de tristeza.
14 Satisfarei os sacerdotes com fartura;
e o meu povo será saciado
pela minha bondade”,
    declara o Senhor.

15 Assim diz o Senhor:

“Ouve-se uma voz em Ramá,
    pranto e amargo choro;
é Raquel, que chora por seus filhos
    e recusa ser consolada,
porque os seus filhos
    já não existem”.

16 Assim diz o Senhor:

“Contenha o seu choro
    e as suas lágrimas,
pois o seu sofrimento
    será recompensado”,
declara o Senhor.
“Eles voltarão da terra do inimigo.
17 Por isso há esperança
    para o seu futuro”,
declara o Senhor.
    “Seus filhos voltarão
    para a sua pátria.

18 “Ouvi claramente Efraim
    lamentando-se:
‘Tu me disciplinaste
    como a um bezerro indomado,
e fui disciplinado.
Traze-me de volta, e voltarei,
porque tu és o Senhor, o meu Deus.
19 De fato, depois de desviar-me,
    eu me arrependi;
depois que entendi, bati no meu peito.
Estou envergonhado e humilhado
porque trago sobre mim
    a desgraça da minha juventude’.
20 Não é Efraim o meu filho querido?
    O filho em quem tenho prazer?
Cada vez que eu falo sobre Efraim,
    mais intensamente me lembro dele.
Por isso, com ansiedade
    o tenho em meu coração;
    tenho por ele grande compaixão”,
declara o Senhor.

21 “Coloque marcos
    e ponha sinais nas estradas,
Preste atenção no caminho
    que você trilhou.
Volte, ó virgem, Israel!
Volte para as suas cidades.
22 Até quando você vagará,
    ó filha rebelde?
O Senhor criou algo novo
    nesta terra:
uma mulher abraça[e] um guerreiro”.

23 Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: “Quando eu os trouxer de volta do cativeiro[f], o povo de Judá e de suas cidades dirá novamente: ‘O Senhor a abençoe, ó morada justa, ó monte sagrado’. 24 O povo viverá em Judá e em todas as suas cidades, tanto os lavradores como os que conduzem os rebanhos. 25 Restaurarei o exausto e saciarei o enfraquecido”.

26 Então acordei e olhei em redor. Meu sono tinha sido agradável.

27 “Virão dias”, diz o Senhor, “em que semearei na comunidade de Israel e na comunidade de Judá homens e animais. 28 Assim como os vigiei para arrancar e despedaçar, para derrubar, destruir e trazer a desgraça, também os vigiarei para edificar e plantar”, declara o Senhor. 29 “Naqueles dias não se dirá mais:

“‘Os pais comeram uvas verdes,
    e os dentes dos filhos se embotaram’.

30 “Ao contrário, cada um morrerá
    por causa do seu próprio pecado.
Os dentes de todo aquele
    que comer uvas verdes
se embotarão.

31 “Estão chegando os dias”, declara o Senhor,
    “quando farei uma nova aliança
    com a comunidade de Israel
    e com a comunidade de Judá.
32 Não será como a aliança
    que fiz com os seus antepassados
quando os tomei pela mão
    para tirá-los do Egito;
porque quebraram a minha aliança,
    apesar de eu ser o Senhor[g] deles[h]”,
diz o Senhor.
33 “Esta é a aliança que farei
    com a comunidade de Israel
    depois daqueles dias”,
    declara o Senhor:
“Porei a minha lei no íntimo deles
    e a escreverei nos seus corações.
Serei o Deus deles,
    e eles serão o meu povo.
34 Ninguém mais ensinará ao seu próximo
    nem ao seu irmão, dizendo:
‘Conheça ao Senhor’,
    porque todos eles me conhecerão,
desde o menor até o maior”,
    diz o Senhor.
“Porque eu lhes perdoarei a maldade
e não me lembrarei mais
    dos seus pecados.”

35 Assim diz o Senhor,
    aquele que designou o sol
para brilhar de dia,
    que decretou que a lua
    e as estrelas brilhem de noite,
    que agita o mar
para que as suas ondas rujam;
o seu nome é o Senhor dos Exércitos:
36 “Somente se esses decretos
    desaparecerem de diante de mim”,
declara o Senhor,
    “deixarão os descendentes de Israel
de ser uma nação diante de mim
    para sempre”.

37 Assim diz o Senhor:

“Se os céus em cima
    puderem ser medidos,
e os alicerces da terra embaixo
    puderem ser sondados,
então eu rejeitarei
    os descendentes de Israel,
por tudo o que eles têm feito”,
    diz o Senhor.

38 “Estão chegando os dias”, declara o Senhor, “em que esta cidade será reconstruída para o Senhor, desde a torre de Hananeel até a porta da Esquina. 39 A corda de medir será estendida diretamente até a colina de Garebe, indo na direção de Goa. 40 Todo o vale, onde cadáveres e cinzas são jogados, e todos os terraços que dão para o vale do Cedrom a leste, até a esquina da porta dos Cavalos, serão consagrados ao Senhor. A cidade nunca mais será arrasada ou destruída.”

Notas al pie

  1. 31.3 Ou Senhor apareceu a nós vindo de longe,
  2. 31.5 Ou videiras que os lavradores plantarão e cujo fruto colherão.
  3. 31.7 Conforme a Septuaginta. O Texto Massorético diz Ó Senhor, salva o teu povo.
  4. 31.9 Conforme a Septuaginta. O Texto Massorético diz Suplicarão enquanto eu os conduzir.
  5. 31.22 Ou sairá em busca de; ou ainda protegerá
  6. 31.23 Ou eu restaurar a sorte deles
  7. 31.32 Ou marido
  8. 31.32 A Septuaginta e a Versão Siríaca dizem e eu me afastei deles.

King James Version

Jeremiah 31

1At the same time, saith the Lord, will I be the God of all the families of Israel, and they shall be my people.

Thus saith the Lord, The people which were left of the sword found grace in the wilderness; even Israel, when I went to cause him to rest.

The Lord hath appeared of old unto me, saying, Yea, I have loved thee with an everlasting love: therefore with lovingkindness have I drawn thee.

Again I will build thee, and thou shalt be built, O virgin of Israel: thou shalt again be adorned with thy tabrets, and shalt go forth in the dances of them that make merry.

Thou shalt yet plant vines upon the mountains of Samaria: the planters shall plant, and shall eat them as common things.

For there shall be a day, that the watchmen upon the mount Ephraim shall cry, Arise ye, and let us go up to Zion unto the Lord our God.

For thus saith the Lord; Sing with gladness for Jacob, and shout among the chief of the nations: publish ye, praise ye, and say, O Lord, save thy people, the remnant of Israel.

Behold, I will bring them from the north country, and gather them from the coasts of the earth, and with them the blind and the lame, the woman with child and her that travaileth with child together: a great company shall return thither.

They shall come with weeping, and with supplications will I lead them: I will cause them to walk by the rivers of waters in a straight way, wherein they shall not stumble: for I am a father to Israel, and Ephraim is my firstborn.

10 Hear the word of the Lord, O ye nations, and declare it in the isles afar off, and say, He that scattered Israel will gather him, and keep him, as a shepherd doth his flock.

11 For the Lord hath redeemed Jacob, and ransomed him from the hand of him that was stronger than he.

12 Therefore they shall come and sing in the height of Zion, and shall flow together to the goodness of the Lord, for wheat, and for wine, and for oil, and for the young of the flock and of the herd: and their soul shall be as a watered garden; and they shall not sorrow any more at all.

13 Then shall the virgin rejoice in the dance, both young men and old together: for I will turn their mourning into joy, and will comfort them, and make them rejoice from their sorrow.

14 And I will satiate the soul of the priests with fatness, and my people shall be satisfied with my goodness, saith the Lord.

15 Thus saith the Lord; A voice was heard in Ramah, lamentation, and bitter weeping; Rahel weeping for her children refused to be comforted for her children, because they were not.

16 Thus saith the Lord; Refrain thy voice from weeping, and thine eyes from tears: for thy work shall be rewarded, saith the Lord; and they shall come again from the land of the enemy.

17 And there is hope in thine end, saith the Lord, that thy children shall come again to their own border.

18 I have surely heard Ephraim bemoaning himself thus; Thou hast chastised me, and I was chastised, as a bullock unaccustomed to the yoke: turn thou me, and I shall be turned; for thou art the Lord my God.

19 Surely after that I was turned, I repented; and after that I was instructed, I smote upon my thigh: I was ashamed, yea, even confounded, because I did bear the reproach of my youth.

20 Is Ephraim my dear son? is he a pleasant child? for since I spake against him, I do earnestly remember him still: therefore my bowels are troubled for him; I will surely have mercy upon him, saith the Lord.

21 Set thee up waymarks, make thee high heaps: set thine heart toward the highway, even the way which thou wentest: turn again, O virgin of Israel, turn again to these thy cities.

22 How long wilt thou go about, O thou backsliding daughter? for the Lord hath created a new thing in the earth, A woman shall compass a man.

23 Thus saith the Lord of hosts, the God of Israel; As yet they shall use this speech in the land of Judah and in the cities thereof, when I shall bring again their captivity; The Lord bless thee, O habitation of justice, and mountain of holiness.

24 And there shall dwell in Judah itself, and in all the cities thereof together, husbandmen, and they that go forth with flocks.

25 For I have satiated the weary soul, and I have replenished every sorrowful soul.

26 Upon this I awaked, and beheld; and my sleep was sweet unto me.

27 Behold, the days come, saith the Lord, that I will sow the house of Israel and the house of Judah with the seed of man, and with the seed of beast.

28 And it shall come to pass, that like as I have watched over them, to pluck up, and to break down, and to throw down, and to destroy, and to afflict; so will I watch over them, to build, and to plant, saith the Lord.

29 In those days they shall say no more, The fathers have eaten a sour grape, and the children's teeth are set on edge.

30 But every one shall die for his own iniquity: every man that eateth the sour grape, his teeth shall be set on edge.

31 Behold, the days come, saith the Lord, that I will make a new covenant with the house of Israel, and with the house of Judah:

32 Not according to the covenant that I made with their fathers in the day that I took them by the hand to bring them out of the land of Egypt; which my covenant they brake, although I was an husband unto them, saith the Lord:

33 But this shall be the covenant that I will make with the house of Israel; After those days, saith the Lord, I will put my law in their inward parts, and write it in their hearts; and will be their God, and they shall be my people.

34 And they shall teach no more every man his neighbour, and every man his brother, saying, Know the Lord: for they shall all know me, from the least of them unto the greatest of them, saith the Lord: for I will forgive their iniquity, and I will remember their sin no more.

35 Thus saith the Lord, which giveth the sun for a light by day, and the ordinances of the moon and of the stars for a light by night, which divideth the sea when the waves thereof roar; The Lord of hosts is his name:

36 If those ordinances depart from before me, saith the Lord, then the seed of Israel also shall cease from being a nation before me for ever.

37 Thus saith the Lord; If heaven above can be measured, and the foundations of the earth searched out beneath, I will also cast off all the seed of Israel for all that they have done, saith the Lord.

38 Behold, the days come, saith the Lord, that the city shall be built to the Lord from the tower of Hananeel unto the gate of the corner.

39 And the measuring line shall yet go forth over against it upon the hill Gareb, and shall compass about to Goath.

40 And the whole valley of the dead bodies, and of the ashes, and all the fields unto the brook of Kidron, unto the corner of the horse gate toward the east, shall be holy unto the Lord; it shall not be plucked up, nor thrown down any more for ever.