Nova Versão Internacional

Cântico dos Cânticos 1:1-17

1Cântico dos Cânticos de Salomão.

A Amada1.2 Com base no gênero dos pronomes hebraicos empregados, indicam-se por meio dos títulos o Amado e a Amada, quando o interlocutor é o homem ou a mulher. As palavras dos outros interlocutores estão assinaladas com o título Amigas. Em alguns casos as divisões e seus títulos são discutíveis.

2Ah, se ele me beijasse,

se a sua boca me cobrisse de beijos…

Sim, as suas carícias são mais agradáveis

que o vinho.

3A fragrância dos seus perfumes é suave;

o seu nome é como perfume derramado.

Não é à toa que as jovens o amam!

4Leve-me com você! Vamos depressa!

Leve-me o rei para os seus aposentos!

Amigas (Mulheres de Jerusalém)

Estamos alegres e felizes por sua causa;

celebraremos o seu amor mais do que o vinho.

A Amada

Com toda a razão você é amado!

5Estou escura, mas sou bela,

ó mulheres de Jerusalém;

escura como as tendas de Quedar,

bela como as cortinas de Salomão.

6Não fiquem me olhando assim porque estou escura;

foi o sol que me queimou a pele.

Os filhos de minha mãe zangaram-se comigo

e fizeram-me tomar conta das vinhas;

da minha própria vinha, porém,

não pude cuidar.

7Conte-me, você, a quem amo,

onde faz pastar o seu rebanho

e onde faz as suas ovelhas

descansarem ao meio-dia?

Se eu não o souber,

serei como uma mulher coberta com véu

junto aos rebanhos dos seus amigos.

O Amado

8Se você, a mais linda das mulheres,

se você não o sabe,

siga a trilha das ovelhas

e faça as suas cabritas pastarem

junto às tendas dos pastores.

9Comparo você, minha querida,

a uma égua das carruagens do faraó.

10Como são belas as suas faces entre os brincos,

e o seu pescoço com os colares de joias!

Amigas (Mulheres de Jerusalém)

11Faremos para você brincos de ouro

com incrustações de prata.

A Amada

12Enquanto o rei estava em seus aposentos,

o meu nardo espalhou sua fragrância.

13O meu amado é para mim

como uma pequenina bolsa de mirra

que passa a noite entre os meus seios.

14O meu amado é para mim

um ramalhete de flores de hena1.14 Isto é, planta aromática.

das vinhas de En-Gedi.

O Amado

15Como você é linda, minha querida!

Ah, como é linda!

Seus olhos são pombas.

A Amada

16Como você é belo, meu amado!

Ah, como é encantador!

Verdejante é o nosso leito.

17De cedro são as vigas da nossa casa,

e de cipreste os caibros do nosso telhado.

Nueva Versión Internacional

Cantares 1:1-17

1Cantar de los cantares1:1 Cantar de los cantares. Alt. El más bello cantar. de Salomón.

Primer Canto

La amada

2Ah, si me besaras con los besos de tu boca…1:2 si me besaras … tu boca. Lit. béseme él con los besos de su boca.

¡grato en verdad es tu amor, más que el vino!

3Grata es también, de tus perfumes, la fragancia;

tú mismo eres1:3 tú mismo eres. Lit. tu nombre es. bálsamo fragante.

¡Con razón te aman las doncellas!

4¡Hazme del todo tuya!1:4 Hazme del todo tuya. Lit. Arrástrame tras de ti. ¡Date prisa!

¡Llévame, oh rey, a tu alcoba!

Los amigos

Regocijémonos y deleitémonos juntos,

celebraremos tus caricias más que el vino.

¡Sobran las razones para amarte!

La amada

5Morena soy, pero hermosa,

hijas de Jerusalén;

morena como las carpas de Cedar,

hermosa como los pabellones de Salmá.1:5 Salmá. Alt. Salomón.

6No se fijen en mi tez morena,

ni en que el sol me bronceó la piel.

Mis hermanos se enfadaron contra mí,

y me obligaron a cuidar las viñas;

¡y mi propia viña descuidé!

7Cuéntame, amor de mi vida,

¿dónde apacientas tus rebaños?,

¿dónde a la hora de la siesta1:7 a la hora de la siesta. Lit. al mediodía. los haces reposar?

¿Por qué he de andar vagando1:7 vagando (véanse Siríaca, Targum y Vulgata); como una mujer cubierta con un velo (TM).

entre los rebaños de tus amigos?

Los amigos

8Si no lo sabes, bella entre las bellas,

ve tras la huella del rebaño

y apacienta a tus cabritos

junto a las moradas de los pastores.

El amado

9Tú y tus adornos, amada mía,

me recuerdan a las yeguas enjaezadas

de los carros del faraón.

10¡Qué hermosas lucen tus mejillas entre los pendientes!

¡Qué hermoso luce tu cuello entre los collares!

11¡Haremos para ti pendientes de oro

con incrustaciones de plata!

La amada

12Mientras el rey se halla sentado a la mesa,

mi perfume esparce su fragancia.

13Mi amado es para mí como el saquito de mirra

que duerme entre mis pechos.

14Mi amado es para mí como un ramito de azahar1:14 azahar. Lit. alheña.

de las viñas de Engadi.

El amado

15¡Cuán bella eres, amada mía!

¡Cuán bella eres!

¡Tus ojos son dos palomas!

La amada

16¡Cuán hermoso eres, amado mío!

¡Eres un encanto!

El amado

Una alfombra de verdor es nuestro lecho,

17los cedros son las vigas de la casa

y nos cubre un techo de cipreses.