New Living Translation

Psalm 5

Psalm 5

For the choir director: A psalm of David, to be accompanied by the flute.

O Lord, hear me as I pray;
    pay attention to my groaning.
Listen to my cry for help, my King and my God,
    for I pray to no one but you.
Listen to my voice in the morning, Lord.
    Each morning I bring my requests to you and wait expectantly.

O God, you take no pleasure in wickedness;
    you cannot tolerate the sins of the wicked.
Therefore, the proud may not stand in your presence,
    for you hate all who do evil.
You will destroy those who tell lies.
    The Lord detests murderers and deceivers.

Because of your unfailing love, I can enter your house;
    I will worship at your Temple with deepest awe.
Lead me in the right path, O Lord,
    or my enemies will conquer me.
Make your way plain for me to follow.

My enemies cannot speak a truthful word.
    Their deepest desire is to destroy others.
Their talk is foul, like the stench from an open grave.
    Their tongues are filled with flattery.[a]
10 O God, declare them guilty.
    Let them be caught in their own traps.
Drive them away because of their many sins,
    for they have rebelled against you.

11 But let all who take refuge in you rejoice;
    let them sing joyful praises forever.
Spread your protection over them,
    that all who love your name may be filled with joy.
12 For you bless the godly, O Lord;
    you surround them with your shield of love.

Notas al pie

  1. 5:9 Greek version reads with lies. Compare Rom 3:13.

Nova Versão Internacional

Salmos 5

Salmo 5

Para o mestre de música. Para flautas. Salmo davídico.

Escuta, Senhor, as minhas palavras,
    considera o meu gemer.
Atenta para o meu grito de socorro,
    meu Rei e meu Deus,
pois é a ti que imploro.
De manhã ouves, Senhor, o meu clamor;
de manhã te apresento a minha oração[a]
    e aguardo com esperança.

Tu não és um Deus
    que tenha prazer na injustiça;
contigo o mal não pode habitar.
Os arrogantes não são aceitos
    na tua presença;
odeias todos os que praticam o mal.
Destróis os mentirosos;
os assassinos e os traiçoeiros
    o Senhor detesta.

Eu, porém, pelo teu grande amor,
    entrarei em tua casa;
com temor me inclinarei
    para o teu santo templo.
Conduze-me, Senhor, na tua justiça,
    por causa dos meus inimigos;
aplaina o teu caminho diante de mim.

Nos lábios deles não há palavra confiável;
    suas mentes só tramam destruição.
Suas gargantas são um túmulo aberto;
    com suas línguas enganam sutilmente.
10 Condena-os, ó Deus!
Caiam eles por suas próprias maquinações.
Expulsa-os por causa dos seus muitos crimes,
    pois se rebelaram contra ti.

11 Alegrem-se, porém,
    todos os que se refugiam em ti;
cantem sempre de alegria!
Estende sobre eles a tua proteção.
Em ti exultem os que amam o teu nome.
12 Pois tu, Senhor, abençoas o justo;
o teu favor o protege como um escudo.

Notas al pie

  1. 5.3 Ou o meu sacrifício