New International Version - UK

Psalm 81

Psalm 81[a]

For the director of music. According to gittith.[b] Of Asaph.

Sing for joy to God our strength;
    shout aloud to the God of Jacob!
Begin the music, strike the tambourine,
    play the melodious harp and lyre.

Sound the ram’s horn at the New Moon,
    and when the moon is full, on the day of our Feast;
this is a decree for Israel,
    an ordinance of the God of Jacob.
When God went out against Egypt,
    he established it as a statute for Joseph.

I heard an unknown voice say:

‘I removed the burden from their shoulders;
    their hands were set free from the basket.
In your distress you called and I rescued you,
    I answered you out of a thundercloud;
    I tested you at the waters of Meribah.[c]
Hear me, my people, and I will warn you –
    if you would only listen to me, Israel!
You shall have no foreign god among you;
    you shall not worship any god other than me.
10 I am the Lord your God,
    who brought you up out of Egypt.
Open wide your mouth and I will fill it.

11 ‘But my people would not listen to me;
    Israel would not submit to me.
12 So I gave them over to their stubborn hearts
    to follow their own devices.

13 ‘If my people would only listen to me,
    if Israel would only follow my ways,
14 how quickly I would subdue their enemies
    and turn my hand against their foes!
15 Those who hate the Lord would cringe before him,
    and their punishment would last for ever.
16 But you would be fed with the finest of wheat;
    with honey from the rock I would satisfy you.’

Notas al pie

  1. Psalm 81:1 In Hebrew texts 81:1-16 is numbered 81:2-17.
  2. Psalm 81:1 Title: Probably a musical term
  3. Psalm 81:7 The Hebrew has Selah (a word of uncertain meaning) here.

Nova Versão Internacional

Salmos 81

Salmo 81

Para o mestre de música. De acordo com a melodia Os Lagares. Da família de Asafe.

Cantem de alegria a Deus, nossa força;
aclamem o Deus de Jacó!
Comecem o louvor, façam ressoar o tamborim,
toquem a lira e a harpa melodiosa.

Toquem a trombeta na lua nova
e no dia de lua cheia, dia da nossa festa;
porque este é um decreto para Israel,
uma ordenança do Deus de Jacó,
que ele estabeleceu como estatuto para José,
    quando atacou o Egito.
Ali ouvimos uma língua[a] que não conhecíamos.

Ele diz: “Tirei o peso dos seus ombros;
suas mãos ficaram livres dos cestos de cargas.
Na sua aflição vocês clamaram e eu os livrei,
do esconderijo dos trovões lhes respondi;
eu os pus à prova nas águas de Meribá[b].Pausa

“Ouça, meu povo, as minhas advertências;
se tão-somente você me escutasse, ó Israel!
Não tenha deus estrangeiro no seu meio;
não se incline perante nenhum deus estranho.
10 Eu sou o Senhor, o seu Deus,
    que o tirei da terra do Egito.
Abra a sua boca, e eu o alimentarei.

11 “Mas o meu povo não quis ouvir-me;
Israel não quis obedecer-me.
12 Por isso os entreguei
    ao seu coração obstinado,
para seguirem os seus próprios planos.

13 “Se o meu povo apenas me ouvisse,
se Israel seguisse os meus caminhos,
14 com rapidez eu subjugaria os seus inimigos
e voltaria a minha mão
    contra os seus adversários!
15 Os que odeiam o Senhor
    se renderiam diante dele,
e receberiam um castigo perpétuo.
16 Mas eu sustentaria Israel
    com o melhor trigo,
e com o mel da rocha eu o satisfaria”.

Notas al pie

  1. 81.5 Ou voz
  2. 81.7 Meribá significa rebelião.