New International Version - UK

Psalm 84

Psalm 84[a]

For the director of music. According to gittith.[b] Of the Sons of Korah. A psalm.

How lovely is your dwelling-place,
    Lord Almighty!
My soul yearns, even faints,
    for the courts of the Lord;
my heart and my flesh cry out
    for the living God.
Even the sparrow has found a home,
    and the swallow a nest for herself,
    where she may have her young –
a place near your altar,
    Lord Almighty, my King and my God.
Blessed are those who dwell in your house;
    they are ever praising you.[c]

Blessed are those whose strength is in you,
    whose hearts are set on pilgrimage.
As they pass through the Valley of Baka,
    they make it a place of springs;
    the autumn rains also cover it with pools.[d]
They go from strength to strength,
    till each appears before God in Zion.

Hear my prayer, Lord God Almighty;
    listen to me, God of Jacob.
Look on our shield,[e] O God;
    look with favour on your anointed one.

10 Better is one day in your courts
    than a thousand elsewhere;
I would rather be a doorkeeper in the house of my God
    than dwell in the tents of the wicked.
11 For the Lord God is a sun and shield;
    the Lord bestows favour and honour;
no good thing does he withhold
    from those whose way of life is blameless.

12 Lord Almighty,
    blessed is the one who trusts in you.

Notas al pie

  1. Psalm 84:1 In Hebrew texts 84:1-12 is numbered 84:2-13.
  2. Psalm 84:1 Title: Probably a musical term
  3. Psalm 84:4 The Hebrew has Selah (a word of uncertain meaning) here and at the end of verse 8.
  4. Psalm 84:6 Or blessings
  5. Psalm 84:9 Or sovereign

Nova Versão Internacional

Salmos 84

Salmo 84

Para o mestre de música. De acordo com a melodia Os Lagares. Salmo dos coraítas.

Como é agradável o lugar da tua habitação,
    Senhor dos Exércitos!
A minha alma anela, e até desfalece,
    pelos átrios do Senhor;
o meu coração e o meu corpo
    cantam de alegria ao Deus vivo.

Até o pardal achou um lar,
    e a andorinha um ninho para si,
para abrigar os seus filhotes,
    um lugar perto do teu altar,
ó Senhor dos Exércitos, meu Rei e meu Deus.
Como são felizes
    os que habitam em tua casa;
louvam-te sem cessar!Pausa

Como são felizes os que em ti
    encontram sua força,
e os que são peregrinos de coração!
Ao passarem pelo vale de Baca[a],
    fazem dele um lugar de fontes;
as chuvas de outono
    também o enchem de cisternas[b].
Prosseguem o caminho de força em força,
até que cada um se apresente a Deus em Sião.

Ouve a minha oração,
    ó Senhor Deus dos Exércitos;
escuta-me, ó Deus de Jacó.Pausa
Olha, ó Deus, que és nosso escudo[c];
trata com bondade o teu ungido.
10 Melhor é um dia nos teus átrios
    do que mil noutro lugar;
prefiro ficar à porta da casa do meu Deus
    a habitar nas tendas dos ímpios.
11 O Senhor Deus é sol e escudo;
o Senhor concede favor e honra;
não recusa nenhum bem
    aos que vivem com integridade.

12 Ó Senhor dos Exércitos,
como é feliz aquele que em ti confia!

Notas al pie

  1. 84.6 Ou de lágrimas; ou ainda seco
  2. 84.6 Ou bênçãos
  3. 84.9 Ou soberano