New International Version - UK

Psalm 48

Psalm 48[a]

A song. A psalm of the Sons of Korah.

Great is the Lord, and most worthy of praise,
    in the city of our God, his holy mountain.

Beautiful in its loftiness,
    the joy of the whole earth,
like the heights of Zaphon[b] is Mount Zion,
    the city of the Great King.
God is in her citadels;
    he has shown himself to be her fortress.

When the kings joined forces,
    when they advanced together,
they saw her and were astounded;
    they fled in terror.
Trembling seized them there,
    pain like that of a woman in labour.
You destroyed them like ships of Tarshish
    shattered by an east wind.

As we have heard,
    so we have seen
in the city of the Lord Almighty,
    in the city of our God:
God makes her secure
    for ever.[c]

Within your temple, O God,
    we meditate on your unfailing love.
10 Like your name, O God,
    your praise reaches to the ends of the earth;
    your right hand is filled with righteousness.
11 Mount Zion rejoices,
    the villages of Judah are glad
    because of your judgments.

12 Walk about Zion, go round her,
    count her towers,
13 consider well her ramparts,
    view her citadels,
that you may tell of them
    to the next generation.

14 For this God is our God for ever and ever;
    he will be our guide even to the end.

Notas al pie

  1. Psalm 48:1 In Hebrew texts 48:1-14 is numbered 48:2-15.
  2. Psalm 48:2 Zaphon was the most sacred mountain of the Canaanites.
  3. Psalm 48:8 The Hebrew has Selah (a word of uncertain meaning) here.

Nova Versão Internacional

Salmos 48

Salmo 48

Um cântico. Salmo dos coraítas.

Grande é o Senhor,
    e digno de todo louvor
na cidade do nosso Deus.
Seu santo monte, belo e majestoso,
    é a alegria de toda a terra.
Como as alturas do Zafom[a] é o monte Sião,
a cidade do grande Rei.
Nas suas cidadelas
    Deus se revela como sua proteção.

Vejam! Os reis somaram forças,
e juntos avançaram contra ela.
Quando a viram, ficaram atônitos,
fugiram aterrorizados.
Ali mesmo o pavor os dominou;
contorceram-se como a mulher no parto.
Foste como o vento oriental
    quando destruiu os navios de Társis.

Como já temos ouvido,
    agora também temos visto
na cidade do Senhor dos Exércitos,
    na cidade de nosso Deus:
Deus a preserva firme para sempre.Pausa

No teu templo, ó Deus,
    meditamos em teu amor leal.
10 Como o teu nome, ó Deus,
    o teu louvor alcança os confins da terra;
a tua mão direita está cheia de justiça.
11 O monte Sião se alegra,
as cidades[b] de Judá exultam
por causa das tuas decisões justas.

12 Percorram Sião, contornando-a,
contem as suas torres,
13 observem bem as suas muralhas,
examinem as suas cidadelas,
para que vocês falem à próxima geração
14 que este Deus é o nosso Deus
    para todo o sempre;
ele será o nosso guia até o fim[c].

Notas al pie

  1. 48.2 Zafom refere-se ou a um monte sagrado ou à direção norte.
  2. 48.11 Hebraico: filhas.
  3. 48.14 Ou até à morte