New Living Translation

Psalm 10

Psalm 10

O Lord, why do you stand so far away?
    Why do you hide when I am in trouble?
The wicked arrogantly hunt down the poor.
    Let them be caught in the evil they plan for others.
For they brag about their evil desires;
    they praise the greedy and curse the Lord.

The wicked are too proud to seek God.
    They seem to think that God is dead.
Yet they succeed in everything they do.
    They do not see your punishment awaiting them.
    They sneer at all their enemies.
They think, “Nothing bad will ever happen to us!
    We will be free of trouble forever!”

Their mouths are full of cursing, lies, and threats.[a]
    Trouble and evil are on the tips of their tongues.
They lurk in ambush in the villages,
    waiting to murder innocent people.
    They are always searching for helpless victims.
Like lions crouched in hiding,
    they wait to pounce on the helpless.
Like hunters they capture the helpless
    and drag them away in nets.
10 Their helpless victims are crushed;
    they fall beneath the strength of the wicked.
11 The wicked think, “God isn’t watching us!
    He has closed his eyes and won’t even see what we do!”

12 Arise, O Lord!
    Punish the wicked, O God!
    Do not ignore the helpless!
13 Why do the wicked get away with despising God?
    They think, “God will never call us to account.”
14 But you see the trouble and grief they cause.
    You take note of it and punish them.
The helpless put their trust in you.
    You defend the orphans.

15 Break the arms of these wicked, evil people!
    Go after them until the last one is destroyed.
16 The Lord is king forever and ever!
    The godless nations will vanish from the land.
17 Lord, you know the hopes of the helpless.
    Surely you will hear their cries and comfort them.
18 You will bring justice to the orphans and the oppressed,
    so mere people can no longer terrify them.

Notas al pie

  1. 10:7 Greek version reads cursing and bitterness. Compare Rom 3:14.

Nova Versão Internacional

Salmos 10

Salmo 10

Senhor, por que estás tão longe?
    Por que te escondes em tempos de angústia?

Em sua arrogância o ímpio persegue o pobre,
    que é apanhado em suas tramas.
Ele se gaba de sua própria cobiça
e, em sua ganância,
    amaldiçoa[a] e insulta o Senhor.
Em sua presunção o ímpio não o busca;
não há lugar para Deus
    em nenhum dos seus planos.
Os seus caminhos prosperam sempre;
tão acima da sua compreensão estão as tuas leis
    que ele faz pouco caso
    de todos os seus adversários,
pensando consigo mesmo: “Nada me abalará!
Desgraça alguma me atingirá,
nem a mim nem aos meus descendentes”.
Sua boca está cheia de maldições,
    mentiras e ameaças;
violência e maldade estão em sua língua.
Fica à espreita perto dos povoados;
em emboscadas mata os inocentes,
    procurando às escondidas as suas vítimas.
Fica à espreita como o leão escondido;
    fica à espreita para apanhar o necessitado;
apanha o necessitado e o arrasta para a sua rede.
10 Agachado, fica de tocaia;
    as suas vítimas caem em seu poder.
11 Pensa consigo mesmo: “Deus se esqueceu;
    escondeu o rosto e nunca verá isto”.

12 Levanta-te, Senhor!
Ergue a tua mão, ó Deus!
Não te esqueças dos necessitados.
13 Por que o ímpio insulta a Deus,
    dizendo no seu íntimo:
    “De nada me pedirás contas!”?
14 Mas tu enxergas o sofrimento e a dor;
    observa-os para tomá-los em tuas mãos.
A vítima deles entrega-se a ti;
    tu és o protetor do órfão.
15 Quebra o braço do ímpio e do perverso,
pede contas de sua impiedade
    até que dela nada mais se ache[b].

16 O Senhor é rei para todo o sempre;
da sua terra desapareceram os outros povos.
17 Tu, Senhor, ouves a súplica dos necessitados;
tu os reanimas e atendes ao seu clamor.
18 Defendes o órfão e o oprimido,
    a fim de que o homem, que é pó,
    já não cause terror.

Notas al pie

  1. 10.3 Hebraico: abençoa. Aqui empregado como eufemismo.
  2. 10.15 Ou do contrário, não será descoberta