New Living Translation

Psalm 18

Psalm 18

For the choir director: A psalm of David, the servant of the Lord. He sang this song to the Lord on the day the Lord rescued him from all his enemies and from Saul. He sang:

I love you, Lord;
    you are my strength.
The Lord is my rock, my fortress, and my savior;
    my God is my rock, in whom I find protection.
He is my shield, the power that saves me,
    and my place of safety.
I called on the Lord, who is worthy of praise,
    and he saved me from my enemies.

The ropes of death entangled me;
    floods of destruction swept over me.
The grave[a] wrapped its ropes around me;
    death laid a trap in my path.
But in my distress I cried out to the Lord;
    yes, I prayed to my God for help.
He heard me from his sanctuary;
    my cry to him reached his ears.

Then the earth quaked and trembled.
    The foundations of the mountains shook;
    they quaked because of his anger.
Smoke poured from his nostrils;
    fierce flames leaped from his mouth.
    Glowing coals blazed forth from him.
He opened the heavens and came down;
    dark storm clouds were beneath his feet.
10 Mounted on a mighty angelic being,[b] he flew,
    soaring on the wings of the wind.
11 He shrouded himself in darkness,
    veiling his approach with dark rain clouds.
12 Thick clouds shielded the brightness around him
    and rained down hail and burning coals.[c]
13 The Lord thundered from heaven;
    the voice of the Most High resounded
    amid the hail and burning coals.
14 He shot his arrows and scattered his enemies;
    great bolts of lightning flashed, and they were confused.
15 Then at your command, O Lord,
    at the blast of your breath,
the bottom of the sea could be seen,
    and the foundations of the earth were laid bare.

16 He reached down from heaven and rescued me;
    he drew me out of deep waters.
17 He rescued me from my powerful enemies,
    from those who hated me and were too strong for me.
18 They attacked me at a moment when I was in distress,
    but the Lord supported me.
19 He led me to a place of safety;
    he rescued me because he delights in me.
20 The Lord rewarded me for doing right;
    he restored me because of my innocence.
21 For I have kept the ways of the Lord;
    I have not turned from my God to follow evil.
22 I have followed all his regulations;
    I have never abandoned his decrees.
23 I am blameless before God;
    I have kept myself from sin.
24 The Lord rewarded me for doing right.
    He has seen my innocence.

25 To the faithful you show yourself faithful;
    to those with integrity you show integrity.
26 To the pure you show yourself pure,
    but to the crooked you show yourself shrewd.
27 You rescue the humble,
    but you humiliate the proud.
28 You light a lamp for me.
    The Lord, my God, lights up my darkness.
29 In your strength I can crush an army;
    with my God I can scale any wall.

30 God’s way is perfect.
    All the Lord’s promises prove true.
    He is a shield for all who look to him for protection.
31 For who is God except the Lord?
    Who but our God is a solid rock?
32 God arms me with strength,
    and he makes my way perfect.
33 He makes me as surefooted as a deer,
    enabling me to stand on mountain heights.
34 He trains my hands for battle;
    he strengthens my arm to draw a bronze bow.
35 You have given me your shield of victory.
    Your right hand supports me;
    your help[d] has made me great.
36 You have made a wide path for my feet
    to keep them from slipping.

37 I chased my enemies and caught them;
    I did not stop until they were conquered.
38 I struck them down so they could not get up;
    they fell beneath my feet.
39 You have armed me with strength for the battle;
    you have subdued my enemies under my feet.
40 You placed my foot on their necks.
    I have destroyed all who hated me.
41 They called for help, but no one came to their rescue.
    They even cried to the Lord, but he refused to answer.
42 I ground them as fine as dust in the wind.
    I swept them into the gutter like dirt.
43 You gave me victory over my accusers.
    You appointed me ruler over nations;
    people I don’t even know now serve me.
44 As soon as they hear of me, they submit;
    foreign nations cringe before me.
45 They all lose their courage
    and come trembling from their strongholds.

46 The Lord lives! Praise to my Rock!
    May the God of my salvation be exalted!
47 He is the God who pays back those who harm me;
    he subdues the nations under me
48     and rescues me from my enemies.
You hold me safe beyond the reach of my enemies;
    you save me from violent opponents.
49 For this, O Lord, I will praise you among the nations;
    I will sing praises to your name.
50 You give great victories to your king;
    you show unfailing love to your anointed,
    to David and all his descendants forever.

Notas al pie

  1. 18:5 Hebrew Sheol.
  2. 18:10 Hebrew a cherub.
  3. 18:12 Or and lightning bolts; also in 18:13.
  4. 18:35 Hebrew your humility; compare 2 Sam 22:36.

Nova Versão Internacional

Salmos 18

Salmo 18

Para o mestre de música. De Davi, servo do Senhor. Ele cantou as palavras deste cântico ao Senhor quando este o livrou das mãos de todos os seus inimigos e das mãos de Saul. Ele disse:

Eu te amo, ó Senhor, minha força.

O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza
    e o meu libertador;
o meu Deus é o meu rochedo,
    em quem me refugio.
Ele é o meu escudo e o poder[a] que me salva,
    a minha torre alta.
Clamo ao Senhor, que é digno de louvor,
e estou salvo dos meus inimigos.
As cordas da morte me enredaram;
as torrentes da destruição me surpreenderam.
As cordas do Sheol[b] me envolveram;
os laços da morte me alcançaram.
Na minha aflição clamei ao Senhor;
gritei por socorro ao meu Deus.
Do seu templo ele ouviu a minha voz;
meu grito chegou à sua presença,
    aos seus ouvidos.

A terra tremeu e agitou-se,
    e os fundamentos dos montes se abalaram;
estremeceram porque ele se irou.
Das suas narinas subiu fumaça;
da sua boca saíram brasas vivas
    e fogo consumidor.
Ele abriu os céus e desceu;
nuvens escuras estavam sob os seus pés.
10 Montou um querubim e voou,
    deslizando sobre as asas do vento.
11 Fez das trevas o seu esconderijo,
das escuras nuvens, cheias de água,
o abrigo que o envolvia.
12 Com o fulgor da sua presença
    as nuvens se desfizeram em granizo e raios,
13 quando dos céus trovejou o Senhor,
    e ressoou a voz do Altíssimo.
14 Atirou suas flechas e dispersou meus inimigos,
    com seus raios os derrotou.
15 O fundo do mar apareceu,
    e os fundamentos da terra foram expostos
pela tua repreensão, ó Senhor,
    com o forte sopro das tuas narinas.

16 Das alturas estendeu a mão e me segurou;
tirou-me das águas profundas.
17 Livrou-me do meu inimigo poderoso,
dos meus adversários, fortes demais para mim.
18 Eles me atacaram no dia da minha desgraça,
mas o Senhor foi o meu amparo.
19 Ele me deu total libertação;[c]
livrou-me porque me quer bem.

20 O Senhor me tratou
    conforme a minha justiça;
conforme a pureza das minhas mãos
    recompensou-me.
21 Pois segui os caminhos do Senhor;
não agi como ímpio,
    afastando-me do meu Deus.
22 Todas as suas ordenanças estão diante de mim;
não me desviei dos seus decretos.
23 Tenho sido irrepreensível para com ele
    e guardei-me de praticar o mal.
24 O Senhor me recompensou
    conforme a minha justiça,
conforme a pureza das minhas mãos
    diante dos seus olhos.

25 Ao fiel te revelas fiel,
ao irrepreensível te revelas irrepreensível,
26 ao puro te revelas puro,
mas com o perverso reages à altura.
27 Salvas os que são humildes,
mas humilhas os de olhos altivos.
28 Tu, Senhor, manténs acesa a minha lâmpada;
o meu Deus transforma em luz as minhas trevas.
29 Com o teu auxílio posso atacar uma tropa;
com o meu Deus posso transpor muralhas.

30 Este é o Deus cujo caminho é perfeito;
a palavra do Senhor
    é comprovadamente genuína.
Ele é um escudo para todos
    os que nele se refugiam.
31 Pois quem é Deus além do Senhor?
E quem é rocha senão o nosso Deus?
32 Ele é o Deus que me reveste de força
e torna perfeito o meu caminho.
33 Torna os meus pés ágeis como os da corça,
sustenta-me firme nas alturas.
34 Ele treina as minhas mãos para a batalha
e os meus braços
    para vergar um arco de bronze.
35 Tu me dás o teu escudo de vitória;
tua mão direita me sustém;
desces ao meu encontro para exaltar-me.
36 Deixaste livre o meu caminho,
    para que não se torçam os meus tornozelos.

37 Persegui os meus inimigos e os alcancei;
e não voltei enquanto não foram destruídos.
38 Massacrei-os, e não puderam levantar-se;
jazem debaixo dos meus pés.
39 Deste-me força para o combate;
subjugaste os que se rebelaram contra mim.
40 Puseste os meus inimigos em fuga
e exterminei os que me odiavam.
41 Gritaram por socorro,
    mas não houve quem os salvasse;
clamaram ao Senhor, mas ele não respondeu.
42 Eu os reduzi a pó, pó que o vento leva.
    Pisei-os como à lama das ruas.

43 Tu me livraste de um povo em revolta;
fizeste-me o cabeça de nações;
um povo que não conheci sujeita-se a mim.
44 Assim que me ouvem, me obedecem;
são estrangeiros que se submetem a mim.
45 Todos eles perderam a coragem;
tremendo, saem das suas fortalezas.

46 O Senhor vive! Bendita seja a minha Rocha!
Exaltado seja Deus, o meu Salvador!
47 Este é o Deus que em meu favor
    executa vingança,
que a mim sujeita nações.
48 Tu me livraste dos meus inimigos;
sim, fizeste-me triunfar
    sobre os meus agressores,
    e de homens violentos me libertaste.
49 Por isso eu te louvarei entre as nações,
    ó Senhor;
cantarei louvores ao teu nome.
50 Ele dá grandes vitórias ao seu rei;
é bondoso com o seu ungido,
com Davi e os seus descendentes para sempre.

Notas al pie

  1. 18.2 Hebraico: chifre.
  2. 18.5 Essa palavra pode ser traduzida por sepultura, profundezas, pó ou morte.
  3. 18.19 Hebraico: Ele me levou para um local espaçoso.