New Living Translation

Psalm 31

Psalm 31

For the choir director: A psalm of David.

O Lord, I have come to you for protection;
    don’t let me be disgraced.
    Save me, for you do what is right.
Turn your ear to listen to me;
    rescue me quickly.
Be my rock of protection,
    a fortress where I will be safe.
You are my rock and my fortress.
    For the honor of your name, lead me out of this danger.
Pull me from the trap my enemies set for me,
    for I find protection in you alone.
I entrust my spirit into your hand.
    Rescue me, Lord, for you are a faithful God.

I hate those who worship worthless idols.
    I trust in the Lord.
I will be glad and rejoice in your unfailing love,
    for you have seen my troubles,
    and you care about the anguish of my soul.
You have not handed me over to my enemies
    but have set me in a safe place.

Have mercy on me, Lord, for I am in distress.
    Tears blur my eyes.
    My body and soul are withering away.
10 I am dying from grief;
    my years are shortened by sadness.
Sin has drained my strength;
    I am wasting away from within.
11 I am scorned by all my enemies
    and despised by my neighbors—
    even my friends are afraid to come near me.
When they see me on the street,
    they run the other way.
12 I am ignored as if I were dead,
    as if I were a broken pot.
13 I have heard the many rumors about me,
    and I am surrounded by terror.
My enemies conspire against me,
    plotting to take my life.

14 But I am trusting you, O Lord,
    saying, “You are my God!”
15 My future is in your hands.
    Rescue me from those who hunt me down relentlessly.
16 Let your favor shine on your servant.
    In your unfailing love, rescue me.
17 Don’t let me be disgraced, O Lord,
    for I call out to you for help.
Let the wicked be disgraced;
    let them lie silent in the grave.[a]
18 Silence their lying lips—
    those proud and arrogant lips that accuse the godly.

19 How great is the goodness
    you have stored up for those who fear you.
You lavish it on those who come to you for protection,
    blessing them before the watching world.
20 You hide them in the shelter of your presence,
    safe from those who conspire against them.
You shelter them in your presence,
    far from accusing tongues.

21 Praise the Lord,
    for he has shown me the wonders of his unfailing love.
    He kept me safe when my city was under attack.
22 In panic I cried out,
    “I am cut off from the Lord!”
But you heard my cry for mercy
    and answered my call for help.

23 Love the Lord, all you godly ones!
    For the Lord protects those who are loyal to him,
    but he harshly punishes the arrogant.
24 So be strong and courageous,
    all you who put your hope in the Lord!

Notas al pie

  1. 31:17 Hebrew in Sheol.

Nova Versão Internacional

Salmos 31

Salmo 31

Para o mestre de música. Salmo davídico.

Em ti, Senhor, me refugio;
    nunca permitas que eu seja humilhado;
    livra-me pela tua justiça.
Inclina os teus ouvidos para mim,
    vem livrar-me depressa!
Sê minha rocha de refúgio,
uma fortaleza poderosa para me salvar.
Sim, tu és a minha rocha e a minha fortaleza;
por amor do teu nome, conduze-me e guia-me.
Tira-me da armadilha que me prepararam,
    pois tu és o meu refúgio.
Nas tuas mãos entrego o meu espírito;
resgata-me, Senhor, Deus da verdade.

Odeio aqueles que se apegam a ídolos inúteis;
eu, porém, confio no Senhor.
Exultarei com grande alegria por teu amor,
pois viste a minha aflição
    e conheceste a angústia da minha alma.
Não me entregaste
    nas mãos dos meus inimigos;
deste-me segurança e liberdade.[a]

Misericórdia, Senhor! Estou em desespero!
A tristeza me consome
    a vista, o vigor e o apetite[b].
10 Minha vida é consumida pela angústia,
    e os meus anos pelo gemido;
minha aflição[c] esgota as minhas forças,
    e os meus ossos se enfraquecem.
11 Por causa de todos os meus adversários,
    sou motivo de ultraje para os meus vizinhos
    e de medo para os meus amigos;
os que me vêem na rua fogem de mim.
12 Sou esquecido por eles
    como se estivesse morto;
tornei-me como um pote quebrado.
13 Ouço muitos cochicharem a meu respeito;
    o pavor me domina,
pois conspiram contra mim,
    tramando tirar-me a vida.
14 Mas eu confio em ti, Senhor,
    e digo: Tu és o meu Deus.
15 O meu futuro está nas tuas mãos;
livra-me dos meus inimigos
    e daqueles que me perseguem.
16 Faze o teu rosto resplandecer
    sobre[d] o teu servo;
salva-me por teu amor leal.
17 Não permitas que eu seja humilhado, Senhor,
    pois tenho clamado a ti;
mas que os ímpios sejam humilhados,
    e calados fiquem no Sheol[e].
18 Sejam emudecidos os seus lábios mentirosos,
pois com arrogância e desprezo
    humilham os justos.

19 Como é grande a tua bondade,
    que reservaste para aqueles que te temem,
e que, à vista dos homens,
    concedes àqueles que se refugiam em ti!
20 No abrigo da tua presença os escondes
    das intrigas dos homens;
na tua habitação os proteges
    das línguas acusadoras.

21 Bendito seja o Senhor,
pois mostrou o seu maravilhoso amor
    para comigo
quando eu estava numa cidade cercada.
22 Alarmado, eu disse:
    Fui excluído da tua presença!
Contudo, ouviste as minhas súplicas
    quando clamei a ti por socorro.

23 Amem o Senhor, todos vocês, os seus santos!
O Senhor preserva os fiéis,
    mas aos arrogantes dá o que merecem.
24 Sejam fortes e corajosos,
    todos vocês que esperam no Senhor!

Notas al pie

  1. 31.8 Hebraico: puseste os meus pés num lugar espaçoso.
  2. 31.9 Ou os olhos, a garganta e o ventre
  3. 31.10 Ou culpa
  4. 31.16 Isto é, mostra a tua bondade para com.
  5. 31.17 Essa palavra pode ser traduzida por sepultura, profundezas, pó ou morte.