New Living Translation

Psalm 36

Psalm 36

For the choir director: A psalm of David, the servant of the Lord.

Sin whispers to the wicked, deep within their hearts.[a]
    They have no fear of God at all.
In their blind conceit,
    they cannot see how wicked they really are.
Everything they say is crooked and deceitful.
    They refuse to act wisely or do good.
They lie awake at night, hatching sinful plots.
    Their actions are never good.
    They make no attempt to turn from evil.

Your unfailing love, O Lord, is as vast as the heavens;
    your faithfulness reaches beyond the clouds.
Your righteousness is like the mighty mountains,
    your justice like the ocean depths.
You care for people and animals alike, O Lord.
    How precious is your unfailing love, O God!
All humanity finds shelter
    in the shadow of your wings.
You feed them from the abundance of your own house,
    letting them drink from your river of delights.
For you are the fountain of life,
    the light by which we see.

10 Pour out your unfailing love on those who love you;
    give justice to those with honest hearts.
11 Don’t let the proud trample me
    or the wicked push me around.
12 Look! Those who do evil have fallen!
    They are thrown down, never to rise again.

Notas al pie

  1. 36:1 As in some Hebrew manuscripts and Syriac version, which read in his heart. Masoretic Text reads in my heart.

Nova Versão Internacional

Salmos 36

Salmo 36

Para o mestre de música. De Davi, servo do Senhor.

Há no meu íntimo um oráculo
    a respeito da maldade do ímpio:
Aos seus olhos é inútil temer a Deus.
Ele se acha tão importante,
    que não percebe nem rejeita o seu pecado.
As palavras da sua boca
    são maldosas e traiçoeiras;
abandonou o bom senso e não quer fazer o bem.
Até na sua cama planeja maldade;
nada há de bom no caminho a que se entregou,
e ele nunca rejeita o mal.

O teu amor, Senhor, chega até os céus;
a tua fidelidade até as nuvens.
A tua justiça é firme como as altas montanhas;
    as tuas decisões insondáveis como o grande mar.
Tu, Senhor, preservas
    tanto os homens quanto os animais.
Como é precioso o teu amor, ó Deus!
Os homens encontram
    refúgio à sombra das tuas asas.
Eles se banqueteiam na fartura da tua casa;
tu lhes dás de beber do teu rio de delícias.
Pois em ti está a fonte da vida;
graças à tua luz, vemos a luz.

10 Estende o teu amor aos que te conhecem,
a tua justiça aos que são retos de coração.
11 Não permitas que o arrogante me pisoteie,
nem que a mão do ímpio me faça recuar.
12 Lá estão os malfeitores caídos,
lançados ao chão, incapazes de levantar-se!