Nova Versão Internacional

2 João 1:1-13

1O presbítero,

à senhora eleita e aos seus filhos, a quem amo na verdade—e não apenas eu os amo, mas também todos os que conhecem a verdade—, 2por causa da verdade que permanece em nós e estará conosco para sempre.

3A graça, a misericórdia e a paz da parte de Deus Pai e de Jesus Cristo, seu Filho, estarão conosco em verdade e em amor.

4Ao encontrar alguns dos seus filhos, muito me alegrei, pois eles estão andando na verdade, conforme o mandamento que recebemos do Pai. 5E agora eu lhe peço, senhora—não como se estivesse escrevendo um mandamento novo, mas o que já tínhamos desde o princípio—que amemos uns aos outros. 6E este é o amor: que andemos em obediência aos seus mandamentos. Como vocês já têm ouvido desde o princípio, o mandamento é este: Que vocês andem em amor.

7De fato, muitos enganadores têm saído pelo mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em corpo7 Grego: carne.. Tal é o enganador e o anticristo. 8Tenham cuidado, para que vocês não destruam o fruto do nosso trabalho, antes sejam recompensados plenamente. 9Todo aquele que não permanece no ensino de Cristo, mas vai além dele, não tem Deus; quem permanece no ensino tem o Pai e também o Filho. 10Se alguém chegar a vocês e não trouxer esse ensino, não o recebam em casa10 Isto é, nas reuniões da igreja realizadas em casa. nem o saúdem. 11Pois quem o saúda torna-se participante das suas obras malignas.

12Tenho muito que escrever a vocês, mas não é meu propósito fazê-lo com papel e tinta. Em vez disso, espero visitá-los e falar com vocês face a face, para que a nossa alegria seja completa.

13Os filhos da sua irmã eleita enviam saudações.

O Livro

2 João 1:1-13

1De João, o ancião, àquela que é eleita de Deus, e aos seus filhos, a quem amo na verdade. E não só eu, mas também todos os que têm conhecido a verdade. 2Pois a verdade está em nossos corações para sempre.

3Deus, o Pai, e Jesus Cristo, seu Filho, nos abençoe, por meio da verdade e do amor, com a sua graça, misericórdia e paz.

Vivendo na verdade

4Tenho muita alegria em constatar que alguns dos teus filhos andam segundo a verdade, de acordo com os mandamentos que recebemos de Deus. 5E agora rogo-te, com insistência, que nos amemos uns aos outros. Este não é um mandamento novo, mas é um mandamento que temos desde o princípio. 6O verdadeiro amor revela-se na nossa obediência ao que Deus nos diz. Este é pois o mandamento que desde sempre nos deu: que nos amemos uns aos outros. 7É que muitos andam já por todo o mundo a enganar, os quais não aceitam que Jesus Cristo tenha vindo com um corpo igual ao nosso. Tal gente é falsa e contra Cristo. 8Estejam bem vigilantes, para que não venham a perder aquilo que já alcançaram, mas que possam receber a recompensa total dada pelo Senhor. 9Porque aquele que se desvia dos ensinos de Cristo é como se abandonasse a Deus mesmo. Mas quem permanece fiel à sua doutrina está unido tanto ao Pai como ao Filho.

10Se alguém vem ter convosco com uma doutrina diferente desta, não o recebam sequer em casa, nem o saúdem. 11Porque se o fizerem é como se se identificassem com ele e se tornassem participantes da sua maldade.

Saudações

12Tinha muito para vos dizer, mas não quero fazê-lo por carta. Espero ir visitar-vos e falar convosco pessoalmente, para que a nossa alegria seja completa.

13Enviam-te saudações os filhos da tua irmã, a qual Deus também escolheu para si.