New International Version

Psalm 5

Psalm 5[a]

For the director of music. For pipes. A psalm of David.

Listen to my words, Lord,
    consider my lament.
Hear my cry for help,
    my King and my God,
    for to you I pray.

In the morning, Lord, you hear my voice;
    in the morning I lay my requests before you
    and wait expectantly.
For you are not a God who is pleased with wickedness;
    with you, evil people are not welcome.
The arrogant cannot stand
    in your presence.
You hate all who do wrong;
    you destroy those who tell lies.
The bloodthirsty and deceitful
    you, Lord, detest.
But I, by your great love,
    can come into your house;
in reverence I bow down
    toward your holy temple.

Lead me, Lord, in your righteousness
    because of my enemies—
    make your way straight before me.
Not a word from their mouth can be trusted;
    their heart is filled with malice.
Their throat is an open grave;
    with their tongues they tell lies.
10 Declare them guilty, O God!
    Let their intrigues be their downfall.
Banish them for their many sins,
    for they have rebelled against you.
11 But let all who take refuge in you be glad;
    let them ever sing for joy.
Spread your protection over them,
    that those who love your name may rejoice in you.

12 Surely, Lord, you bless the righteous;
    you surround them with your favor as with a shield.

Notas al pie

  1. Psalm 5:1 In Hebrew texts 5:1-12 is numbered 5:2-13.

O Livro

Salmos 5

Salmo de David. Para o diretor do coro. Acompanhado por flautas.

1Senhor, ouve as palavras da minha oração.
Escuta a minha súplica, meu Rei e meu Deus,
pois é só a ti que me dirijo.

De manhã ouvirás a voz da minha oração, Senhor;
cada manhã me apresento na tua presença
e espero a tua resposta.
Porque eu sei, ó Deus, que não podes tolerar a maldade,
nem o pecado pode existir diante de ti.
Os pecadores orgulhosos
não poderão resistir ao teu olhar penetrante,
pois aborreces todos os que praticam obras más.
Destruirás os que dizem mentiras;
detestas os que fazem derramar sangue inocente
e os que enganam o seu semelhante.
Quanto a mim, poderei entrar na tua casa,
devido ao teu grande amor e ao teu perdão.
Inclinar-me-ei diante de ti com profundo respeito.

Senhor, guia-me na tua justiça,
por causa dos meus inimigos.
Indica-me com clareza o caminho que devo seguir.
Na sua boca não se encontra uma só palavra verdadeira;
o seu íntimo está cheio de maldade.
A sua garganta é um sepulcro aberto,
a sua língua lisonja.
10 Declara-os culpados, ó Deus.
Que os seus projetos sejam as armadilhas
onde eles mesmos são apanhados!
Que sejam expulsos para longe de ti,
em virtude da multidão das suas transgressões,
pois é contra ti que se revoltam!
11 Mas que se alegrem todos os que se refugiam em ti!
Que cantem de alegria, para sempre,
porque tu os defendes!
Que se sintam felizes os que amam o teu nome!

12 Pois tu, Senhor, abençoarás aquele que é justo;
tu o proteges com o escudo do teu amor.